Google Shopping chega ao Brasil

Por ,
em

Google ShoppingO serviço de informações sobre compras on-line Google Shopping chegou enfim ao Brasil, primeiro país da América Latina a receber a novidade. Em todo o mundo, contam-se mais de 200 milhões de lojas e cerca de um bilhão de produtos, enquanto no Brasil a ferramenta está ainda em fase de testes e estão participando, inicialmente, apenas os grandes players do mercado.

O objetivo do Google Shopping é trazer informações relevantes sobre produtos que podem ser comprados on-line, nos resultados da busca orgânica. Com isso, o Google procura concorrer com um dos segmentos mais fortes do mercado: comparadores de preço, como Buscapé, UOL Shopping e Bondfaro.

Vantagens para o consumidor

Google Shopping em funcionamento no BrasilAo fazer uma busca no Google, os resultados do Google Shopping irão aparecer naturalmente. É uma grande vantagem para o usuário, uma vez que na página de resultados do Google (SERP) ele irá encontrar as ofertas mais relevantes, com fotos dos produtos e preço. Ou seja, na própria busca poderá decidir pela compra.

Numa busca mais profunda com a ferramenta, será possível comparar preços. Para  pesquisar produtos no “estilo Buscapé”, basta acessar a página inicial do Google Shopping.

O Google Shopping está aparecendo, por enquanto, em apenas uma parte das buscas, como costuma ocorrer com as novidades. Em algumas semanas, ou até meses, a ferramenta poderá estar completamente disponível. Tudo depende da adesão dos usuários e há o risco, claro, de a ferramenta não emplacar no Brasil, embora remoto.

SEO para Google Shopping

Uma vez que o Google Shopping faz parte da busca orgânica, será possível fazer SEO, para otimizar seus produtos e aparecer em destaque, atraindo a visita de pessoas interessadas em comprar sua oferta.

Antes de pensar em SEO, será preciso se cadastrar no Google Shopping, uma vez que a indexação não é automática como ocorre com a maioria das páginas no índice do Google. No Brasil, o cadastro no Google Shopping pode ser feito neste link. Após fazer o cadastro e ser aprovado, o lojista deve fornecer seus produtos em um arquivo XML similar a sitempas e RSS.

Como acontece com o mecanismo do Google, há muitos critérios utilizados e a maioria deles, como sabemos, não é revelada. Entretanto, ao pensar em fazer SEO e aparecer em destaque no Google Shopping, considere que estes são os principais critérios:

  • Relevância da loja na web
  • Título do produto
  • Preço do produto
  • Opções de pagamento
  • Freqüência de inclusão de novos produtos

Conclusões

O Google traz ao Brasil uma ferramenta que já é muito utilizada lá fora, como prova da importância estratégica de nosso mercado. Seu mecanismo de busca está cada vez mais completo: para o usuário fica mais simples; mas quem faz SEO encontra um cenário cada vez mais complexo e cheio de desafios, por isso precisa mais do que nunca considerar cada detalhe e estar atento às novidades.

Quando a ferramenta estiver consolidada no Brasil, publicaremos mais artigos sobre otimização de sites para Google Shopping.

A Conversion na mídia
Rede Globo de Televisão SBT Rede Record TV Bandeirantes Portal do UOL Yahoo Notícias Diário do Comércio e Indústria
Voltar ao Topo
fechar

Solicite Orçamento