Otimização de imagens para SEO no seu site

Por ,
em

Otimização de imagens para SEOOtimização de imagens para SEO é uma parte do processo de otimização de sites (SEO), que visa a gerar tráfego da pesquisa de imagens do Google. Chamamos de “buscas verticais” todos os métodos de pesquisa específicos, como busca de vídeos, de locais, de imagens, etc.

Os resultados de imagens podem aparecer nos resultados orgânicos quando os buscadores consideram relevante. Se por exemplo, for feita uma consulta no Google para um artista, modelo de telefone celular ou cidade é provável que apareçam até 6 imagens e um link para a busca de imagens.

Através da URL http://images.google.com.br/ é possível fazer consultas verticais para imagens na busca do Google. Recentemente, o buscador implementou na busca de imagens a consulta por imagens semelhantes, que pode ser feita através do upload de uma imagem ou de umaURL. Isso demonstra a importância da pesquisa de imagens, ao menos do ponto de vista do usuário.

Os aspectos mais importantes num projeto de SEO

Todo projeto de SEO deve considerar uma estratégia, que por sua vez deve estar pautada em objetivos. É importante saber qual tipo de tráfego o site receberá na busca por imagens.

Em SEO, podemos dividir as buscas em 3 tipos:

1) consulta de navegação, que consiste em pesquisar pelo nome de um site ou local, que funciona basicamente como um “atalho”;

2) busca de informação, que é quando pesquisamos algo relacionado a uma informação, conhecimento técnico, resultado de um jogo de futebol, política, saúde, etc. Esse tipo de busca não envolve uma intenção de compra direta;

3) busca de transação, que consiste em uma consulta com intenção de adquirir um produto ou serviço.

A busca por imagens se enquadra na busca de informação, porque quem procura por uma imagem está querendo uma informação pictórica, digamos assim. Essa informação pode ser a foto de uma personalidade, a foto de um produto, um quadro e, muitas vezes, uma imagem para ilustrar uma página da web.

O tráfego obtido através da busca de imagens não é tão qualificado porque a tendência natural é que a pessoa acesse o site, salve a imagem e imediatamente deixe a página.
Entretanto, como esse é um tráfego gratuito jamais deve ser ignorado num projeto de SEO e pode, sim, gerar transações ou mesmo fortalecer o trabalho de branding de sua empresa. Em alguns casos, a pesquisa de imagens pode ser fundamental se considerarmos um site que comercialize imagens, quadros ou até mesmos camisetas.

Veremos isso em detalhes a seguir.

Como fazer SEO de imagens

De uma maneira geral, precisamos indicar ao Google do que se trata a nossa imagem. O Google compreenderá a relevância de uma imagem basicamente por 2 fatores:

a) Tag “alt” de uma imagem

A tag alt, segundo o web standards, serve para indicar um texto alternativo à imagem no caso de ela não ser carregada; obviamente não é normal que as pessoas não carreguem as imagens, o que era mais comum no tempo de Internet discada, para pessoas com deficiência visual (assim, um programa de computador pode explicar a imagem lendo a sua tag “alt”) e para robôs de uma maneira geral, inclusive o robô do Google, que funciona por palavras-chave.

A melhor maneira é usar na tag “alt” um texto sucinto e que melhor descreva a sua imagem. Se, por exemplo, for uma foto do Cristo Redentor, um bom texto para a tag alt poderia ser “Cristo Redentor”; mas se for uma foto tirada de um helicóptero, a tag alt poderia ser “foto aérea do Cristo Redentor”; ou então se a foto tiver turistas, poderia se utilizar ainda “Turistas no Cristo Redentor”. Quanto mais específico, melhor.

O segredo de todo o trabalho de SEO é tornar sua informação encontrável pelos usuários através do mecanismos de busca. Portanto, é indispensável ser objetivo e descrever da melhor maneira possível suas imagens.

b) Outro fator crucial para o Google fazer a leitura das imagens é o contexto dela

Portanto, para uma imagem aparecer em destaque na busca de imagens do Google por “Cristo Redentor” é preferível que seja uma página que fale do Rio de Janeiro, do Cristo Redentor, etc. É pouco provável que uma página que fale de música consiga aparecer em destaque numa busca imagética por “Cristo Redentor”, porque o contexto não é favorável. Portanto, o conteúdo em texto de uma página também favorece nos resultados da busca de imagens.

