Guia de SEO

Neste Guia, você vai aprender O que É SEO, Conceito, Como Fazer, Ferramentas, Estratégias e Muito Mais!

Introdução: o que você irá aprender hoje mesmo neste guia de SEO?

O SEO é uma das estratégias mais importantes do Marketing Digital e que está em alta. No último ano, seu interesse cresceu 55%, segundo o Google Trends.

Neste Guia Completo produzido pela Conversion, empresa com o maior time de especialistas em SEO segundo o LinkedIn, você irá aprender RAPIDAMENTE a definição e o conceito do que é SEO. E não só isso.

Depois de aprender a definição, vamos trazer dicas práticas para você aplicar na otimização de seu site e começar a melhorar seu posicionamento nos mecanismos de busca.

Mas além de dicas, vamos ensinar algo mais...

Como o algoritmo do Google (responsável pelo ranking de resultados) não para de evoluir, vamos também falar das estratégias de SEO que irão funcionar em 2019 e no futuro.

Todo o conteúdo que compartilhamos com você vem dos nossos 8 anos de experiência em marketing digital e que aplicamos para o crescimento da nossa agência: nós realmente acreditamos em SEO!

Vale dizer, ainda, que já aplicamos estas mesmas técnicas e estratégicas em diversos de nossos clientes, gerando Centenas de Milhões de Reais em Faturamento, sem contar a reputação de marca criada.

No fim deste artigo, o que é a curiosidade de muitos, vamos ainda compartilhar com vocês quais são os custos de fazer SEO. E já adiantamos que o SEO pode ser feito por você mesmo (gratuitamente, inclusive!) ou envolver altas cifras em investimento.

Está interessado? Então fique conosco pelos próximos minutos e você irá mudar completamente a sua visão sobre SEO.

Se preferir, utilize nosso índice para acessar as informações de sua preferência ;)

Tópicos de Conteúdo

Se preferir, utilize nosso índice para acessar as informações de sua preferência ;)

  1. O que é SEO?
  2. Benefícios do SEO
  3. A Fórmula do SEO
  4. Metodologia de SEO
  5. SEO White Hat x Black Hat
  6. Top Dicas Práticas de SEO
  7. WordPress SEO + Yoast
  8. Pesquisa de Palavras-chave
  9. Conteúdo de Qualidade
  10. SEO Extremo
  11. Ferramentas de SEO
  12. Experiência do Usuário
  13. Link Building
  14. Case de Sucesso de SEO
  15. Quanto Custa Fazer SEO

Definição de conceito: o que é SEO (Search Engine Optimization)?

SEO é um conjunto de técnicas e estratégias de marketing digital para que sites e páginas fiquem melhor posicionadas nos mecanismos de busca nos resultados orgânicos. Seu funcionamento envolve uma série de pilares, como técnicas de indexação, produção de conteúdo qualificado, experiência do usuário, link building e gestão de performance.

Também conhecido popularmente no Brasil como "otimização de sites", SEO é um acrônimo do inglês para Search Engine Optimization (que, em tradução livre, significa "otimização para mecanismos de busca).

No princípio, o SEO estava muito mais próximo de profissionais de tecnologia e desenvolvimento, mas com o passar do tempo foi ficando mais complexo e envolve, hoje, diversas competências como tecnologia, marketing e comunicação. SEO é a arte de orquestrar isso tudo!

Desde blogueiros e empreendedores a empresas de pequeno a grande porte investem em SEO por diversos motivos: desde inovação, passando por criação de reputação da marca, até geração efetiva de tráfego, leads e vendas.

Conheça os 10 principais Benefícios de fazer SEO

Dentre as ferramentas e táticas de Marketing Digital, o SEO é uma das que mais proporciona benefícios, tanto para branding quanto para gerar resultados.

Isso porque os resultados de SEO agem tanto na percepção e conhecimento da marca, quanto na geração de performance efetiva (tráfego, leads e vendas.)

