logo

WhatsApp Pay: saiba como utilizar o novo recurso para pagamentos no app!

22/06/2020
4 min de leitura

Conheça e saiba como utilizar o WhatsApp Pay! A nova ferramenta, que utiliza a estrutura do Facebook Pay, permite transferências e pagamentos através do aplicativo de chat e chegou primeiro ao Brasil.

O Facebook anunciou, na última segunda-feira (15), que a nova ferramenta do WhatsApp para pagamentos, envio e recebimento de dinheiro dentro do aplicativo chegou ao Brasil: o WhatsApp Pay.

Elaborado em parceria com Banco do Brasil, Sicredi, Nubank, Cielo e as bandeiras Mastercard e Visa, o WhatsApp Payments — ou WhatsApp Pay, como foi apelidado — passou os últimos meses em testes na Índia e promete facilitar a transferência de dinheiro para empresas e pessoas físicas.

Por enquanto o serviço só está disponível para os clientes dos bancos parceiros, mas será expandido para clientes de outras instituições em breve.

whatsapppay

O que é o WhatsApp Pay?

WhatApp Pay é o novo recurso do Facebook para integrar meios de pagamentos em seus aplicativos. Neste caso, no WhatsApp, que é um dos mais populares apps de mensagens do Brasil.

Com a ferramenta, qualquer usuário poderá transferir e receber dinheiro de amigos e familiares, além de fazer pagamentos para empresas que também utilizem o serviço.

Com o lançamento desta nova modalidade, pequenos varejistas fazem parte de uma das categorias que mais podem se beneficiar do WhatsApp Pay.

Isso porque o recurso utiliza a estrutura do Facebook Pay, plataforma de pagamentos online do Facebook compatível com todos os seus aplicativos — Messenger, Instagram e, agora, WhatsApp.

O que é Facebook Pay?

Como dissemos acima, o Facebook Pay é a plataforma online de transações financeiras do Facebook e integra-se totalmente a todos os aplicativos da empresa onde é possível fazer uma compra.

O recurso de pagamentos do Facebook foi lançado há pouco mais de sete meses, em novembro de 2019, e chegou com a promessa de facilitar pagamentos e transferências monetárias entre seus usuários, inclusive no Marketplace da rede social.

Nos EUA, onde foi lançado primeiramente, o Facebook Pay conta com uma parceria com o PayPal que infelizmente não veio para o Brasil.

Com o Facebook Pay você pode configurar seus dados bancários em todos os aplicativos compatíveis de uma só vez ou selecionar em quais aplicativos você deseja utilizar o recurso e manter seus dados gravados.

Para configurar um cartão de débito ou crédito na plataforma é muito simples: basta acessar as configurações do aplicativo de preferência e fazer o cadastro das informações.

Os usuários também terão acesso ao seu histórico de transações e poderão acompanhar o processo de andamento de suas transferências.

O desenvolvimento de sua própria plataforma de pagamentos online é um grande passo do Facebook para transformar seus aplicativos em pequenos e-commerces, como aconteceu recentemente com Instagram e Facebook com o lançamento da ferramenta Shops.

Com o objetivo de brigar com a Amazon por uma parcela significativa do varejo digital, os Shops são um dos recursos que têm total integração com o Facebook Pay.

Como o WhatsApp Pay funciona?

Para enviar ou solicitar transferências de dinheiro pelo WhatsApp Pay, os usuários deverão começar com o cadastro de seus cartões, de débito ou crédito, e de sua conta bancária.

Para receber dinheiro, não é preciso fazer nenhum processo a mais. As transferências serão feitas diretamente para a conta bancária cadastrada, seja de uma pessoa física ou empresa.

Para pessoa física, o limite diário de envio de dinheiro é de R$ 1.000,00 por mês e, o mensal, de R$ 5.000,00.

O limite de recebimento de transações por dia, para essa mesma categoria de usuários, é 20.

Para as empresas, além de não haver limite de pagamento, a integração com a Cielo facilita as transações.

Para esses recebimentos, porém, serão cobradas taxas por transação.

Como fazer pagamentos e transferências?

Após cartões e conta bancária cadastrados com sucesso nas configurações do aplicativo, você já poderá começar a fazer transações.

Os passos são muito simples e o processo é quase intuitivo.

Na tela de conversa, toque no ícone de “anexar” — o mesmo utilizado para o envio de imagens —, depois selecione a opção “Pagamentos”.

Preencha o valor desejado, confirme a transferência com PIN ou biometria e, prontinho!, dinheiro transferido.

WhatsApp Business

Para varejistas que utilizam o WhatsApp Business para promover vendas ou atendimento ao cliente, o recurso também funcionará normalmente.

Neste caso, porém, as transações serão todas realizadas pela Cielo, portanto é necessário cadastrar uma conta ou, no caso de não haver uma conta prévia, criar uma.

Segurança

A questão da segurança relacionada aos processos de transações financeiras no aplicativo de mensagens gerou debates entre seus usuários.

O Facebook assegura a segurança do WhatsApp Pay com monitoramento antifraude, suporte ao cliente durante 24h e métodos de verificação como PIN ou biometria (digital ou reconhecimento facial).

As investidas em proteção, porém, ainda não parecem suficientes.

O Brasil é um dos países que mais sofre com golpes feitos através do WhatsApp no mundo e, somente em maio, o aumento de fraudes e crimes cibernéticos no aplicativo cresceu 11%, segundo relatório do laboratório especializado em segurança digital da PSafe.

Entre os golpes mais comuns estão clonagem de contas e o phishing — crime que consiste em persuadir ou enganar pessoas para que elas cedam dados de acessos como senhas e códigos de verificação.

Para tentar se prevenir de tentativas de invasão e outros ataques, algumas dicas muito simples podem ser úteis.

A primeira delas é manter o seu aplicativo sempre atualizado. Isso é importante porque, como acontece com quase todos os aplicativos que detêm informações de grande importância de seus usuários, a cada falha ou bug identificado, uma atualização é lançada para a sua correção.

Quando falamos sobre um serviço novo, como o WhatsApp Pay, essa atualização se torna ainda mais importante porque as correções iniciais de lançamento são mais frequentes.

Manter seu aplicativo sempre em dia com a sua última versão pode evitar que determinadas brechas de segurança se mantenham abertas.

Também deixe sempre ativa a autenticação em duas etapas, reforçando ainda mais a segurança já proporcionada pela senha de 6 dígitos.

Outra recomendação importante é sempre manter o seu telefone protegido por uma senha ou biometria.

No caso de perda, roubo ou furto, bloqueie o número imediatamente e entre em contato com o WhatsApp para logoff imediato de todos os dispositivos que tenham acesso à sua conta.

Para mais informações, consulte a página oficial do WhatsApp sobre a novidade.

E aí, o que você achou sobre o novo recurso? Conte para a gente!

Escrito por

Bruna Rodrigues

SEO

é redatora especializada em marketing digital, SEO e link building. Já trabalhou em empresas como Ituran, BTG Pactual, Grupo Nova Concursos e é responsável pelas notícias de marketing no Conversion News.

Receba o melhor conteúdo de marketing em seu e-mail

Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado

Conteúdos relacionados

"Tudo deveria se tornar o mais simples possível, mas não simplificado."

Albert Einstein