Para reforçar a relevância da imagem é interessante usar também a descrição do alt na tag <title> da imagem, assim quando alguém passa o mouse sobre a imagem aparece conteúdo da tag <title>.

Por fim, vale a pena salvar as imagens com nomes relevantes com letra minúscula, sem acentos e separado por hífen, então ao invés de publicar uma imagem Visão2864531.jpg você publica um arquivo chamado cristo-redentor.jpg

O que não fazer em Otimização de imagens

É muito comum as pessoas usarem na tag alt da imagem palavras-chave que deseja ficar bem posicionado no Google. Às vezes as pessoas colocam muitas, muitas palavras-chave na tag de imagem, mas isso é considerado pelo Google uma técnica de Black Hat. Essa técnica é conhecida como keyword stuffing e equivale a esconder o texto em uma página. Como o Google é contrário a tentativas de manipulação de seus resultados, o efeito disso pode ser o inverso do esperado e prejudicar todo o site, sendo possível que o mesmo seja inclusive banido do Google.

O recomendado, como dissemos acima, é usar uma descrição muito objetiva.

Num projeto de SEO, as pessoas costumam pecar pelos detalhes. Como a tag alt é um dos fatores mais importantes para aparecer na busca de imagens, mesmo com um bom projeto de SEO as pessoas costumam se esquecer delas e os resultados de imagens são importantes por 2 motivos.

O primeiro é gerar um tráfego qualificado da busca de imagens. Mesmo que se trate apenas de um tráfego de busca de consulta, ele pode gerar um interesse pelo produto e até gerar vendas ou leads (formulários de contato).
Se formos mais a fundo em SEO, observaremos que o Google preferirá trazer nos resultados sites com o máximo de relevância para aquela palavra-chave. Portanto, se um site possui imagens relevantes para o seu conteúdo, é mais provável que ele fique posicionado para suas palavras-chave mais importantes.

Se uma página tem uma boa foto da Amy Winehouse, há mais possibilidades de aparecer na busca de imagens por “amy winehouse” e também na busca padrão.

Planejamento do Projeto de SEO

Um bom projeto de SEO deve começar preferencialmente no planejamento de um site. Todo o site deve ser pensado em SEO, porque a busca orgânica é provavelmente a fonte mais qualificada de tráfego de um site. Os mecanismos de busca possuem um algoritmo cada vez mais complexo que procura trazer o melhor site para determinada consulta. Portanto, é indissociável um projeto de um bom site do SEO.

Conclusão

Aparecer nos resultados de busca de imagem pode ser muitíssimo importante, por exemplo, para um site que comercializa fotos. Como é comum que as pessoas pesquisem imagens para ilustrar seu site, quando encontram a imagem ideal na busca do Google e essa imagem contenha uma marca d’água da empresa, pode ser que o editor do site se interesse por pagar para obter aquela imagem qualificada.

É isso o que fazem sites de banco de imagens, como Fotolia e iStock Photo, dentre muitos outros. Ao pesquisar no Google Images, por exemplo, para “business man”, você encontrará imagens de uma pessoa em contexto corporativo; muitas delas terão uma marca d’água, o que significa que a pessoa interessada naquela foto poderá adquiri-la.
No caso de um mau exemplo de SEO para imagens, podemos pensar primeiramente no uso inapropriado da tag alt. Isso se dá com um texto na tag alt que não descreva fielmente a imagem. Como dissemos, a tag alt deve ser utilizada da maneira mais objetiva possível.
Eu prefiro não citar um exemplo específico, mas o que não faltam são sites fazendo Keyword Stuffing na tag alt.

Pense sempre em usar um texto curto, objetivo e descritivo na tag alt. Procure usar imagens dentro de seu contexto. Procure produzir um bom conteúdo!

A Conversion na mídia
Rede Globo de Televisão SBT Rede Record TV Bandeirantes Portal do UOL Yahoo Notícias Diário do Comércio e Indústria
Voltar ao Topo
fechar

Solicite Orçamento