Como cada empresa é única, os benefícios podem variar de marca para marca. Conheça aqui os principais:

  1. Reputação de marca: o consumidor reconhece uma marca nas primeiras posições do Google como líder daquele segmento.
  2. Awareness de marca: o simples fato de o usuário encontrar menções à marca nos resultados de busca aumenta o seu reconhecimento.
  3. Confiança na marca: os consumidores confiam mais em mecanismos de busca do que em jornais, redes sociais e publicidade em geral. (Fonte: Trust Barometer)
  4. Influência na decisão de compra: brasileiros confiam 77% mais em busca orgânica que links patrocinados, o que indica que o SEO irá ajudar o consumidor a decidir o que comprar (Fonte: Conversion)
  5. Insights de Mercado e Inteligência de Negócios: uma vez que os termos pesquisados em mecanismos de busca revelam comportamento do consumidor, é possível tomar decisões de negócio.
  6. Experiência do Consumidor: um bom trabalho de SEO irá contemplar a experiência do consumidor, tornando seu site mais amigável para humanos e robôs.
  7. Vender ideias: pode parecer inusitado, mas a busca orgânica permite convencer pessoas de ideias, uma vez que quem pesquisa tem uma lacuna informacional na mente e um bom conteúdo vende ideias.
  8. Aumentar o número de visitas: além de todos os aspectos intangíveis acima, o SEO bem feito irá aumentar o número de visitas do site.
  9. Leads: leads são contatos ou dados de pessoas potencialmente interessadas em seu produto; com o tráfego qualificado gerado com SEO considere gerar mais leads.
  10. Vendas: sim, o SEO também gera vendas de forma mensurável e direta: a busca orgânica é responsável por 32% das vendas do comércio eletrônico brasileiro. (Fonte: Conversion)

Quer aprender como fazer SEO?
Comece conhecendo "A Fórmula do SEO" e seus 3 pilares estratégicos

SEO pode ser bastante complexo, mas como prometemos ensinar tudo o que pudéssemos ainda hoje vamos apresentar o que chamamos de A Fórmula do SEO.

É bem verdade, vale dizer, que SEO não tem fórmulas prontas e que esse termo é muito mais para sermos didáticos e transmitirmos nosso conhecimento.

Para fazer SEO, então considere os seguintes pilares e focos de atenção:

1. Relevância

Para um site ficar bem posicionado, o primeiro passo é possuir boa indexação, conteúdo de qualidade e proporcionar a melhor experiência para o consumidor. O seu site é relevante se for, de fato, o melhor resultado para uma determinada pesquisa.

2. Autoridade

Além da Relevância, os mecanismos de busca avaliam a Autoridade do seu site, que é basicamente a reputação dele na Internet. Como ele faz isso? Simplesmente, medindo os hyperlinks de outros sites para o seu e a quantidade de buscas pela sua marca.

3. Performance

Quanto um site possui Relevância e Autoridade, ele alcança Performance. Performance vai desde estar na primeira posição do Google para um determinado, receber tráfego e atingir seus objetivos de marketing (como conversões).

Caso esteja interessado em aprender mais sobre "A Fórmula do SEO", temos um artigo bem completo (mas recomendamos abrir o link em uma nova aba, pois ainda temos muuito conteúdo pela frente!) 👍👍👍

Metodologia de SEO

Ao longo de anos de experiência no mercado, a Conversion desenvolveu uma metodologia própria de gestão de SEO que usamos nos projetos de nossos clientes e vamos sempre aprimorando. Seu grande diferencial é que ela ajuda na tomada de decisões, uma vez que possui um foco em resultados.

Como o trabalho de SEO, diferentemente de um projeto tradicional, não tem necessariamente início, meio e fim, trabalhamos com uma metodologia que visa a tornar mais ágeis os processos internos de SEO... Continue lendo »

Ciclo do SEO
Aprenda SEO

Aprenda SEO

Está no DNA da Conversion compartilhar conhecimento e disseminar as melhores práticas de SEO, para tornar o mercado mais qualificado e maduro. Nossos conteúdos já alcançaram dezenas de milhares de pessoas. Use e abuse de nosso conhecimento!

Dicas Práticas de SEO que Irão Funcionar em 2019

Se você quer rankear bem nos mecanismos de busca, vai precisar basicamente de 5 coisas:

  1. SEO On-Page: que é a tecnologia bem feita e indexável
  2. Conteúdo realmente de qualidade e que seja capaz de encantar o leitor.
  3. Aplicar a técnica do SEO Extremo criada pela Conversion (é algo mais avançado, mas abaixo vamos disponibilizar uma vídeo-aula rápida)
  4. Links de Autoridade de outros sites apontando para o seu (técnica conhecida como Link Building ou SEO Off-Page)
  5. Gerenciar as métricas de engajamento e Performance no seu site

(É claro que o SEO pode ser bem mais complexo que isso, mas estamos simplificando para você conseguir colocar em prática. Não se preocupe pelo que falta, pois em SEO se aprende algo novo todo dia!)

