Review SEOMoz, Raven Tools, AWR, Rank Ranger e My SEO Tool

Por ,
em

Review SEO Moz, Raven Tools, AWR, Rank Ranger e My SEO ToolNa semana passada analisamos diversas ferramentas de SEO do ponto de vista dos recursos disponíveis. Desta vez, farei uma análise de cada uma das ferramentas vistas de uma maneira geral, pois muitas vezes assim é mais interessante para entender quais melhor se adequam às suas necessidades.

Vimos as ferramentas do ponto de vista dos recursos disponíveis, mas vamos analisá-las cada uma individualmente, do ponto de vista de quem gerencia uma conta de SEO e em ordem de relevância. De todo modo, é recomendável que a agência possa contratar não só estas, mas diversas ferramentas de SEO, cada qual para uma necessidade específica. Embora os gastos acabem sendo altos, sem dúvida os resultados compensam.

Ressalto ainda que outras ferramentas muito boas foram deixadas de lado, porque estamos falando das ferramentas principais e que exercem a maior parte das tarefas.

Uma visão geral

Para que você entenda melhor os meus critérios, vale conferir os critérios mais importantes que levei em conta. De maneira nenhuma levei em conta todos os recursos, porque há sempre recursos inúteis ou que usaremos em poucos casos.

1. SEO Moz, a queridinha

SEO Moz é a marca mais famosa de SEO no mundo e Rand Fish, o porta-voz da empresa, e sua turma são muito bons de marketing. Eles disponibilizam muitas ferramentas de SEO e estão sempre desenvolvendo coisas novas – dou especial destaque à atenção dada às informações de mídias sociais. Particularmente, acho a SEO Moz excelente do ponto de vista interno de uma agência porque ela é focada no funcionamento das coisas e simulação do robô do Google, contando com os melhores relatórios on-page e um incrível crawler, que indexa até 20.000 páginas (no plano PRO Elite, que custa “módicos” US$499/mês), mas pode acabar sendo confusa para um iniciante ou o cliente final.

Prós – Relatórios on-page, Crawler, Open Site Explorer e Mídias Sociais.

Contras – Relatórios de posição de palavras-chave são semanais e relatórios não estão disponíveis em português, nem sem a marca deles.

2. Raven Tools, a completinha

Raven Tools se posiciona como a ferramenta de SEO e mídias sociais mais completa do mercado, e de fato eles têm bastante recursos. A começar por um dashboard cujo acesso pode ser fornecido ao seu cliente, que embora seja white label está disponível apenas em inglês. O foco da Raven não é ser fornecedora de dados, até por isso ela na maioria das vezes trata dados de terceiros, como Open Site Explorer e Majestic SEO (para backlink), SEM Rush (para pesquisa de palavras-chave) e os seus dados de SERP Tracker também vêm de terceiros.

Além disso, através de API a Raven obtém dados de diversos provedores de serviços, como Google Analytics, Google Webmasters, Facebook Insights, Twitter e até do MailChimp. Também fornece um monitor de mídias sociais que funciona bem para o Twitter e seu uso é recomendável para contas maiores.

A Raven Tools disponibiliza ainda uma interface para gerenciamento de contas de mídias sociais (concorrendo com HootSuite) e possui integração com o gerenciador de projetos Basecamp.

Prós: é muito completa e seu preço é justo
Contras: Seu forte são os relatórios, mas eles não estão disponíveis em português.

3. Advanced Web Ranking (AWR)

O Advanced Web Ranking já foi uma ferramenta melhor. Quer dizer, uma vez que estamos acostumados ao modelo de SaaS (software as a service), em que todos os nossos dados podem estar em qualquer lugar do mundo, em qualquer dispositivo, o AWR parece não fazer muito sentido porque é um software que deve ser instalado em um servidor, que por sua vez gera custos de manutenção e os dados nem sempre estão facilmente disponíveis.

Todavia, este modelo pode ser a salvação para empresas que precisam que seus dados jamais estejam em servidores de terceiros, por conta de políticas de segurança de suas informações.

De todo modo, o AWR possui ainda uma versão servidor, que pode rodar em um data center ou servidor cloud (como Amazon AWS), à qual as licenças de máquina podem se conectar para obter os relatórios. Ela se torna indispensável, principalmente quando se gerenciam muitas contas.

Eu pessoalmente sou contra o uso de software. Prefiro a nuvem.

Prós: os dados são de propriedade da empresa e é muito completa
Contras: Poucos relatórios em português, exige instalar software e manter servidores.

4. Rank Ranger, boa de relatórios de palavras

Rank Ranger é uma ferramenta nova e eu tomei conhecimento dela através de seus anúncios no Facebook. O forte do Rank Ranger são os relatórios e a flexibilidade de criar relatórios personalizados para cada cliente, bem como enviá-los em português.

De uma maneira geral, é uma ferramenta muito boa e cumpre o que promete. Não gosto de compará-la às outras porque o foco dela é, realmente, produzir relatórios. Destaco também o relatório de triggers, que são avisos automáticos de determinadas mudanças no ranking.

Pró: melhor relatório de posição de palavras-chave dentre todas
Contra: não possui pesquisa de backlink e relatórios on-page, além do relatório SERP ter um número bem limitado de palavras por campanha.

5. My SEO Tool, tenha um dashboard

Não sei se a My SEO Tool irá vingar ou não, mas a proposta deles é disponibilizar um dashboard (intranet) para seus clientes e possuem um gerenciador de projetos integrado, assim algumas agências podem não precisar de nenhum fornecedor. Esse dashboard é o único em português, embora a tradução seja meio questionável uma vez que é feita através de API do Google Translator.

Possui um relatório de SEO on page que, embora não seja tão bom quanto o do SEO Moz, dá para o gasto e pode ajudar bastante. Seus dados de posição de palavras-chave são atualizados diariamente e é uma pena que não se possa enviar relatórios automáticos em português.

É uma ferramenta com prós e contras bem equilibrados que, por isso, podem valer a pena para agências que atendem a uma quantidade grande de clientes e não fazem um trabalho tão profundo, para o qual se exigem informações mais detalhadas.

Prós: dashboard, gerenciador de tarefas, relatórios onpage e posição de palavras-chave
Contras: relatórios de palavras-chave em inglês e um pouco limitada.

Não existe uma ferramenta perfeita, então a melhor solução é você considerar a quantidade de clientes, as informações que você utiliza com mais frequência, os relatórios que você precisa e, é claro, o orçamento que você possui, entre outros fatores, para você decidir quais ferramentas de SEO você vai contratar a fim de oferecer um bom serviço.

A Conversion na mídia
Rede Globo de Televisão SBT Rede Record TV Bandeirantes Portal do UOL Yahoo Notícias Diário do Comércio e Indústria
Voltar ao Topo
fechar

Solicite Orçamento