Guia do Facebook para empresas

Por ,
em

O Facebook é a rede social mais importante da atualidade – e deve continuar assim por muito tempo. Seu fundador, Mark Zuckerberg, não gosta do nome “rede social” e prefere argumentar que o Facebook é uma plataforma social, porque é possível desenvolver aplicativos dentro dele que aumenta a interação entre os usuários.

Para uma empresa, é indispensável participar (e bem) das redes sociais; principalmente do Facebook (também recomendo estar no Twitter), porque seus clientes já devem estar participando delas e é importante que uma empresa esteja onde está o cliente. Sem contar que através do Facebook é possível gerar novos negócios para a sua empresa (vejamos mais adiante).

O objetivo de sua empresa estar no Facebook

Deve-se manter em mente que assim como em toda e qualquer estratégia de marketing, é imprescindível que sua empresa saiba quais são seus objetivos e mantenha uma estratégia clara de uso do Facebook. A ausência dessa estratégia pode trazer sérias conseqüências, como por exemplo a revolta de seu cliente – o que é muito pior do que não estar no Facebook.

O Facebook, assim como o Twitter ou Orkut, é uma rede onde as pessoas se comunicam e mantêm relações sociais – assim como na vida real. Deste modo, a página de sua empresa deve ter características humanas e se comunicar corretamente – sempre zelando muito pela imagem de sua marca.

Comunique-se com seu cliente, expandindo suas formas de atendimento e mantendo o cliente atualizado sobre as novidades de sua empresa e do seu mercado. A regra de ouro é sempre que for adicionar um conteúdo perguntar-se: “se eu fosse o cliente de minha empresa, gostaria de ler sobre isso?” Se a resposta for afirmativa, significa que o conteúdo foi definido corretamente – mas nunca se esqueça que seu cliente pensa diferente de quem está internamente na empresa.

Há muitas métricas para avaliar os resultados, como visualizações da página, número de fãs, pessoas que visitaram a sua página, etc. Mas o principal será o fortalecimento de sua marca e posicionamento dela em relação aos consumidores. Ou seja, os benefícios do uso das redes sociais são tão intangíveis quanto indispensáveis.

Criando a página de sua empresa no Facebook

Diferentemente de outras redes sociais, no Facebook você não precisa criar uma conta ou perfil para a sua empresa. Na verdade, o correto é gerenciar uma página empresarial do Facebook através do mesmo usuário que você usa para sua conta pessoal.

Uma página empresarial é muito parecida como o perfil de sua conta pessoal, mas oferece recursos adicionais – como por exemplo, uma página ser gerenciada por diversos usuários. Uma diferença fundamental é que ao invés de amigos a página empresarial do Facebook tem fãs – ou seja, pessoas que “curtiram” a página de sua empresa. É importante ter o número máximo possível de fãs.

Considerando que você já tenha uma conta do Facebook e esteja logado, o próximo passo é acessar o link www.facebook.com/pages/create.php, escolher o tipo da página e criar a sua conta – veja que há diversos tipos de conta, que podem se referir a um negócio local (uma padaria, um restaurante ou mesmo um estádio de futebol, por exemplo), Empresa, Organização ou Instituição (“Coca-Cola”, por exemplo) e Produto ou Marca (“Sprite” ou “Fanta”, por exemplo). O mais comum será você escolher a segunda opção, entretanto caso trabalhe em uma pequena ou média empresa pode fazer sentido ter uma página para cada um de seus produtos.

Pronto, você agora já conta com a página de sua empresa. Você poderá personalizar a página acrescentando a logomarca ou mesmo fotos de sua empresa, além de recursos mais avançados nos quais não vamos entrar porque fugiria ao tema.

Gerenciando uma página de empresa

Como se falou acima, uma página empresarial é muito semelhante a um perfil no Facebook. Portanto, sua empresa deve atualizar a página com conteúdo relevante para seus negócios e sobretudo para o cliente. Uma boa idéia é postar links para o post de seu blog ou inserir o último vídeo institucional de sua empresa. Vale lembrar que não há uma regra padrão e que, caso decida gerenciar por conta a página de sua empresa, deverá acompanhar e encontrar formas de mensurar o desempenho da estratégia.

De qualquer modo, você precisa sair à caça dos fãs de sua empresa: divulgue o Facebook e todas as redes sociais das quais sua empresa faça parte no site, assinaturas de e-mail, material impresso, etc. Além disso, você poderá anunciar no Facebook para atrair mais pessoas para curtir a sua página empresarial.

Fazendo novos negócios com o Facebook

Além de expandir o relacionamento com os atuais consumidores, sua empresa também poderá fazer novos negócios através do Facebook. Caso a página empresarial esteja relevante para o público consumidor, seus clientes atuais poderão divulgar para os seus amigos o conteúdo que achar interessante. Oras, é sabido que as pessoas tornam-se amigas por interesses em comum, o que significa que os amigos de seu cliente são potenciais compradores de seu produto.

Ressalto que o investimento no Facebook gera um retorno muito significativo embora intangível: por exemplo, é muito comum que o cliente prefira comprar de uma empresa que esteja no Facebook ou no Twitter porque faz a empresa parecer mais confiável, segundo inúmeras pesquisas que foram feitas em todo o mundo.

Como se trata de uma área muito nova do marketing, é imprescindível criar e usar a imaginação para gerar o máximo retorno para sua empresa com as redes sociais. Além disso, tome muito cuidado e oriente seus funcionários a tomar certos cuidados para evitar expor indevidamente a sua marca e a si próprios.

A Conversion na mídia
Rede Globo de Televisão SBT Rede Record TV Bandeirantes Portal do UOL Yahoo Notícias Diário do Comércio e Indústria
Voltar ao Topo
fechar

Solicite Orçamento