Maaas, antes de passar essas Dicas Práticas precisamos falar de algo muito sério, que é o SEO White Hat vs SEO Black Hat.

[Importante] Você sabe a diferença de SEO White Hat & Black Hat?

Muita gente acha que é brincadeira ou exagero quando se fala de SEO Black Hat.

A triste realidade é que alguns só vão levar isso a sério quando seus sites são punidos pelo Google (ou seja, deixam de aparecer nos resultados da busca orgânica!)

Sendo muito direto, é o seguinte:

SEO White Hat é basicamente o SEO como ele deve ser feito, seguindo as Diretrizes do Google. O incômodo de muitas pessoas é que ele traz resultados só no médio e no longo prazos.

Já o SEO Black Hat é um conjunto de técnicas para manipular o Google e ter melhores resultados “injustamente” ou até “mais rápidos”.

Por favor, evite as técnicas de Black Hat… e, caso não as conheça, no próximo bloco explicamos as principais (que, infelizmente, ainda vemos gente aplicando.)

Principais técnicas de SEO Black Hat para NUNCA fazer e não correr o risco de ter seu site BANIDO do Google!

Dissemos, mas não custa repetir: aplicar técnicas de SEO Black Hat pode resultar em punição! A título de conhecimento, explicamos quais são essas principais técnicas.

  1. Participação em esquemas de links: como compra ou troca de links, além de inserção manual de links em outros sites.
  2. Páginas sem Conteúdo Original: Criação de páginas com pouco ou nenhum conteúdo original
  3. Técnicas de cloaking: uma técnica maliciosa que exibe algo para o usuário e outra coisa para os mecanismos de busca
  4. Texto ou link oculto: não esconda nenhum tipo de conteúdo do usuário
  5. Doorways Pages: é uma técnica de criar páginas irrelevantes somente para multiplicar as palavras-chave posicionadas
  6. Conteúdo copiado: não copie conteúdos de outros sites, nem parcialmente; invista em conteúdo original e evite o duplicado.
  7. Participação em programas de afiliados sem agregar valor suficiente: o Google não quer sites posicionados só para revender produtos comissionados
  8. Carregamento de páginas com palavras-chave irrelevantes: evite realizar ações que são feitas só para o algoritmo e sem agregar valor ao visitante do seu site
  9. Keyword Stuffing: evite repetição de palavras-chave no texto de forma desnecessária
  10. SEO Negativo: não faça nada que prejudique outros sites.

Caso queira aprender mais, consulte as Diretrizes do Google e assista a esta aula sobre SEO Black Hat.

Agora que você entendeu o que não deve, vamos ver o que você pode fazer?!

Top 8 Dicas Práticas e Estratégias de SEO que você mesmo pode aplicar ainda hoje

SEO Top Dicas e Estratégias

Acho que você entendeu que há muita coisa que pode ser feita em SEO…

Mas, como prometemos, queremos que você consiga aplicar a maioria ainda hoje! Em alguns casos, talvez não seja possível aplicar hoje, mas consideramos fundamental você ter esse conhecimento.

Então, sem demora vamos às nossas dicas. Mas não sem lembrar que, após as dicas e estratégias, vamos falar sobre os custos de SEO para quem faz por conta ou pequenas, médias e grandes empresas.

Eis as nossas top dicas e estratégias:

1. Utilize WordPress com o plugin Yoast SEO (caso seu site seja um e-commerce, veja as plataformas homologadas)

Antigamente, havia muito preconceito em relação ao WordPress, mas hoje ele é uma plataforma usada por grandes, médias e pequenas empresas, assim como por bloggers.

Há 8 anos, orgulhosamente o site da Conversion roda em WordPress. Escolhemos por ser uma plataforma gratuita, confiável e flexível. Além de ser ótima para SEO!

Em geral, o WordPress possui um bom SEO On-Page e o conteúdo criado nele é facilmente indexável.

