logo

Meta Keywords: 2 bons motivos para não usar

26/07/2012
3 min de leitura

Meta KeywordsPor incansáveis vezes, li artigos na Internet que “ensinavam” a fazer SEO de um jeito no mínimo jurássico: dentre outras técnicas duvidosas e orientações ineficientes, esses sites incentivam a trabalhar com meta keywords. Como o uso das meta keywords faz parte do insconciente coletivo de quem faz ou está começando a fazer SEO, convém explicar por que as meta keywords não interferem no trabalho de SEO, nem para melhor nem para pior. Ou seja, meta keywords não ajudam nem atrapalham num trabalho de SEO.

Uma vez que já têm a resposta, é preciso porém que vocês entendam os porquês.

O que são meta keywords

Primeiramente, para funs didáticos, saibamos o que são as “meta keywords”. Elas são uma tag de HTML que se encontra no header do HTML:

<head>

<meta name=”keywords” content=”palavra a, palavra b, palavra c, palavra d, palavra e, palavra f, etc” />

</head>

A história das meta keywords

As meta keywords surgem num contexto em que os algoritmos de busca ainda engatinhavam e não eram suficientemente inteligentes para saber identificar quais eram realmente as palavras-chave mais relevantes para aquela página ser encontrada. Por isso, criou-se a solução de oferecer ao webmaster a possibilidade de ele definir como gostaria de ser encontrado. Uma ideia interessante, não?

Na vida real, nem tanto. O problema é que ao permitir que os proprietários de websites determinassem por quais palavras-chave eles seriam encontrados criou-se uma brecha que, potencialmente, tornava o algoritmo do Google facilmente manipulável e, portanto, ineficaz. Tornou-se muito comum pessoas usarem keywords que nada tinham a ver com o seu conteúdo, simplesmente para angariar mais e mais visitas.

O que parecia uma boa ideia para facilitar a organização da web foi, portanto, um tiro que saiu pela culatra, tanto que há muito tempo as meta keywords não ajudam NADA no posicionamento de web sites, ao menos no Google. Isso aconteceu há quase dez anos e até hoje pessoas ensinam ERRADO…

O Google ignora, o Bing não

De todo modo, o que venho dizendo ao longo deste artigo tem validade apenas para o Google, porque o Bing por sua vez continua a levar em contar o uso das meta keywords e, sabe-se lá por quê, acredita que isso ajuda o seu algoritmo a organizar melhor as informações. Eu me pergunto: como pode?!

A mim isso soa como se o algoritmo do Bing não fosse bom o suficiente para organizar por conta própria o seu algoritmo e precisasse de informações – fornecidas pelos proprietários de sites – que não aparecem para quem abre a página, afinal só estão acessíveis para quem visualizar o código-fonte. O Google, pelo contrário, prioriza o que é visível para os usuários.

Fazer ou não o SEO no Bing?

Talvez o leitor esteja se perguntando: “por que diabos o Diego Ivo está recomendando que eu ignore as visitas do Bing se, mesmo que poucas, afinal de contas são visitas?” Não é uma questão de ignorar ou não o Bing. Não recomendo o uso de meta keywords por outros motivos.

a) Tempo é dinheiro. Portanto, não me preocupo com o Bing e outros buscadores;
b) Usar meta keywords é algo intelignete. Assim pensa o seu concorrente.

Para o leitor, o primeiro argumento vai parecer natural e ele exclamaria, contente “é verdade, melhor priorizar o Google, que realmente traz tráfego em maior e melhor quantidade, sem contar que o que funciona para o Google funciona para o Bing em geral!”  O segundo argumento entretanto talvez deixe um pouco de dúvidas, as quais eu respondo.

“Não entregue o ouro para o bandido”

Vocês se lembram daquele ditado popular? Pois é, não convém entregar o ouro para o bandido.

Ao inserir as suas keywords no código-fonte do site, elas não terão ajudado em nada o seu usuário mas, pelo contrário, poderão ajudar muito os seus concorrentes. Uma boa pesquisa de palavras-chave vai muito além de consultar o Google Keyword Tool e consiste em pensar em maneiras criativas de ser encontrado. Ao tornar facilmente encontrável e organizado o seu árduo trabalho de pesquisa de palavras-chave, o seu concorrente poderá encontrá-las e economizar meses ou anos de trabalho.

Você tem certeza de que vai entregar uma vantagem competitiva como essa aos seus concorrentes assim de bandeja?

Fique atento!

Escrito por

Diego Ivo

CEO

é CEO da Conversion, agência Líder em SEO e especializada em Search. Possui mais de uma década de experiência no mercado digital e é um dos principais experts no Brasil em SEO. Fundou em 2011 a Conversion, empresa que atende clientes como ViajaNet, Brastemp, Consul, JAC Motors, Salon Line, ArtWalk, entre outros. Também é palestrante e já se apresentou em diversos eventos de marketing e e-commerce, nos quais passou ao mercado conhecimento sobre as melhores práticas de SEO.

4 respostas para “Meta Keywords: 2 bons motivos para não usar”

  1. […] seus primeiros passos, como cita Diego Ivo do site Conversion, os buscadores não possuíam ainda a expertise suficiente para ler o conteúdo do texto e […]

  2. Orbis Equipe disse:

    Também parei de mexer com isso há um bom tempo. Obrigado pelo conteúdo.

  3. carlos E brunetti disse:

    Bom conteúdo,
    Estava olhando o código fonte de uns sites onde os caras vendem cursos para SEO, mas assim trabalho na área de educação, tenho diploma registrado, aprendi didática e observar comportamentos duvidosos ai fui curia o código fonte deles e adivinha kkkkk, caramba meu eles ensinam colocar a keyword, mas na verdade não colocam nem no site deles. Poxa ganhar dinheiro vendendo ebook que enrolam mais do que tudo é facil, gente vamos ter ética pq para SEO não existe curso, e se existisse o próprio google venderia. Estou montando um blogger mais para ter algo para o cliente ir direto e não ter que passar antes lá naquele site manipulador que vendem as coisas dos outros e dizem que são honestos, nem vem ao caso de relatar qual é , inclusive o blogger do SEO que diz que vive disto….kkkk
    mas então o meu estou sofrendo porque cada vez nmais encontro materias como esta que fazem muito mais sentindo, parabens ao redator desta pela veracidade.

  4. Sergio disse:

    Concordo plenamente com o artigo, porém… Porque o You Tube usa meta keywords? Ele não é do Google? Me Tire essa dúvida aí heim, redator. Não vi respostas nos comments abaixo

Receba o melhor conteúdo de marketing em seu e-mail

Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado

Conteúdos relacionados

"Tudo deveria se tornar o mais simples possível, mas não simplificado."

Albert Einstein