Google de cara nova: mudanças nas SERPs, Imagens e outros

Por ,
em

Google de cara nova: mudanças nas SERPs, Imagens e outrosComeçar meu post dizendo que o Google trouxe mais trocentas atualizações e que elas ainda não foram disponibilizadas para o Brasil, pois estão em fase beta, não seria novidade nenhuma. Mas, de fato, é assim mesmo que eu pretendo começar.

Recomendo que você, pelo menos uma vezes por semana, dê uma navegada pelo Google.com (versão americana) para conferir quais são os próximos passos do gigante e refletir sobre as mudanças. Esse é um excelente exercício não apenas para identificar novas oportunidades para SEO e Links Patrocinados, mas também para facilitar a sua vida nas pesquisas do dia a dia.

Vou dividir essas novas atualizações entre Páginas de Resultados (SERP), Pesquisas por Imagens e Outras Particularidades para que nos aprofundemos um pouco mais em cada uma dessas áreas.

Vamos direto ao ponto:

O que mudou nas Páginas de Resultados (SERP)

Essas mudanças já haviam sido anunciada em seu Blog de Search Oficial, porém as implementações estão sendo feitas aos poucos. Aqui na Conversion, fizemos alguns testes e por diversas vezes as Páginas de Resultados têm apresentado diferenças de um computador para o outro.

A primeira grande mudança pode ser observada na figura abaixo. Ao pesquisar pelo termo “madonna”, por exemplo, o Google apresenta em um box lateral uma mini biografia da cantora, suas principais músicas, as datas de seus próximos shows e até mesmo os filmes que ela escreveu ou participou – tudo isso com links para a Wikipedia, Youtube ou para uma nova pesquisa no buscador.

Nova SERP Madonna

Além da riqueza de informações que você pode obter sem sequer acessar nenhum site em específico (mantendo o usuário navegando mais pelo próprio Google), é interessante pensar que esse box ocupa o espaço dos Links Patrocinados que apareceriam na lateral direita.

Tudo bem que, no caso, ninguém anuncia para a palavra “madonna”. Mas ao pesquisar por “notebook”, palavra-chave que possui uma gama de anunciantes de peso no AdWords, veja só o que vamos encontrar:

Nova SERP Notebook

É isso mesmo. Coincidentemente, existe um filme chamado “Notebook” ocupando os espaços desses anunciantes. E ainda por cima se clicarmos na seta de expansão do box informativo, aí os anúncios são jogados para o final da tela de vez.

Nova SERP Notebook 2

Outra grande mudança se deu em relação da apresentação das imagens nas SERPs. No caso abaixo, ao buscar por “the starry night”, aquele fomoso quadro “Noite Estrelada” de Van Gogh, veja só como os resultados exibidos:

Nova SERP Van Gogh
Além do box lateral com uma breve história sobre essa pintura, o Google inseriu na parte superior da SERP o que eles chamam de “Carrossel”: uma barra com imagens do quadro que eu pesquisei (e também outros quadros do mesmo artista). Ou seja, eu poderia navegar pelas imagens sem sair da aba “Web”.

O que mudou nas Pesquisas por Imagens

Utilizando o mesmo conjunto de palavras-chave “the starry night”, acessei o Google Images para ver o que aconteceria com as imagens do Carrossel, para ver se elas estariam lá ou não. E novamente fui supreendido: “onde foi parar o menu lateral?”

De fato, as imagens do Carrossel não estavam lá, o menu lateral havia sumido e o menu superior parecia estar duplicado abaixo do campo de pesquisa. Foi aí que notei uma opção a mais, a “Search tools”, e lá estavam todos os campos que existiam no finado menu lateral. Será essa uma nova tendência no design do Google? Isso ainda não sei responder.

Novo Google Images

Outras Particularidades

Ainda navegando pelo Google Images, notei outra coisa que me deixou um pouco confuso. Os dois menus da tela – o  superior e o duplicado, como citei acima – apresentam a opção “More”, porém cada um deles conta com diferentes campos.
Veja na figura abaixo:

Menus diferentes

A ferramenta “Flights”, por exemplo, onde você pode consultar horários de voos que partem dos Estados Unidos e Canadá para diversos aeroportos do mundo, só pode ser encontrada no menu duplicado, e não no superior (mesmo que você clique na opção “Even more”). Estranho.

Eu poderia escrever mais páginas e páginas sobre novidades do Google.com, mas sugiro que você mesmo acesse e faça suas pesquisas.

Mas espere, vamos falar de SEO

Após esse bombardeio de informações, vou encerrar apenas deixando uma reflexão para os profissionais e apaixonados por SEO.

Como essas mudanças não interferem diretamente no algoritmo do Google, pode parecer que de nada importam para o nosso trabalho. Mas pelo contrário: SEO se ganha nos detalhes, e é preciso tirar leite de pedra para se diferenciar no mercado.

Perceba que tudo que eu mostrei nesse post se refere à organização de informações para facilitar a navegação e melhorar a experiência do usuário no Google. Isso nos dá uma deixa para tentarmos entender um pouco melhor como o buscador faz associações de campo semântico para palavras-chave com grande número de buscas.

No caso da Madonna, por exemplo, um bom conteúdo sobre a cantora deveria conter informações sobre sua vida, os nomes de seus filhos, os nomes de seus álbuns, músicas, filmes e etc. Se o Google nos mostra isso em seu resultado de pesquisa com destaque, é porque acredita que é esse tipo de informação que estamos buscando.

Portanto, fique esperto. Ao produzir um conteúdo visando Link Building, faça antes uma pesquisa no Google pelo termo que você está tentando otimizar e procure compreender qual é o campo semântico mais indicado para tomar como base.

Por hoje é só, até a próxima!

A Conversion na mídia
Rede Globo de Televisão SBT Rede Record TV Bandeirantes Portal do UOL Yahoo Notícias Diário do Comércio e Indústria
Voltar ao Topo
fechar

Solicite Orçamento