Se o seu site já está em WordPress e ainda não tem, instale gratuitamente hoje o plugin Yoast SEO, ele irá ajudar a editar títulos de páginas e criar snnipets, além de muitos outros recursos.

Seu site é um e-commerce?

Dica adicional: se o seu site for um e-commerce, prefira as plataformas de e-commerce homologadas para SEO pela Conversion, agência líder em SEO no Brasil.

Plataformas de e-commerce homologadas pela Conversion

  • Vtex
  • Core
  • Magento

Com as dicas acima, você terá um bom SEO On-Page (mas, como sempre, em SEO tudo pode ser melhorado). Porém, já terá um ótimo ponto de partida.

2. Segmente seu público-alvo pesquisando corretamente palavras-chave

Palavras-chave são fundamentais em SEO, porque é com elas que você segmenta seus potenciais clientes.

Você irá usar essas palavras-chave no seu planejamento de SEO e também para criar pautas de conteúdo.

Uma dica é você escolher palavras-chave que tenham o maior volume de busca x menor dificuldade de posicionamento.

Se está começando agora na arte de SEO, procure palavras de baixa dificuldade pois você terá mais chances de se posicionar.

Nossa sugestão é encontrar umas 10 palavras-chave relevantes para o seu negócio. E depois, você passará a produzir conteúdo sobre.

Como usar as palavras-chave em uma estratégia de SEO?

O SEO é movido por palavras-chave!

Pois palavras-chave são os termos que os nossos clientes buscam para encontrar a nossa empresa.

De forma resumida, o Google irá localizar a palavra-chave principalmente nestes elementos da sua página:

  1. Título
  2. H1, H2, H3, etc. (títulos e sub-títulos da página)
  3. Conteúdo
  4. Imagens
  5. Links internos

Então, é isso! Agora vamos pensar em como criar conteúdo relevante.

Ferramentas de pesquisa de Palavras-Chave

  • [Grátis] Ubersuggest – ferramenta de pesquisa de palavras-chave disponibilizada pelo Neil Patel.
  • [US$ 68/mês] KeywordTool.io – ferramenta mais completa de pesquisa de palavras-chave. O preço está sendo considerado no plano mínimo que recomendamos.

3. Conteúdos com profundidade rankeiam mais

Todo mundo fala que em SEO “Conteúdo é Rei” e que conteúdo de qualidade ajuda páginas a ficarem melhor rankeadas.

Mas você sabe o que o Google considera Conteúdo de Qualidade?

Simples. O Google gosta de:

  • Conteúdos profundos e que sejam guias completos
  • Conteúdos nas primeiras posições do Google, têm em média, 2.000 palavras
  • Utilize imagens originais e que realmente sejam necessárias
  • Escreva textos que tenham uma boa “escaneabilidade”
  • Bons conteúdos nessas condições têm tempo de leitura de cerca de 3 minutos ou mais

Agora que você já tem uma visão geral de um bom conteúdo, entenda como planejar:

Planejando um Conteúdo para SEO

Planejamento é tudo. Isso fará diferença nos resultados.

Neste exemplo, mais especificamente vamos considerar um conteúdo para blog.

Utilizando a Ubersuggest (ferramenta gratuita de pesquisa de palavra-chave), encontramos a seguinte palavra-chave (mero exemplo): como consertar fogao.

Na imagem acima, como você pode ver em média há 140 pesquisas por mês e ela tem uma dificuldade fácil.

Faça uma análise e pesquisa conteúdos concorrentes

Agora que você já tem uma palavra-chave, pesquise no Google os principais resultados que atualmente se posicionam.

Esses vão ensinar sobre o que o Google ATUALMENTE gosta.

Entenda o que a maioria dos resultados traz, anote e se possível traga conteúdo exclusivo, que ninguém ainda falou.

A ideia aqui é ter a média do que outros resultados JÁ FALAM (não reinvente a roda) e traga algo original. Se possível, utilize imagens exclusivas (não copie do Google Imagens), e traga vídeos seus.

Quando escrever um conteúdo, pense na “escaneabilidade”

Escaneabilidade é o modo como o leitor dinamicamente lê o texto “por cima”, vendo os tópicos principais.

Para ter escaneabilidade em seu texto, use parágrafos curtos com apenas uma ou duas frases.

