logo

Marketing de Conteúdo, afinal de contas, VENDE?

10/09/2018
3 min de leitura

O Marketing de Conteúdo é um termo cada vez mais popular no Marketing Digital e está cada vez mais presente nas estratégias digitais das marcas.

E a despeito de sua popularidade, muitos fazem a pergunta fundamental: e, então, conteúdo vende?

Neste artigo, explicarei os principais aspectos que envolvem o conteúdo e a sua relação com as vendas, que podem ser diretas ou indiretas.

Por vendas diretas, serão aquelas vendas que são oriundas diretamente de alguma peça de conteúdo, como um artigo.

Por vendas indiretas, serão aquelas vendas que tiveram impacto maior ou menor durante a jornada do consumidor.

Mas, primeiramente, o que é Marketing de Conteúdo?

Marketing de Conteúdo é um conjunto de estratégias e táticas para aparecer, encantar e converter clientes ou consumidores por meio de peças de conteúdo, que precisam trabalhar de forma integrada.

As peças de conteúdo que envolvem o Marketing de Conteúdo podem ser, mas não se limitam a: posts de blog, artigos, postagens em mídias sociais, vídeos, etc.

Definindo os objetivos das estratégias de Marketing de Conteúdo

Recentemente, publicamos um artigo sobre Estratégias de Marketing Digital e recomendo a sua leitura, pois a partir dele se definirá o papel do conteúdo dentro da estratégia.

Basicamente, as estratégias de marketing digital devem contemplar os seguintes pilares:

APARECER: é o mais óbvio de todos e vale a máxima “quem não aparece não é lembrado”. As marcas irão aparecer por meio de SEO, Mídias de Performance, Redes Sociais, Social Ads, Display, Programática, Assessoria de Imprensa, etc.

ENCANTAR: em estratégias de marketing digital, é absolutamente necessário encantar, afinal, o cliente nunca teve tantas opções para escolher e ele tende a preferir as marcas pelas quais se encanta.

CONVERTER: aparecer para o consumidor e encantá-lo é fundamental, mas é preciso transformar todo esse ativo digital em resultados, e é aqui que entram as ações focadas em conversão.
Portanto, deve-se entender em seu negócio qual vai ser o papel do conteúdo. Muitas vezes, pode ser que ele esteja mais em aparecer, encantar ou converter (ou de algum modo em todas, com maior ou menor participação).

A verdade é que o Marketing de Conteúdo pode contribuir, sim, para vender

Dito que em cada marca o papel do Marketing de Conteúdo pode ser diferente, a verdade é que ele pode ser muito importante na venda, sim!

Entretanto, vale ressaltar que o Marketing de Conteúdo não necessariamente vai vender a curto prazo… e, na verdade, costuma funcionar melhor a longo prazo.

Caso esteja buscando resultados de mais curto prazo (e menor valor agregado, assim como menores margens), invista em links patrocinados para mecanismos de busca.

O Marketing de Conteúdo é muito poderoso porque ele usa a palavra para convencer… afinal de contas, nós compramos mais as boas ideias do que o produto ou serviço.

E o que pode ser melhor para gerar valor do que o conteúdo?

Qual seria a estratégia mais simples para vender com Marketing de Conteúdo?

Se eu pudesse simplificar ao máximo o Marketing de Conteúdo, diria o seguinte: tenha leads qualificados na base e faça artigos que criem desejo.

Ok, mas como vou trazer leads para a minha base? Ora, ora: com conteúdo!

E-books de alta qualidade ainda continuam sendo uma poderosa forma de atrair leads qualificados. Mas repito: de alta qualidade!

Para atrair público qualificado, escreva um e-book único, exclusivo e que ninguém mais poderá ter.

Além de despertar a curiosidade de um público qualificado, ele estará mais disposto a falar com sua empresa.

E lembre-se que isso é apenas o começo: após criar uma base, faça artigos que sejam ao mesmo tempo relevantes e que despertem a curiosidade sobre o seu serviço.

Esses artigos podem ser distribuídos tanto para a sua base de leads (que terá maior engajamento) quanto para atrair novos públicos através de anúncios em redes sociais.

Por fim, evite falar de seu produto ou serviço diretamente no artigo (exceto se for indispensável). Mas, por outro lado, mantenha call-to-action ou formas simples de seu prospect entrar em contato.

Conclusão

Como vimos, o Marketing de Conteúdo, assim como qualquer outra ferramenta de marketing digital, será importante ou não conforme a sua estratégia de marketing digital.

Demonstramos que, sim, o Marketing de Conteúdo pode ser muito importante para gerar vendas de forma direta ou indireta.

Eu, particularmente, considero o conteúdo importantíssimo quando temos vendas mais complexas e que precisam de educação.

Como falamos, minha dica final se você investe ou quer investir em Marketing de Conteúdo é: tenha leads qualificados na base e faça artigos que criem desejo.

Escrito por

Diego Ivo

CEO

é CEO da Conversion, agência Líder em SEO e especializada em Search. Possui mais de uma década de experiência no mercado digital e é um dos principais experts no Brasil em SEO. Fundou em 2011 a Conversion, empresa que atende clientes como ViajaNet, Brastemp, Consul, JAC Motors, Salon Line, ArtWalk, entre outros. Também é palestrante e já se apresentou em diversos eventos de marketing e e-commerce, nos quais passou ao mercado conhecimento sobre as melhores práticas de SEO.

Receba o melhor conteúdo de marketing em seu e-mail

Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado

Conteúdos relacionados

"Tudo deveria se tornar o mais simples possível, mas não simplificado."

Albert Einstein