Linkedin Ads: O Guia Completo de Anúncios para Empresas

Conversion

Por ,
em

O LinkedIn é a principal rede social profissional do mundo. Ela possui, apenas no Brasil, mais de 32 milhões de usuários.

Além de oferecer inúmeras possibilidades de conexão e compartilhamento de conteúdo, ela ainda tem o programa LinkedIn Ads, para segmentar e alcançar profissionais específicos.

Naturalmente, o LinkedIn Ads é uma ferramenta fundamental para quem busca mais resultados em suas campanhas de marketing digital.

Porém, antes de criar seu primeiro anúncio, é importante entender a dinâmica da rede social e como extrair dela mais valor e resultados.

Os mais de 159 milhões de visitantes únicos que a plataforma recebe mensalmente são uma oportunidade para sua empresa.

Neste guia completo, produzido pelo time de marketing da Conversion – consultoria em Marketing e SEO – apresentaremos um passo a passo para utilizar com o máximo de eficiência, tudo o que o  Linkedin Ads oferece, como usar corretamente e as melhores estratégias para obter mais resultados.

Além disso, apresentaremos um passo a passo para criar seu primeiro anúncio no LinkedIn Ads.

Tópicos do conteúdo:

  1. O que é LinkedIn Ads
  2. O que o LinkedIn Ads oferece para os anunciantes?
  3. Como criar anúncios no LinkedIn Ads
  4. Tipos de anúncio no LinkedIn
  5. Como criar sua conta de anúncios no LinkedIn Ads
  6. Passo a passo para criar um anúncio no LinkedIn Ads
  7. Estratégias para usar o LinkedIn Ads em sua empresa

O que é o LinkedIn Ads?

O LinkedIn, como todas as principais redes sociais do mundo, oferece a oportunidade de impactar potenciais clientes de forma segmentada.

Essa é a missão do LinkedIn Ads. Basicamente, ele é um programa de anúncios (compra de tráfego qualificado).

Desta forma, você cria anúncios dentro da plataforma, que por sua vez, exibe o anúncio para as pessoas que estão classificadas dentro da segmentação escolhida.

É um formato muito parecido com o utilizado pelo Google Ads e Facebook Ads.

O que o LinkedIn Ads oferece para os anunciantes?

Aqui, não vamos falar das possibilidades de anúncio, pois iremos tratar disso mais adiante no artigo.

Vamos falar das possibilidades que o LinkedIn oferece para seus anunciantes, em termos de público e oportunidades.

Veja as oportunidades que o LinkedIn oferece:

  • Mais de 27 milhões de usuários apenas no Brasil;
  • Destes, cerca de 40% acessam a plataforma diariamente;
  • Os interesses das pessoas que acessam o LinkedIn estão mais direcionados para assuntos profissionais;
  • 92% das empresas B2B utilizam o LinkedIn;
  • 80% dos leads B2B são oriundos do LinkedIn.

Na prática, isso traz muitas oportunidades para que as empresas anunciem no LinkedIn Ads.

Primeiramente, porque no LinkedIn o público é muito mais específico e direcionado para negócios. Para empresas B2B, ele é uma ótima oportunidade.

Além disso, os interesse e toda forma de interação são direcionados para o meio profissional e corporativo.

Dessa forma, sua empresa consegue atrair leads qualificados e alcançar pessoas muito mais propensas a conversão.

Resumindo, para empresas que fazem negócios com outras empresas, as B2B, o LinkedIn é uma ferramenta fundamental para a estratégia de marketing digital e compra de tráfego.

Nos últimos anos, a ferramenta LinkedIn Ads evoluiu muito, e hoje oferece inúmeras possibilidades de segmentação.

Isso aumenta consideravelmente a gama de estratégias que podem ser usadas.

Fonte: LinkedIn

 

Como criar anúncios no LinkedIn Ads?

O processo de criação dos anúncios no LinkedIn Ads melhorou muito e segue algumas etapas, que iremos te apresentar.

Mas, antes de criar seu primeiro anúncio, é importante entender a diferença entre os tipos existentes.

Dessa forma, você consegue extrair ao máximo o objetivo de cada um.

Fonte: LinkedIn

1º) Primeiro, entenda os tipos de anúncios do LinkedIn

Separamos 3 tipos de anúncios relevantes para uma estratégia de Marketing Digital. Confira abaixo.

 

 1) Conteúdos patrocinados

Esse tipo de anúncio não estava presente desde o início. Foi uma novidade anunciada pela plataforma.

