ChatGPT para SEO: uma Inteligência Artificial que auxilia, mas não substitui a criatividade

Mariana Pessoa
Mariana Pessoa

Quem trabalha com SEO e não ouviu falar sobre o ChatGPT com certeza não acessa as redes sociais. Lançado em novembro, a ferramenta de inteligência artificial foi o pontapé inicial para uma série de discussões no mercado de tecnologia e, especialmente, de SEO.

Entre as muitas novidades que só chegaram por conta deste lançamento, podemos citar o Bard, a ferramenta de IA do Google que tem o objetivo de combater o crescimento do chatbot que, agora sabemos, pertence ao Bing. E se você quiser saber mais sobre ChatGPT para SEO e como impactam em nosso trabalho, continue aqui!

O que é o ChatGPT?

O ChatGPT é uma ferramenta de inteligência artificial desenvolvida pela OpenAI, empresa fundada em 2015 nos Estados Unidos. Além do ChatGPT, ela desenvolve outros modelos de linguagem, recursos para desenvolvedores e até mesmo robôs (sim, físicos!).

Voltando à ferramenta em foco, o ChatGPT é um modelo de linguagem que foi treinado durante muito tempo para ser capaz de ter conversas com humanos e responder perguntas nos mais variados tópicos. E é neste ponto que entra o SEO!

Print de uma conversa séria que eu tive com o ChatGPT.

Como o ChatGPT funciona?

Sem entrar em termos técnicos, o ChatGPT funciona como uma linguagem neural. Ou seja, a inteligência artificial foi treinada e dedicada para entender a linguagem humana. Por conta do treinamento, a ferramenta consegue conversar com uma pessoa e responder de simples questões até as mais complexas, e com uma linguagem “natural”.

Para usar o ChatGPT, é só acessar o site da Open AI, criar uma conta na plataforma e acessar a ferramenta. Em seguida, faça a sua pergunta ou inicie a conversa com a inteligência artificial. As respostas podem te surpreender!

Vale lembrar que recentemente a empresa anunciou a monetização do chatbot, então existe uma versão paga para os momentos em que a demanda estiver alta.

Como essa IA pode ajudar na criação de conteúdo?

Apesar do alvoroço criado na comunidade de SEO desde o lançamento da ferramenta, a verdade é que a inteligência artificial pode, e muito, auxiliar na criação de conteúdo e na rotina profissional. A seguir, destaquei algumas possibilidades (são muitas!) para te fazer pensar e, quem sabe, utilizar a ferramenta também.

Fornece ideais de palavra-chave

Entre as muitas formas de apoiar na produção de conteúdo, o ChatGPT pode fazer aquela que mais toma tempo de profissionais de SEO: a pesquisa de palavras-chave. Ele não consegue fornecer o volume de busca mensal, mas quebra um galho quando falta criatividade e não sabemos por onde começar na pesquisa.

Para receber essa ajudinha da IA, é só escrever o prompt “Me dê ideias de palavras-chave sobre o tema X”. Isso é o suficiente para a ferramenta entender o que você quer e buscar em seu banco de dados o que foi solicitado. Se não acredita em mim, confere a imagem:

Sugere tópicos mais direcionados para um público específico

Como se já não fosse suficiente dar ideias de palavras-chave, o ChatGPT também pode te ajudar a encontrar tópicos direcionados para um público específico. Dessa forma, é possível segmentar aquelas palavras-chave anteriores, por exemplo, ou pedir para que a ferramenta forneça mais ideias.

Para receber as sugestões, dê o comando “Sugira temas para conteúdos direcionados ao público X”. Caso a IA não entenda, é possível refinar o comando até que a resposta seja o que você solicitou.

Segmenta a palavra-chave pela intenção de busca

O ChatGPT consegue segmentar palavras-chave de acordo com a intenção de busca. Aqui vale um ponto de atenção: o banco de dados da ferramenta não é atualizado em tempo real e a intenção de busca está sempre mudando. Por isso, avalie se faz sentido a segmentação realizando a sua própria análise depois, está bem?

Vamos aos passos: copie a lista de palavras-chave que deseja segmentar e cole no espaço do ChatGPT. Antes de enviar a mensagem, pergunte a ferramenta a intenção de busca de cada uma das palavras-chave. A resposta será parecida com essa:

Lista palavras-chave secundárias e em campos semânticos relacionados

Outro comando interessante do ChatGPT para SEO é encontrar palavras-chave secundárias, ou seja, que se relacionam com a principal, e em campos semânticos relacionados. Para isso, é preciso enviar as palavras-chave para a ferramenta e solicitar a listagem.

