Planejamento Estratégico de SEO em 10 passos

Por ,
em

É um bom planejamento estratégico o primeiro passo para garantir que o SEO dê bons resultados. Nesta primeira etapa de uma campanha de SEO, serão tomadas as decisões mais importantes e é fundamental, por isso, uma equipe experiente e interdisciplinar envolvida.

Sem mais delongas, vamos aos passos para um Planejamento Estratégico de SEO:

1. Histórico de SEO: o passado condena o domínio? O site já esteve melhor nas buscas orgânicas?

É importante entender o que foi feito de SEO anteriormente, quais os resultados (positivos ou negativos) e, inclusive, se há possibilidade de o site ter ou não sofrido algum tipo de punição. Nesse sentido, olhar a qualidade dos links recebidos é um fator potencialmente crítico. Do mesmo modo, é comum que um site já tenha tido uma visibilidade muito maior e é preciso investigar todos os fatores.

2. Análise de mídias: como estão as fontes de tráfego?

O sucesso de uma empresa ou um e-commerce depende da integração dos canais digitais. Antes de pensar no SEO propriamente, é importante olhar para todas as mídias, saber de onde veem os usuários e as conversões, bem como as outras fontes de tráfego “conversa” com a busca orgânica. As vendas costumam ocorrer via último clique ou possuem uma jornada do consumidor mais complexa?

3. Análise de Concorrência: com quem vamos brigar?

Tão importante quanto olhar para o próprio SEO, é necessário entender o que os concorrentes estão fazendo e quais resultados eles estão obtendo. Com a análise de concorrentes iremos, também, identificar palavras-chave relevantes, com bom volume e potencial de conversão. Se alguém já fez antes de você, aprenda com eles e defina uma estratégia capaz de superá-los.

4. Conhecendo o seu público-alvo

A empresa geralmente pode ter estudo do seu público-alvo, como gênero, faixa etária e localização, bem como referências comportamentais. Entendendo bem as pessoas que vamos atrair, poderemos com mais precisão escolher as palavras-chave corretas e definir um guideline de conteúdo, para que a comunicação do conteúdo criado pela agência de SEO seja mais eficiente e alinhada às estratégias da marca.

5. Conhecimento de Tecnologia e recursos: poderei fazer aquilo que pretendo?

Nem sempre, tudo o que um time de SEO acredita ser o melhor a ser feito poderá ser implementado, por uma questão de limitação de tecnologia, de recursos ou estratégia de marketing. É preciso conhecer bem a tecnologia, suas características e seu funcionamento; bem como a disponibilidade que o time terá. Pode ser importante que a reunião de briefing ou kickoff conte com a presença do gerente de tecnologia ou CTO, ou ainda com a empresa fornecedora de soluções.

6. Objetivos de venda: quais os melhores produtos?

Naturalmente, o objetivo é sempre vender o máximo possível. Entretanto, neste momento devemos nos focar no aspecto estratégico e ter respostas a perguntas tais como: quais produtos ou categorias geram maior volume de vendas? Quais produtos ou categorias geram a maior rentabilidade? Olhando para os produtos e categorias corretos, permitirá que a estratégia gere fluxo de clientes, bem como rentabilidade.

7. Definição de KPIs

“O que não é medido não é gerenciado”, diz William Edwards Deming. Os KPIs (key performance indicators) são as métricas pelas quais o desempenho do SEO será avaliado. Alguns exemplos de KPIs são: primeiras posições no Google, Tráfego, Bounce rate, taxa de conversão, share of voice e Receita ou Leads.

8. Pesquisa de palavras-chave: escolhendo as que vão gerar resultados

Repare que somente agora, que temos uma visão geral e conhecimento amplificado do cliente e do concorrente, é que iremos para a pesquisa de palavras-chave, um dos pontos mais cruciais da estratégia e desempenho de SEO. É preciso que essa pesquisa de palavras-chave contemple um volume suficiente para gerar tráfego e resultados.

9. Plano de Ações: Relevância Autoridade

Pois bem, agora que a estratégia já está ganhando corpo e já possui uma direção, é preciso definir o plano tático: onde vamos agir, o que vamos fazer e quando. O plano de ações deve contemplar tantos aspectos de Relevância (indexabilidade, conteúdo e search experience), assim como de Autoridade (plano de comunicação de assessoria digital, se houver, e landing pages com foco de link building).

10. Defina seu “Core 10”

Aqui na Conversion chamamos de Core 10 um grupo com as 10 palavras-chave mais importantes, mas isso não quer dizer que serão otimizadas apenas 10. Na verdade, um bom planejamento de SEO envolve, entre as palavras principais e as secundárias, dezenas, centenas ou até milhares de palavras-chave. O “Core 10” servirá para comunicarmos a nossa estratégia, assim como gerenciarmos a performance de SEO.

Bom planejamento e excelentes resultados com SEO!

A Conversion na mídia
Rede Globo de Televisão SBT Rede Record TV Bandeirantes Portal do UOL Yahoo Notícias Diário do Comércio e Indústria
Voltar ao Topo
fechar

Solicite Orçamento