De forma simples, os conteúdos patrocinados no LinkedIn Ads são textos, vídeos, imagens e outras mídias, que aparecem na timeline dos usuários, em meio ao conteúdo orgânico.

O funcionamento é muito parecido com o dos anúncios do Facebook, que aparecem na linha do tempo do usuário.

Esses anúncios têm uma vantagem, que é o maior alcance e interação.

No geral, são muito usados para estratégias de topo de funil.

Também são uma ótima ferramenta para o aumento do reconhecimento da empresa e da marca (branding).

 

2) Anúncios InMail

Os anúncios InMail são focados em mensagens para os usuários.

Basicamente, eles enviam mensagens no Inbox de pessoas que representam a segmentação escolhida.

De uma forma geral, esse é um tipo de anúncio do LinkedIn que deve ser usado com muito cuidado.

Primeiramente, porque ele é bastante intrusivo. Muitas pessoas se sentem incomodadas em recebê-los.

Porém, com a estratégia certa e, principalmente, gerando valor para os usuários, por meio de conteúdo, é uma forma de impactar diretamente um grande número de pessoas.

 

3) Anúncios de texto

Esse foi o primeiro modelo de anúncio do LinkedIn Ads. São aqueles anúncios menores, apenas com texto.

No geral, este tipo de anúncio atrai menos a atenção do usuário que os demais.

Porém, em algumas estratégias, eles são fundamentais, porque aumentam o alcance da marca e ajudam a compor um tráfego qualificado.

Esses são os tipos de anúncios do LinkedIn Ads. Cada um deles, dentro de uma estratégia de marketing digital, tem diferentes funções.

 

2º) Agora, entenda como criar sua conta de anúncios no Linkedin Ads

Agora que você já entendeu a lógica de como funcionam os anúncios no LinkedIn Ads, chegou a hora de partir para a prática.

O primeiro passo para criar anúncios no LinkedIn Ads é ter uma página de empresa. Perfis pessoais não podem fazer anúncios.

Clicando neste link, você cria a página da sua empresa.

Fonte: LinkedIn

Com a página criada, você precisa criar uma conta de anúncios no LinkedIn Ads. Essa conta de anúncios ficará ligada à sua página.

O processo de criação da conta de anúncios é bastante simples:

  • Você precisa entrar neste link;
  • Clicar no botão de criar anúncio. Nesse ponto, você será direcionado para o processo de criação da sua conta;
  • Nesse processo, você irá atrelar sua página à sua conta de anúncios e vai escolher os métodos de pagamento e a moeda utilizada.

Pronto, agora sua conta no LinkedIn Ads está feita.

Chegou a hora de partir para o passo a passo prático!

 

Como criar anúncio no LinkedIn Ads

Saber como anunciar no LinkedIn é um passo importante para sua estratégia de marketing digital.

Cada um desses tipos de anúncio no LinkedIn Ads tem formas distintas de serem criados.

Para que você não fique com dúvidas, vamos te mostrar como criar cada anúncio separadamente.

 

Como criar anúncios de conteúdo no LinkedIn Ads

Os anúncios de conteúdo patrocinado são os mais comuns do LinkedIn Ads, pois eles permitem que haja uma maior interação e também porque eles convertem melhor.

Em termos de resultados, acabam sendo os mais indicados para grande parte das empresas. Não é uma regra, mas algo extremamente comum.

Para criar sua campanha, faça o seguinte:

  • Entre no gerenciador de anúncios do LinkedIn Ads;
  • Clique no botão “Criar campanha”;
  • Esse botão localiza-se na parte superior direita no menu de gerenciador de campanhas.

Após ser direcionado para a próxima página, você deverá optar por uma dentre as três opções em relação ao formato do anúncio.

Para criar uma campanha com conteúdo patrocinado você deve selecionar a opção “Sponsored Content”.

Após isso, você deverá configurar a sua campanha patrocinada, de acordo com sua estratégia.

Vamos fazer uma análise de todos os elementos que existem na criação de campanhas para o LinkedIn Ads:

  1. Nome da sua campanha: Esse é um ponto fundamental para a sua organização. Nomear corretamente as campanhas vai fazer com que você consiga se organizar mais facilmente;
  2. Idioma falado por seu público-alvo: Caso você deseje desenvolver a sua campanha no Brasil, por exemplo, deverá selecionar a opção “Português”;
  3. Objetivo de tráfego: Neste item, será possível escolher qual será a sua meta com os anúncios. Nesta opção, sua meta será o tráfego para uma determinada página do seu site;
  4. Objetivo de leads: Neste tipo de campanha, seu foco é gerar contatos de pessoas que têm potencial para serem seus clientes. Se esta for sua meta, selecione objetivo de leads.

