Guest Blog – O Guia Definitivo para Link Building

Por ,
em

Guest BlogConseguir links de qualidade e de forma natural pode não ser a coisa mais fácil do mundo, mas nem tudo é dificuldade dentro de um bom trabalho de link building. Estabelecer relacionamentos e priorizar, sempre, o conteúdo de qualidade são os dois grandes pilares onde esse trabalho se apoia, e uma das formas mais eficazes de uni-los é o Guest Blog.
Guest post (ou guest blog) é um artigo publicado em determinado blog produzido por um autor convidado; ou seja, um blogueiro que não faz parte da equipe oficial do blog. Neste post vamos falar sobre as vantagens do guest blog e dar dicas infalíveis sobre como escolher o site para qual escrever, que tipo de conteúdo produzir e como obter o retorno esperado.

Por que devo fazer Guest Blog?

Algumas das muitas vantagens de publicar um artigo seu em um site relevante são:

  • Marketing pessoal e profissional: com um conteúdo de qualidade você é visto como um expert; pessoas interessadas no seu trabalho buscarão mais informações sobre você.
  • Backlinks de qualidade: escolha um blog que seja autoridade no assunto que você escolheu para seu artigo; avalie seus pageviews e seu pagerank.
  • Divulgação espontânea: ao desenvolver um conteúdo de valor tanto para o dono do blog quanto para seu público-alvo, esteja certo que você não será o único a divulga-lo. O artigo tende a se espalhar mais, o que é vantajoso para ambas as partes.
  • Aumento do tráfego: com a audiência do público do blog em que você publicou, o número de visitas no seu site subirá e você terá a oportunidade de atrair esses leitores de forma permanente.
  • Relacionamentos e visibilidade: com bons contatos dentro da blogosfera referente a qualquer assunto, você estabelece relacionamentos proveitosos e ganha cada vez mais visibilidade para você e seu site.
  • Gratuidade: estamos falando de posts gratuitos; a compra de links é considerada black hat.

Guest Post x Diretórios de Artigo

Quando falamos em diretórios de artigos, pensamos em sites com pouca ou nenhuma moderação (com algumas exceções). Geralmente diretórios não têm uma boa visibilidade por parte do Google porque não dão tanto valor à qualidade como dão à quantidade. Esses links podem não só não trazer nenhum benefício ao seu site como também prejudicá-lo, então tome muito cuidado. A diferença entre um guest post de relevância e um artigo publicado em um diretório é clara: um agrega valor e o outro não.

Guest Post x Publieditorial

Publieditoriais são posts pagos que se encaixam dentro de projetos de publicidade maiores que a conquista de um bom link. Em tese, os links deveriam ter nofollow; caso contrário, são considerados manipulação de algoritmo e, portanto, black hat.

Como escolher o blog certo para publicar?

Alguns pontos importantes devem ser minuciosamente avaliados e servir de critério na hora de escolher para qual site você vai oferecer seu artigo. A prospecção de links é uma das técnicas mais eficientes e traz ainda mais resultados quando você é reconhecido ou bem relacionado. Ela consiste basicamente em entrar em contato com proprietários de blogs de autoridade e oferecer a eles um conteúdo de qualidade, otimizado, útil ao público leitor e que, principalmente, traga benefícios às duas partes envolvidas. Veja abaixo uma lista de aspectos determinantes a serem analisados:

  • Domain Authority e o PageRank do site;
  • Links dofollow;
  • Qualidade do conteúdo publicado (fuja de blogs com erros de português, artigos rasos, etc)
  • Número de seguidores e comentários;
  • Design, estrutura e boa experiência de navegação;
  • Com que frequência é mencionado nas redes sociais;
  • Constância de atualização;
  • Quantidade de banners publicitários (sites feitos exclusivamente para receber publicidade tendem a ser confusos e ter baixa autoridade/confiança);
  • Quem são os guest authors que já publicaram no blog;
  • Qual é a autoridade do dono do blog sobre o assunto abordado nele;
  • O target deve ser bem definido;
  • Moderação humana sobre os guest posts;
  • Produção de conteúdo próprio e não apenas de terceiros;

Depois de analisar todas características citadas, lembre-se ainda que quando a esmola é muita, o santo desconfia – tome cuidado com os links “muito fáceis” de serem conquistados. Repare que o site escolhido deve ser visitado pelo SEU público-alvo, portanto o campo semântico do blog deve ser exatamente o mesmo que o do seu artigo. Tenha em mente que o seu target dificilmente confiará em um site cheio de spams, sem comentários de pessoas reais, e de conteúdo pobre.

Encontrei o site perfeito, e agora?

Você passou dias avaliando dezenas de sites e, depois de muito suor, encontrou o blog dos seus sonhos? Parabéns! Mas, só uma perguntinha… seu artigo já está pronto?
O desenvolvimento do artigo deve ser a primeira coisa a ser feita no processo de guest blog. Quando o proprietário do site aceitar a sua proposta, seu artigo deve estar pronto para ser publicado. Isso demonstra agilidade e, se o proprietário se disponibilizar a publicá-lo imediatamente, você não precisa arrumar nenhuma desculpa. Além do mais, para escolher o blog ideal para o seu artigo, o seu artigo já deve, obviamente, existir.

