Buscas internas, você sabe o que as pessoas procuram no seu site?

Por ,
em

Buscas internas, você sabe o que as pessoas procuram no seu site?Muitos sites possuem uma característica em comum, que é muito importante aos usuários, a busca interna, pois possibilita que eles encontrem páginas dentro do seu site, com as informações que estão interessados em saber.

Esta ferramenta é muito útil para descobrir as intenções de navegação dos visitantes do site, porque as buscas feitas pelos usuários demonstram palavras e áreas de interesse e podem conter informações estratégicas, principalmente para sites de lojas online.

As palavras-chave que os usuários buscam no seu site podem ser analisadas pelo Google Analytics, porém, a configuração da pesquisa interna no GA deve ser ativada. Esta ferramenta é incrivelmente importante para compreender o que os usuários querem encontrar no seu site, e sabendo disso, você pode realizar a otimização do seu site mais direcionada ao seu público-alvo, gerando mais conteúdo sobre um certo assunto, estruturando melhor o seu site, etc.

Buscas internas

O código fonte do formulário de pesquisa pode ser:

 

Como configurar o Google Analytics

Para configurar a busca interna, você deverá identificar o parâmetro de buscas utilizado em seu site, podemos observá-lo na URL, que no caso é a letra “s”. E devemos colocar este parâmetro nas configurações do Google Analytics.

parametro de busca na url

 

Outra forma de saber qual é o parâmetro de busca do seu site, é observando o código fonte da sua página. Como vimos anteriormente no exemplo de código para a criação do formulário de pesquisa. Que no caso, utilizamos a letra “s” como parâmetro, que pode ser visto em  “name=”s” id=”s””.

Para conseguir ter acesso a estas informações, você deve configurar o Analytics. Na seção de Administrador, clique no “Configurações do perfil”, local onde você habilitará o acompanhamento da pesquisa interna.

Buscas internas

Em parâmetro de consulta, você pode colocar até 5 parâmetros, podendo ser “s” que significa search, “q” que significa query, “busca”, “search”, etc. No exemplo, como na URL e no código fonte utilizamos “name=”s” id=”s””, colocamos como parâmetro “s”, assim, o Google Analytics consegue captar as informações sobre as buscas realizadas dentro do seu site.
Após você configurar a busca interna, finalize clicando em “Aplicar”.

Analisando os termos de pesquisa

Você encontrará o relatório de termos de pesquisa (palavras-chave) realizados nas buscas internas na coluna de “Conteúdo”.

Buscas internas

Com este relatório você visualizará um gráfico e uma tabela:

O gráfico mostra a quantidade de buscas realizada no seu site.
Alguns especialistas em otimização de landing page dizem que um número alto de pesquisas internas significam que seu site é ruim neste aspecto, pois os usuários utilizam tal recurso porque não encontram um caminho fácil para chegar no conteúdo que estão pesquisando.
Buscas internas

A tabela de termos de pesquisa mostra quais são as palavras-chave mais buscadas. Na tabela abaixo, temos um exemplo que o termo de pesquisa “abc” foi mais buscado.
Através do “Tempo depois da pesquisa” observamos que as buscas e os conteúdos foram relevantes aos usuários pois eles ficaram um bom tempo navegando no site, talvez lendo o conteúdo que acharam na busca, ou interagindo com vídeos, músicas, etc.
Buscas internas

O que fazer depois de analisar

Depois de analisar os relatórios, você consegue desenvolver uma estratégia muito mais eficaz e completa para o SEO do seu site. Você compreenderá quais ações deve ser realizado, como pro exemplo quais palavras-chave otimizar, quais landing pages melhorar a estrutura, que tipo de conteúdo você pode gerar, etc.

A Conversion na mídia
Rede Globo de Televisão SBT Rede Record TV Bandeirantes Portal do UOL Yahoo Notícias Diário do Comércio e Indústria
Voltar ao Topo
fechar

Solicite Orçamento