PageRank

PageRank é o nome dado ao algoritmo do Google que classifica todos os sites, a relação entre eles através de links e, de uma maneira geral, a relevância de uma página em relação a toda a web. O PageRank funciona basicamente calculando a relação através de links de uma página com outra e é a principal maneira do algoritmo do Google de avaliar matematicamente a relevância de uma página.

Como funciona o PageRank

O PageRank é uma parte fundamental do altoritmo de buscas do Google. Trata-se de um cálculo matemático que, a princípio, leva em conta quantos links cada página e site na web receberam. Essa primeira parte do algoritmo calcula os links de entrada e cria uma nota (que é o próprio PageRank) para o site e para a página.

É importante tanto o número de links recebidos quanto o próprio PageRank das páginas que fizeram o link.

Como todos os sites são feitos de links, aquela “nota” recebida através dos links de entrada será distribuída entre todas as páginas linkadas internamente e, também, para as páginas externas. A esse PageRank interno dá-se o nome de “Link Juice”: cada página linkada receberá uma parcela do Link Juice (“do PageRank”) de uma página, que é dividido igualmente entre os links da página, internos ou externos.

PageRank de barra de ferramentas

No SEO, o termo PageRank costuma ser usado para se referir ao PageRank da barra de ferramentas e que dá uma nota de 0 a 10 para cada uma das páginas da web.

Esse PageRank não é plenamente confiável, nem é atualizado constantemente, servindo apenas como uma métrica que tem mais valor de curiosidade que de ciência.

Em Abril de 2011, o Google parou de exibir o PageRank em sua barra de ferramentas, como medida de desencorajar o seu uso por webmasters e, sobretudo, para não fornecer um dado muitas vezes valioso para quem procura manipular o seu algoritmo.

Para entender mais essa mudança, leia nosso artigo chamado O fim do PageRank.

Manipulação do PageRank

Um dos principais motivos da investida do Google contra a publicação dos dados sobre o PageRank é que webmasters usavam essa informação procurando manipular o algoritmo do Google e favorecer seus sites nos resultados da busca.

A prática de criar uma relação falsa entre páginas, comprar links ou participar de redes de troca de links é considerada uma prática de SEO black hat, podendo causar punições, ou mesmo banimento do Google, para todos os sites que participarem desses programas de manipulaçao do altorimo do Google, fazendo ou recebendo links.

A Conversion na mídia
Rede Globo de Televisão SBT Rede Record TV Bandeirantes Portal do UOL Yahoo Notícias Diário do Comércio e Indústria
Voltar ao Topo
fechar

Solicite Orçamento