Abordagem

É comum que muitas pessoas sintam-se inseguras na hora de entrar em contato com donos de sites de autoridade e referência, mas é importante que isso não fique transparente. Mande um email relativamente informal ao proprietário de interesse e (se intuir que é melhor, use seu email pessoal ao invés do profissional) diga, basicamente, que admira seu trabalho e que seria um prazer publicar em seu blog um artigo seu que tem tudo-a-ver com o conteúdo que ele usualmente publica. Ofereça uma solução e um benefício a ele, o que geralmente são bons links internos, divulgação e um conteúdo de alto nível.

Veja este exemplo:
Bom dia, Fulano, como vai?
Sou leitor do seu blog x.com.br e admiro muito o trabalho que você promove por lá com seus artigos e análises. Tenho um artigo que se encaixa perfeitamente no assunto do seu site e gostaria de saber qual a sua disponibilidade em aceitar um guest post. O artigo oferece um conteúdo útil e de qualidade ao seu target, é original e otimizado com bons links internos para você. Provavelmente gerará muitos compartilhamentos e eu ainda me comprometo a divulgá-lo, o que proporcionará ao x.com.br um grande aumento de pageviews.

Aguardo resposta e estou à disposição para dar mais detalhes sobre o que se trata o artigo que desenvolvi,

Uma ótima semana!

Atenciosamente,
Ciclano.

Em um primeiro contato, não mencione nada sobre links externos. Ao não dar detalhes sobre do que se trata o artigo oferecido você gera um gap de informação, o que provalmente instigará a curiosidade do proprietário e o levará a responder seu email. No decorrer da conversa, seja claro e objetivo acerca dos detalhes e diga, quando achar propício, que o artigo carrega um link externo. Esse link deve ser útil e relevante ao usuário, aqui está o grande segredo!

Esteja seguro de si mesmo

Nunca, em nenhum momento, coloque em dúvida a qualidade do seu artigo. Pessoas que transmitem segurança sobre seu conhecimento em determinado assunto são tratadas como autoridades. Mas não esqueça que para garantir a qualidade do seu trabalho ele realmente deve carregar uma bagagem considerável de valor e importância – decepcionar o proprietário do blog que abriu as portas para você pode ser um erro difícil de ser consertado.

Conteúdo: a chave do sucesso

É importante ressaltar que nem sempre a única finalidade do guest post é conseguir links; publicar em sites de boa reputação também transmite prestígio ao seu nome e, muitas vezes, um buzz considerável para você e seu trabalho. A notabilidade do seu site pode ser tão importante quanto seus backlinks, pois gera cada vez mais pageviews. Se o conteúdo oferecido por você for útil, adequado, otimizado e sua leitura, agradável, você conquistou, de uma só vez, proprietário, leitores e referências.

Para elaborar o texto ideal, tenha sempre à mão o manual de redação de SEO. Aliás, se você trabalha com otimização de sites, decore-o. Alguns aspectos de escrita definitivamente não podem faltar em seu artigo, e são eles:

  • Praticidade: o público busca informações completas, porém rápidas. Vá direto ao ponto. Estruture o texto de modo que a disposição das informações supra todas as necessidades imediatas.
  • Objetividade: não “faça rodeios” na web, a não ser que o estilo do artigo exija. Um bom texto é um texto perfeitamente entendido pelo seu público-alvo.
  • Apresentação de fatos: se o seu intuito é provar algo, prove com base em dados reais. Informação rápida não significa informação não apurada. Leitores amam gráficos e estatísticas porque eles colocam tudo o que é dito numa estrutura absolutamente visível, lembre-se disso.
  • Ilustrações: imagens suavizam o texto, aguçam a imaginação do leitor e também podem otimizá-lo.

5 tipos de texto para atrair atenção na internet

Aqui vão 5 tipos de textos favoráveis a técnicas de linkbait para você explorar na hora de produzir um conteúdo que visa conquistar a atenção de seu público-alvo:

  • Rankings: pessoas adoram rankings! Aposte sempre em um “TOP 10” e aguarde os feedbacks.
  • Listas: disponha informações em formato de listas e transforme seu artigo em um post de consulta. Listas absurdamente longas estão sempre em favoritos.
  • Dicas: um apanhado de dicas realmente úteis é tudo que um leitor apressado quer encontrar quando busca por alguma solução na internet. Uma coletânea de dicas é sempre extremamente aproveitável.
  • Estudos: estudos transmitem segurança. Sempre. Promova uma pesquisa com dados primários e exclusivos e transforme-se em um expert.
  • Guias: os guias, assim como as listas, são posts de consulta. Unem dicas, apontam dados, podem rankear algumas informação mas, acima de tudo, devem realmente ajudar o usuário em algum aspecto da sua vida.

Conclusão

O link building é uma das partes mais estratégicas e árduas do trabalho de SEO, mas é absolutamente possível de ser feita sem black hat. Este artigo é um guia para os iniciantes que ainda vêem essa área da otimização como um bicho de sete cabeças. Nos próximos posts, falarei sobre outras técnicas de abordagem que facilitam a construção de relacionamentos.

Até!

A Conversion na mídia
Rede Globo de Televisão SBT Rede Record TV Bandeirantes Portal do UOL Yahoo Notícias Diário do Comércio e Indústria
Voltar ao Topo
fechar

Solicite Orçamento