Link externos: nofollow ou dofollow

Por ,
em

Links ExternosNós sabemos que, para bem e para mal, o Google analisa tanto os links que um site recebe quanto aqueles links que o site aponta, os famosos links externos. Se determinado site apontar outros sites ruins, poderá perder relevância e autoridade; bem como, ao indicar links relevantes, poderá ganhar autoridade e tornar-se mais relevantes nas buscas.

Como sabemos, os links externos são tão importantes quanto os links internos. Por isso, convém entender a melhor forma de fazer seus links externos, para obter os melhores resultados com o trabalho de SEO em seu site.

Vamos analisar neste artigo os contextos em que o link deve ser nofollow ou dofollow, mas vamos antes interpretar como o algoritmo do Google entende um link nofollow.

Como o Google entende o nofollow

Ao contrário do que muitos pensam, não é possível esculpir o PageRank de um site utilizando a tag nofollow.

Para quem não sabe, a tática de esculpir PageRank, que foi muito trabalhada há cerca de 3 anos, consistia em usar links dofollow para todas as páginas relevantes e que tinham alguma keyword otimizada, mas usar nofollow para todas as outras páginas internas e links externos.

Isso era possível porque o link nofollow era cego para o Google. Faz tempo, entretanto, que os links nofollow, embora não sejam seguidos, têm o PageRank perdido. Portanto, não faz diferença ter ou não ter nofollow em termos de favorecer ou desfavorecer suas páginas internas. Um link tem o PageRank diluído de qualquer forma, a questão é se você vai ou não passar relevância para esse link externo.

Se o link externo for bom, é claro que convém transmitir PageRank e tornar a outra página mais relevante. Com isso, aumenta-se a relevância de sua página.

Quando você deve usar nofollow

Os links nofollow seguem a estrutura abaixo e foram criados para sites que apontam links de outros sites irrelevantes, principalmente quando o usuário pode criá-los automaticamente ou sem moderação do webmaster:

<a rel=”nofollow” href=”http://www.conversion.com.br>Âncora do Link</a>

Veja algumas sugestões de links que devem ser nofollow:

  • Comentários em posts ou artigos;
  • Qualquer tópico de fórum aberto, principalmente links feitos por usuários que ainda não ganharam confiança;
  • Assinaturas de fóruns;
  • Assinaturas de sites de artigos;
  • Review de produtos submetidas por usuários;
  • Links que precisam estar em um artigo, mas não são confiáveis;
  • Enfim, todo link que não é necessariamente endossado pelo webmaster.

Quando você deve usar dofollow

Os links dofollow são os links normais, ou seja, não é preciso acrescentar um parâmetro rel=”dofollow”.

Recomendo que você sempre utilize links dofollow quando indicar um outro site relevante. Os links externos de seu site ajudam o Google a determinar a relevância e o campo semântico dele em relação a toda a web. Se você linka um artigo relevante, seu artigo tende a ganhar relevância. Se você ajuda o usuário, sua página tende a ficar bem posicionado.

Há um segundo argumento: links são como um bumerangue, se você os fizer dofollow eles tendem a retornar para você com dofollow; e vice-versa. Desta forma, os links externos que você fizer podem ajudá-lo no seu trabalho de link building.

Conclusão

O uso de nofollow ou dofollow em links externos envolve um conceito muito simples: sempre que os links forem feitos por você devem ser dofollow, exceto quando a referência é necessária mas o site linkado não é confiável. Da mesma forma, sempre que os links sejam feitos por usuários, e não haja moderação para a publicação de links, devem ser nofollow. Não faz sentido, por exemplo, você fazer um link para um site relevante e inserir uma tag nofollow.

Seguindo essa regra, você lidará muito bem com essas duas formas de link, tornará a web mais relevante e realizará um melhor trabalho de SEO.

A Conversion na mídia
Rede Globo de Televisão SBT Rede Record TV Bandeirantes Portal do UOL Yahoo Notícias Diário do Comércio e Indústria
Voltar ao Topo
fechar

Solicite Orçamento