Keyword Stuffing e densidade de palavras para SEO

Por ,
em

Keyword Stuffing e densidade de palavras para SEODensidade de palavra-chave é um desses temas em SEO que já foi bastante discutido, mas ainda não é bem entendida a sua importância por muitas pessoas. Neste post vamos tratar sobre os mitos da densidade de palavras em SEO, o que dá resultados e o que pode acarretar punições ao site pelo Google, que é o keyword stuffing.

A história da densidade de palavra-chave

Na década de 1990, no começo dos mecanismos de busca de páginas na internet, a repetição de uma palavra-chave em uma página dezenas e até centenas de vezes (keyword stuffing), de modo visível para o usuário ou apenas no código-fonte, era uma técnica utilizada para posicionar bem um site enganando o buscador.

Foi nesse momento que surgiram ferramentas que calculam a densidade de palavras-chave, ou seja, o percentual de vezes que uma palavra aparece comparado com o total de palavras na página. O valor da densidade é calculado da seguinte forma:

Número de repetições da palavra-chave / total de palavras * 100

A palavra “impressora” repetida três vezes em um texto com 300 palavras gera uma densidade de 1% para essa palavra.

Repetição excessiva pode trazer punições

Com o tempo muitas pessoas ficaram sabendo disso e começaram a abusar das repetições objetivando colocar o site em primeiro lugar. Logo, os robôs de busca foram modificados para identificar essas repetições, que foram chamadas de keyword stuffing.

Atualmente os robôs de busca não apenas desconsideram as repetições abusivas no texto e no código-fonte da página, mas também punem o site derrubando posições nas páginas de resultados de busca (SERP).

Especialistas em SEO recomendam uma densidade de palavra-chave entre 1% e 3%, porque acima disso seria considerado keyword stuffing. De todo modo, é melhor não se preocupar excessivamente com o número exato porque o mais importante é escrever um excelente conteúdo para seu usuário; além disso, os buscadores são capazes de identificar um bom conteúdo, independente da densidade de palavras-chave.

Usando a densidade a seu favor

Para obter bons resultados em SEO é importante evitar dois extremos: de um lado, é não dar a mínima para densidade de palavras ou peso do termo (há pessoas que trabalham com SEO que acreditam nisso!), e do outro, é achar que isso é a coisa mais importante que existe.
A partir da visão do leitor, você deve inserir de modo natural a palavra-chave na URL, no título da página, na imagem e ao longo do texto.

Parte dos bons resultados em SEO também está no fato da página possuir termos do mesmo campo semântico. Por exemplo, em uma página com a palavra “impressora”, você deve usar também termos como cartucho, recarga, impressão, digitalização, etc.

É fundamental criar uma página pensando no leitor, não no robô do Google. Ao pensar no leitor você escreverá um conteúdo sem forçar a barra e repetir excessivamente as palavras-chave.
O bom SEO se baseia em fazer com que a otimização faça parte do site, seja algo tão orgânico que se você tirar da página o site fica mais difícil de navegar. Desse modo você faz um site que é bom tanto para leitor quanto para o Google.

Como última palavra sobre o assunto veja um vídeo em inglês com Matt Cutts, Diretor da Qualidade de Busca no Google, falando sobre o papel da densidade de uma palavra-chave nos resultados do Google.

A Conversion na mídia
Rede Globo de Televisão SBT Rede Record TV Bandeirantes Portal do UOL Yahoo Notícias Diário do Comércio e Indústria
Voltar ao Topo
fechar

Solicite Orçamento