Após terminar de configurar essa parte da sua campanha com conteúdo patrocinado, você deve clicar no botão “Avançar”.

Na tela seguinte, clique no botão “Criar Sponsored”.

Nessa etapa do desenvolvimento, você irá criar um Sponsored, que é um conteúdo, para somente depois patrociná-lo.

De modo geral, você terá que criar o post para depois patrocinar o mesmo.

Ao desenvolver a sua peça de conteúdo, o LinkedIn proverá algumas opções:

  • O primeiro passo é criar um nome para o conteúdo em questão;
  • Ao inserir uma URL na caixa de descrição de seu conteúdo, automaticamente serão obtidos o título, a descrição e a imagem.

Vale lembrar que a imagem deverá ter resolução de 1200 x 627 pixels, além de não ter textos excessivos, uma vez que o LinkedIn pode rejeitar o anúncio nesses casos.

Por fim, para que você patrocine o seu conteúdo, será necessário clicar no botão “Patrocinar conteúdo”.

Assim, você iniciará o processo de segmentação de seu anúncio no LinkedIn Ads.

Existem diversas opções de segmentação, sendo a primeira delas o país, estado ou cidade em que você pretende atingir o seu público-alvo. Existem ainda diversos parâmetros específicos para segmentar.

Dentre as opções de segmentação, estão:

  1. Nome da empresa;
  2. Setor da empresa;
  3. Tamanho da empresa;
  4. Cargo;
  5. Função;
  6. Nível de experiência;
  7. Instituições de ensino;
  8. Áreas de estudo;
  9. Diplomas.

Com essas opções, você pode hipersegmentar o seu conteúdo.

Por fim, teremos a configuração do perfil de otimização do anúncio. Além disso, temos que definir também o objetivo de marketing.

O LinkedIn disponibiliza três opções de objetivos de marketing nos anúncios, que são:

  1. visitas ao site;
  2. interação;
  3. conversões.

No modelo de interação, a cobrança será feita de acordo com o CPM (custo por mil impressões do anúncio).

Nos modelos de visitas, a cobrança é feita por CPC (custo por clique).

Tendo isso como base, você terá que definir tanto o seu orçamento quanto um lance sugerido.

Esse lance deve ser configurado com base na forma de cobrança.

 

Como criar anúncios de texto no LinkedIn

As campanhas de anúncio de texto são um pouco diferentes e adequadas para estratégias mais específicas.

Para criar uma campanha de anúncios de texto, você deve selecionar o botão “Criar campanha”. Após isso, selecionar a opção “Text Ads”.

Esse tipo de anúncio inclui ainda uma pequena imagem. Porém, são essencialmente links de texto que aparecem na rede social.

Da mesma forma que na modalidade anterior, você deve nomear o seu anúncio e optar pelo idioma do público-alvo.

O próximo passo é configurar o anuncio em si.

Você poderá redirecionar as pessoas para a sua página de LinkedIn ou diretamente para o seu site.

É importante escolher uma imagem que chame a atenção do usuário, uma vez que esta é pequena e, por isso, deve ser impactante.

Por sua vez, o título e a descrição de seu anúncio são extremamente engessados no que diz respeito ao limite de caracteres. Portanto, você deve ser claro e objetivo.

Quanto à segmentação de seu conteúdo de texto, é a mesma do conteúdo patrocinado.

Nesse caso em específico, as configurações de orçamento são um pouco distintas.

Além disso, você ainda tem a possibilidade de configurar conversões, caso desejado.

Você deverá optar por CPC e CPM e, após isso, definir o valor que pretende investir diariamente (o orçamento), além dos lances de CPC e CPM.

 

Como criar anúncios InMail no LinkedIn Ads

As campanhas InMail são utilizadas apenas para fins muito específicos. Elas devem ser uma ferramenta vista com muito cuidado.

Afinal, é uma publicidade que pode ser considerada agressiva.

De maneira natural, essa mensagem deve apresentar sua solução, mas não de forma invasiva.

Ela deve apresentar caráter personalizado e cativante o suficiente para dar início a uma conversa com o seu público-alvo.

Para iniciar, você deve selecionar a opção “Sponsored InMail”, que nada mais são do que mensagens personalizadas que você poderá enviar diretamente para a inbox do seu público-alvo.

