AIDA: saiba tudo sobre o conceito e como aplicá-lo

Conversion

Por ,
em

AIDA é uma metodologia antiga de marketing e vendas usada até hoje por profissionais da área.

Ela já provou ao longo dos anos ser eficiente e, se utilizada corretamente, pode alavancar muito suas vendas.

A metodologia pode ser comparada a um roteiro, que deve ser seguido por qualquer um que deseja converter mais clientes e melhorar a imagem da marca.

Esse roteiro é dividido em quatro etapas, que consistem no processo pelo qual uma pessoa passa antes da conversão.

Por meio dela, é possível guiar efetivamente os consumidores na jornada de compra até tomarem a decisão de compra.

Neste post, você aprenderá mais sobre o conceito e como aplicá-lo em seus negócios de maneira correta.

Vamos falar mais sobre o que é AIDA, quais são suas 4 etapas e como estar presente em cada uma delas.

O que é AIDA?

AIDA é uma metodologia que tem como base o comportamento dos consumidores no que diz respeito ao processo pré-venda.

Ou seja, por quais etapas ele passa, inconscientemente, antes de decidir comprar algo.

Cada uma das etapas tem sua importância e requer táticas diferentes.

A palavra AIDA é composta pelas iniciais de cada etapa. São elas:

A= Atenção
I= Interesse
D= Desejo
A= Ação

O conceito foi introduzido por Elmo Lewis no final do século 18 e era aplicado principalmente em propagandas impressas.

A estrutura delas continha imagem e título atrativos, ou seja, que chamam a atenção, texto interessante e com informações relevantes, ou seja, que desperte o interesse e desejo do potencial cliente, e, por fim, um contato para ação.

Hoje, a metodologia é aplicada em várias estratégias de marketing digital como o próprio marketing de conteúdo e se adaptou ao novo ambiente.

Participar de todas as etapas é essencial para que uma empresa tenha mais presença e bons resultados no que diz respeito à conversão.

E, para isso, você precisa entender mais no que consiste cada uma das etapas.

Confira abaixo!

As etapas da metodologia AIDA

Vale lembrar antes de tudo que essa não é uma fórmula mágica que converte qualquer um.

Ela ajuda bastante a sua estratégia, porém há diversos outros fatores que influenciam sua persona a tomar uma decisão.

Por isso, você deve saber mais sobre ela, seus hábitos e costumes antes e, então, aplicar a metodologia com base nas preferências do seu público.

Dito isso, confira agora o que significa cada etapa e como participar de cada uma de maneira efetiva.

1. Atenção

O seu público deve antes de tudo te conhecer, saber que você está presente. Para isso, você precisa atrair a atenção do mesmo.

E como fazer isso?

Divulgue sua marca utilizando aspectos visuais e textuais atrativos à sua persona. A abordagem deve ser adequada às características de sua persona para que a pessoa realmente preste atenção.

Fale sobre algo interessante, algum assunto tendência para seu público utilizando a linguagem adequada ao mesmo, com cores e elementos visuais chamativos.

No casa da presença digital, é muito importante que você aplique estratégias de SEO para, assim, se posicionar melhor no Google e ter mais presença.

Utilize as palavras-chave mais pesquisadas por sua persona, use títulos atrativos e várias outras táticas de SEO.

2. Interesse

Agora que você chamou a atenção, você deve manter o potencial cliente interessado no que tem a dizer.

É importante nessa etapa que você compartilhe informações realmente relevantes ao seu público.

Elas devem despertar a curiosidade de sua persona e você deve demonstrar que tem o necessário para resolver as dores dela.

Explique mais sobre o que você oferece e como isso pode ajudar a pessoa.

Utilize uma linguagem mais persuasiva, com argumentos pertinentes, que façam a persona ter vontade de saber mais.

Aproveite o interesse para direcionar a persona a conteúdos mais aprofundados ou da mesma etapa para despertar mais interesse ainda.

3. Desejo

As pessoas que permaneceram até essa etapa não serão muitas, e isso é natural, como se fosse um funil de vendas.

Agora que elas têm interesse no que você tem a falar, é hora de apresentar sua oferta (produto/serviço), mostrando todas as suas qualidades, benefícios e diferenciais, comparando-a a outras similares.

Algo que ajuda a criar um desejo por sua oferta são cases de sucesso e depoimentos de seus clientes indicando sua oferta.

Nessa etapa, você pode fazer conteúdos mais aprofundados, como e-books ou webinars.

Ação

Inscrever-se em um webinar, curtir, compartilhar e comentar um conteúdo, comprar algo, enfim, são várias as ações da persona que você pode almejar, e isso varia de acordo com seus objetivos.

Essa etapa é responsável por incentivar a persona a fazer tal ação, facilitando o processo para que ela não opte pela concorrência ou simplesmente feche a página e te esqueça.

A proposta deve ser clara e conter os elementos necessários para que ela complete a ação com facilidade e rapidez.

É importante utilizar CTAs (calls to action, ou chamadas para a ação) nessa fase. Elas devem ser atrativas, relevantes e com design chamativo também.

Elas devem ser objetivas e direcionar o usuário a qualquer lugar que o ajude a fazer a ação.

O potencial cliente deve entender com clareza qual é a proposta que você oferece; caso contrário, ele não fará nenhuma ação, pois estará confuso sobre como prosseguir.

Vale relembrar que AIDA é uma metodologia que traz bons resultados já há anos e você pode se beneficiar muito com ela.

Agora que você já sabe o que é AIDA e como participar de cada etapa, aplique seus conhecimentos!

Veja como realmente funciona na prática e mensure os resultados obtidos.

Lembre-se de considerar sua persona antes de tudo e adequar sua estratégia a ela, obtendo um direcionamento melhor.

E tem mais!

Confira nosso post sobre segmentação de mercado e aprofunde-se mais no tema.

A Conversion na mídia
Rede Globo de Televisão SBT Rede Record TV Bandeirantes Portal do UOL Yahoo Notícias Diário do Comércio e Indústria
Voltar ao Topo
fechar

Solicite Orçamento