Além disso use subtítulos. Sempre que tiver uns 5 parágrafos, use subtítulos (em H2 ou H3) par destacar o assunto abordado naquela parte do texto.

Há muito mais a escrever sobre conteúdos, mas aqui já é um bom começo!

Publique o conteúdo e vá acompanhando suas métricas.

Pense que um conteúdo sempre pode melhorar!

PS: Melhore seu conteúdo aplicando o SEO Extremo.

4. SEO Extremo: técnica para aumentar as visitas de uma página em até 650%

SEO Extremo é uma técnica de SEO criada pela Conversion, agência líder em SEO no Brasil. Seu objetivo é otimizar em profundidade uma única página e aumentar seu tráfego em até 650%.

Se você estiver começando a fazer SEO, talvez ainda seja complexo fazer o SEO Extremo em seu site. Mas é fundamental conhecer essa técnica.

Quando aplicamos o SEO Extremo em nossos clientes, chegamos a gerar dezenas milhares de visitas orgânicas ou até centenas!

Para saber mais, assista à vídeo-aula abaixo (apenas 11 minutos):

E aí… está gostando? Esperamos que sim! Vamos trazer mais algumas dicas para você ampliar suas estratégias de SEO e depois vamos falar sobre os custos de SEO. Segue com a gente! 💪💪💪

5. As Ferramentas de SEO indispensáveis para qualquer analista de SEO

À medida que você se aprofundar no mundo do SEO, vai se deparar com diversas ferramentas de SEO.

As ferramentas terão recursos mais simples, desde o acompanhamento de palavras-chave, até ajudar em atividades mais avançadas, como planejamento ou indexabilidade do site.

Um exemplo de recursos dessas ferramentas é realizar benchmark da estratégia de SEO do concorrente, usando a SEMrush.

Como você pode ver no dashboard abaixo, ela traz uma série de informações sobre qualquer domínio que você inserir.

SEM Rush

Além desse dashboard, há muitos recursos, como listar as palavras-chave otimizadas pelo seu concorrente.

As Top 7 ferramentas que todo analista de SEO deve conhecer

  1. [Grátis] Google Analytics: análise em profundidade o tráfego no seu site.
  2. [Grátis] Google Search Console: ferramenta do Google traz aspectos técnicos de indexação e posições de palavras-chave.
  3. [US$99/mês] SEMrush: uma plataforma completa para gestão de SEO. O que mais gostamos nela é análise de concorrência.
  4. [US$99/mês] Moz: famosa plataforma de SEO, faz análises On-Page e Off-Page.
  5. [Grátis] Google Page Speed Insights: faz análise da velocidade do seu site (que é um fator de posicionamento)
  6. [US$99/mês] Ahrefs: inicialmente, a melhor ferramenta de análise Off-Page do mercado, hoje busca ser uma plataforma completa de SEO.
  7. [Grátis] Google Trends: mesmo sendo gratuita, pode ser uma ferramenta poderosíssima para análise de mercado e tendência de buscas.

(Todos os preços estão arredondados, são um “a partir de” e mensais; foram consultados enquanto esta página era escrita. A Conversion não está vinculada financeiramente a nenhuma delas, nem é comissionada. Compartilhamos porque acreditamos que podem ser úteis para você.)

6. Conheça profundamente a Experiência do Usuário para ser relevante

Lembra quando falamos que a página ser Relevante é fundamental para alcançar boas posições nos resultados de busca?

Pois então, além ferramentas de análise de site, como Google Analytics,  Heatmap (mapa de calor) é excelente para analisar o comportamento do usuário e criar melhorias.

Heatmap (Mapa de Calor)

Os mapas de calor trazem, geralmente, 3 tipos de relatórios:

  • Click Map: mostra o mapa de calor baseado nos cliques da página;
  • Move Map: mostra o mapa de calor baseado no movimento do mouse (no caso de análise de Mobile, nos “taps”, que são as interações com a tela);
  • Scroll Map: mostra o mapa de calor baseado na rolagem da página

Uma ferramenta de heatmaps com bom custo x benefício é a Hotjar. Seu plano inicial é gratuito e tem um limite de 2.000 pageviews analisados / dia.

Conseguir links, também conhecido como Link Building, é uma das etapas mais difíceis ao fazer SEO.

Os links são importantes em SEO porque ajudam o Google a entender a Autoridade, ou seja, a reputação de um site.

