Bing bate recorde de usuários diários após implementação do ChatGPT

Lucas Amaral
Lucas Amaral

Marco de 100 milhões de utilizadores diários ainda é bem abaixo dos números do Google

O Bing, um dos principais rivais do Google na disputa pelo market share de mecanismos de busca, alcançou uma marca histórica de usuários diários, de acordo com Yusuf Mehdi, Vice-Presidente de Vida Moderna, Buscas e Dispositivos da Microsoft, em uma postagem no blog oficial da empresa

“Temos o prazer de partilhar que, após anos de progresso constante e o impulso dos novos milhões de utilizadores do Bing, cruzamos a marca de 100 milhões de utilizadores ativos diários”, disse o porta-voz.

O buscador atingiu o recorde um mês após o lançamento da nova funcionalidade incorporada à plataforma: o chat conversacional. Embora a MS não confirme essa informação, é muito provável que seja uma consequência natural da integração.

Outro fator que pode ter contribuído para a ascensão foram as atualizações do navegador Microsoft Edge, que vem ganhando cada vez mais espaço no mercado. Inclusive, é acoplado ao sistema operacional Windows, um dos mais utilizados no mundo. 

A busca pela penetração no mercado de browsers aquece ainda mais a disputa entre as duas companhias. Atualmente, o Google Chrome é líder na utilização, com 65,76% do market share (Statcounter, 14/03/2023).

Meta batida representa um avanço na corrida pela IA

No início de 2023, a Microsoft realizou um aporte bilionário na OpenAi, desenvolvedora do GPT-3 e do ChatGPT. Essas ferramentas de inteligência artificial generativa sacudiram o mercado de busca graças à facilidade de uso, linguagem natural e conversação contínua. 

Grandes veículos de imprensa como The Washington Post e New York Times as colocaram como a primeira grande ameaça ao monopólio do Google em décadas. 

Mais tarde, o Bing anunciou a integração do chat à sua página de busca, o que fez com que o Google instaurasse um “código vermelho” interno na corrida pela IA. Não demorou muito para uma resposta: o atual maior buscador do mundo prometeu o lançamento de sua própria ferramenta similar, o Bard, para 2023. 

Nessa guerra tecnológica, é difícil prever quem sairá vencedor. No entanto, é difícil imaginar que o império construído pelo Google sofrerá uma queda. 

Google ainda detém vasta maioria de usuários diários

Apesar da conquista notável, o Bing ainda está distante de causar maior incômodo ao Google. Ao alcançar os 100 milhões de usuários, um marco importante, o buscador da Microsoft chega a 10% do valor total de usuários diários do principal player, que é de 1 bilhão (The Verge, 2023). 

O Bing não é a única plataforma que pretende ameaçar o reinado do Google. Buscadores que possuem a inteligência artificial acoplada ao mecanismo, como o You.com, emergem como alternativas para o usuário. 

Além disso, a preferência dos jovens pelo consumo de conteúdo em vídeo e buscas em redes sociais, como o TikTok, é algo que preocupa a empresa. De acordo com uma reportagem do The New York Times, a mídia social é muito mais do que um aplicativo para vídeos de dança, mas um verdadeiro mecanismo de pesquisa. 

Utilizadores do novo Bing precisam entrar em uma lista de espera

Embora o Bing possa ser acessado de qualquer navegador, por enquanto, ainda há algumas limitações para a utilização do chat conversacional. Para tal, é necessário entrar em uma lista de espera, e o número de solicitações ainda é restrito. 

Na interface inicial do Bing, há uma área centralizada, localizada logo abaixo da barra de buscas, que apresenta a nova funcionalidade.

Para entrar na lista, é preciso clicar em “saiba mais” e solicitar a inclusão por meio de uma conta de e-mail da Microsoft.

Contudo, é possível aumentar as chances de acesso a partir do download do Edge, navegador oficial da Microsoft para Windows ou macOS. Ou por meio do Bing App, aplicativo equivalente para dispositivos móveis, disponível para Android ou iOS. 

A corrida pelo market share dos mecanismos de busca promete ter ainda muitas voltas. Para profissionais de SEO, é muito importante manter-se atento a essas atualizações que podem significar uma nova realidade no universo da otimização. 

Então, se você deseja se manter informado sobre as novidades da área, inscreva-se na nossa newsletter

Escrito por Lucas Amaral

Escrito por Lucas Amaral

Escrito por Lucas Amaral

Escrito por Lucas Amaral

Compartilhe este conteúdo
Compartilhe
Receba o melhor conteúdo de SEO & Marketing em seu e-mail.
Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado
Agende uma reunião e conte seus objetivos
Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.
>