Da mesma forma que nas opções anteriores, você terá que nomear a sua campanha e escolher o idioma.

Após isso, nomeie o seu anúncio de Sponsored InMail.

Esse nome não estará disponível para quem receber as mensagens. Ele traz apenas uma melhora na organização das campanhas.

Na etapa seguinte, deverá ser desenvolvida a mensagem personalizada.

Essa é a mensagem que seu público-alvo receberá.

Neste passo, atente-se a dois pontos extremamente relevantes:

  • As mensagens devem ser direcionadas para o reconhecimento da empresa;
  • O foco deve ser na criação de um relacionamento, e não em venda direta.

 

Como criar as mensagens do LinkedIn InMail

Primeiramente será criado o título da mensagem. O título da mensagem é o primeiro contato com o usuário e, por isso, deve abrir a relação de maneira eficiente.

O próprio LinkedIn irá sugerir determinadas palavras-chave, que ajudam a ter mais resultados positivos.

Após isso, é a hora de personalizar a mensagem.

Utilizando o código %FIRSTNAME%, você usará o nome do usuário, tornando a mensagem mais personalizada e empática.

O próximo passo é configurar o link da página de desconto e um call-to-action.

Existe ainda a possibilidade de criar um banner de anúncio, o qual é apresentado junto com a sua mensagem de InMail. Utilizar alguns CTAs geralmente oferece bons resultados.

Após ter o seu anúncio criado, vem a parte da segmentação de público-alvo.

A segmentação de uma campanha de anúncios InMail é praticamente igual a das modalidades citadas anteriormente.

Nessa etapa, uma dica fundamental é hipersegmentar seu público.

Isso por que se trata de mensagens que são enviadas diretamente para a caixa de entrada do público-alvo.

Desse modo, enviar mensagens para pessoas que não têm algum interesse em sua empresa ou serviços pode proporcionar uma experiência ruim.

 

Estratégias para usar o LinkedIn Ads em sua empresa

Primeiramente, ao apostar no LinkedIn Ads, é importante que sua empresa também invista em conteúdo na plataforma.

Dessa maneira, é essencial que a página da sua empresa não seja um “fantasma”. Páginas com conteúdo têm mais interação e melhores resultados.

Além disso, é fundamental entender que para negócios B2B, o LinkedIn gera leads muito mais qualificados. Naturalmente, o CPL (custo por lead) é maior.

Falando especificamente de estratégias, existem algumas formas de melhorar a qualidade e o retorno de seus anúncios no LinkedIn Ads.

Lembrando que o maior foco de anunciar no LinkedIn sempre será o mercado B2B. Vamos às dicas!

  1. Para gerar leads, vendas e engajamento, sempre opte pelo anúncio de conteúdo;
  2. Foque em gerar valor, oferecendo conteúdo atrativo e de qualidade;
  3. Tome muito cuidado com a forma como você anuncia. No geral, o LinkedIn é mais sóbrio, e anúncios muito extravagantes podem não ter um bom retorno;
  4. Se você estiver vendendo algo de forma direta, como um e-commerce, instale um pixel de conversão, para não gastar verba de forma desnecessária com quem já converteu;
  5. A menos que você esteja fazendo algo muito abrangente, faça uma hipersegmentação nos anúncios. Esse é o grande diferencial do LinkedIn;
  6. Faça testes constantes para conseguir leads mais qualificados e atrair seu público-alvo;
  7. Se sua persona tem um cargo específico (gestor de marketing, diretor de tecnologia etc.), busque usar vários nomes diferentes para a função, para não perder público.

 

Conclusão

O LinkedIn Ads é uma ferramenta fundamental para o crescimento de sua base de leads e aumento das vendas.

Basta aplicar as estratégias certas e entender a dinâmica de funcionamento da plataforma.

Assim, será possível conseguir excelentes resultados com essa ferramenta.

Ainda tem mais!

Neste guia completo, nós te mostramos tudo o que você precisa saber sobre mídia digital. Afinal, o LinkedIn Ads é uma das formas de utilizar a mídia digital para atrair mais clientes.

Neste guia, você aprenderá como usar diferentes ferramentas para conseguir melhores resultados em suas estratégias de marketing e performance.

A Conversion na mídia
Rede Globo de Televisão SBT Rede Record TV Bandeirantes Portal do UOL Yahoo Notícias Diário do Comércio e Indústria
Voltar ao Topo
fechar

Solicite Orçamento