Falando de maneira simples, quanto mais links um site conseguir maior será a sua reputação. Porém, a qualidade é mais importante que a quantidade.

Uma maneira de conseguir links é escrever conteúdos de qualidade, de modo que outras pessoas gostem de seu conteúdo e mencionem sua página em seus sites.

Se você for um e-commerce, uma boa dica para conseguir links é pedir aos seus fornecedores e distribuidores que mencionem a sua loja como ponto de venda.

Se puder, faça Link Building integrado a uma Assessoria de Imprensa Digital

A melhor maneira de fazer Link Building é com uma Assessoria de Imprensa Digital, porque cria reputação e é uma das poucas maneiras que não torna o SEO Black Hat.

A “desvantagem” dessa vertente é o custo: boas assessorias de imprensas são caras.

Caso não tenha bala na agulha para investir, ignore os links e invista em conteúdo realmente qualificado!

Parabéns, por vir até aqui! Estamos vendo que você é um estudioso. Que bom, pois conhecimento é poder. Vamos trazer mais uma dica importante e depois vamos chegar aos custos de fazer SEO (você deve ter reparado que mesmo mesmo fazendo por conta pode haver custos de ferramenta) 🤑🤑🤑

8. Capriche no seu “Snippet”, ele é seu cartão de visitas no Google

Observe essa frase: o seu Snippet é o seu cartão-de-visitas na SERP do Google. Entendeu?

Caso não tenha entendido, não se preocupe. Parece algo cifrado, mas são “gírias” de SEO. Vamos lá.

Snippet é simplesmente um resultado nos resultados de busca, composto por título, URL da página e descrição.

SERP nada mais é que Search Engine Results Page, ou seja, a página de resultados de uma busca.

Agora que você já entendeu, deve ter entendido porque o seu Snippet é tão importante, não é?

O Snippet é importante porque a proporção de cliques em um resultado pode ajudar (e muito) uma página a ficar melhor posicionada.

Se quiser simular e criar o seu Snippet, poderá fazer isso no plugin Yoast SEO para WordPress.

Caso não utilize a Yoast, há uma ferramenta gratuita chamada SERP Preview Tool.

Veja como ficou o Snippet da Conversion que criamos na ferramenta acima 💙

SERP Preview Tool

Quer saber se SEO funciona? Veja um case!

Quanto custa fazer SEO?

Várias Notas de Reais Brasileiros

Parabéns! Você está chegando ao final deste artigo e, se está aqui, é sinal de que está aprendendo bastante.

Para falar dos custos propriamente, é preciso entender que há diversas formas de fazer SEO, seja por conta própria ou com apoio de parceiros.

Identificamos 5 principais formas de fazer SEO

  1. Faça você mesmo: recomendado para blogueiros, profissionais liberais e pequenas empresas. A partir de R$0/ano

  2. Faça com uma plataforma de conteúdo: recomendado para profissionais liberais, pequenas e médias empresas. A partir de R$0/ano

  3. Faça com uma pequena agência: recomendado para pequenas empresas. A partir de R$12.000 /ano

  4. Faça com uma agência premium: recomendado para médias e grandes empresas. A partir de R$90.000 /ano

  5. Faça com uma equipe interna de SEO + auditoria externa: recomendado para grandes empresas. A partir de R$750.000 /ano

Para conhecer o detalhamento das modalidades e custos de fazer SEO, acesse este nosso artigo.

Parabéns por chegar até aqui! Ficamos muito felizes em ter ajudado você a aprender um pouco mais sobre SEO. Fique só um pouquinho mais com a gente pois queremos te ajudar em mais uma coisa 😍😍😍

Próximos passos? O que você faz agora?

Agora que você chegou até aqui, temos algumas sugestões para você.

Com qual você se identifica mais?

Por fim, compartilhamos essa frase com você e esperamos tê-lo ajudado!

“As organizações precisam de criatividade para encontrar parceiros que possam complementar suas forças e compensar suas fraquezas.” (Philip Kotler, guru do marketing)

Feito com 💙 pelo time da Conversion.

A Conversion na mídia
Rede Globo de Televisão SBT Rede Record TV Bandeirantes Portal do UOL Yahoo Notícias Diário do Comércio e Indústria
Voltar ao Topo
fechar

Solicite Orçamento