Cria briefings

A criação de briefings para redatores é uma tarefa bastante operacional e, muitas vezes, trabalhosa. Mas com o ChatGPT, você consegue poupar tempo e ao mesmo tempo escrever pautas incríveis.

É claro: antes de enviar a pauta, sempre valide as informações e se faz sentido cada tópico proposto pela IA. Revisões são necessárias em todos os contextos!

Cria topic clusters

Topic clusters é uma estratégia bem interessante para quem quer ter mais visibilidade na busca e, com o ChatGPT para SEO, é possível criar clusters num piscar de olhos, basta dar solicitar a ferramenta que agrupe as palavras-chave em categorias ou tópicos. O exemplo abaixo pertence ao SEO.ai e representa o comando de topic cluster:

Clusterização de URLs e páginas

Além de clusterizar palavras-chave, você pode enviar links de páginas e pedir para que o ChatGPT diga a qual cluster elas pertencem. Dê o comando: “Faça a clusterização das seguintes páginas” e coloque as URLs na sequência.

Gera sequência de conteúdos

Se você tem dúvidas sobre como iniciar a produção de conteúdo para um site, usar o ChatGPT para SEO vai facilitar a sua vida. Peça para a IA gerar uma sequência de conteúdos sobre o tópico que você deseja e, em um piscar de olhos, observe 

Sugere tópicos de conteúdos

Você também pode utilizar o ChatGPT para encontrar tópicos a partir de determinados conteúdos. Dessa forma, o bloqueio criativo não será mais um vilão à espreita, certo? 

Elabora perguntas mais direcionadas para pesquisas

Se você estiver fazendo uma pesquisa, o ChatGPT pode te auxiliar refinando o que você já tem e dando direcionamentos melhores para obter a resposta que você deseja. Para isso, escreva o comando e logo abaixo coloque as perguntas que já estão prontas. Pronto! Depois é só aguardar 

Faz adaptação de tópicos de acordo com regiões

Usando o ChatGPT para SEO, você também consegue adaptar tópicos e palavras-chave de acordo com a região. Isso pode ser muito útil quando, por exemplo, os conteúdos do site mudam quando se trata de um país diferente ou regiões no mesmo país. 

Se quiser utilizar o comando, peça para a inteligência artificial da Open AI fornecer as palavras-chave para o país [que você quer] e o país [outro que você quer]. Com regiões a lógica é a mesma.

Auxilia na elaboração de metadescription

Escrever metadescription faz parte da rotina de maioria dos profissionais de SEO, mas com o ChatGPT, essa função pode se tornar menos árdua. Dê o comando para o robô escrever a meta descrição da palavra-chave desejada e pronto, será o suficiente para as sugestões aparecerem.

Gera ideias de títulos

Da mesma forma que o ChatGPT pode criar metadescription, ele também pode escrever titles para os seus conteúdos.

Altera CTAs repetitivas

É seu trabalho criar CTAs para landing pages e outras páginas do blog? Peça para o ChatGPT te ajudar a criar alternativas! 

Gera dados estruturados

Para se tornar um profissional de SEO, não é preciso programar. No entanto, muito do nosso trabalho envolve entender códigos e lidar com desenvolvedores. Com o ChatGPT para SEO, a vida pode ser muito mais tranquila, pois até dados estruturados a ferramenta é capaz de criar em segundos:

Cria estrutura de sitemap

O ChatGPT também consegue criar a estrutura de sitemaps, que são tão importantes para SEO:

Gera o arquivo robots.txt

O ChatGPT também pode ajudar com a criação do arquivo robots.txt, basta dar o comando e passar a URL desejada. Além disso, você pode solicitar a criação de arquivos com bloqueios específicos, por exemplo, sem precisar se limitar ao usual.

O ChatGPT para SEO é uma ferramenta limitada?

Depende do ponto de vista. O ChatGPT pode fazer muita coisa legal para profissionais de SEO, como já listamos acima, e facilitar o dia a dia ao executar tarefas simples e operacionais. 

Outro ponto é que as respostas da ferramenta dependem muito de como o comando é dado e, por isso, muitas vezes o retorno pode ser frustrante. Nesses casos, é sempre possível refazer o pedido ou questão para a IA compreender. 

Considerando também que a ferramenta segue com um plano gratuito, ainda é possível ter a ferramenta como auxiliar em diversas situações. 

Em SEO Conteúdo é rei! Por que não se deve utilizar uma IA para escrever conteúdos inteiros?

Chegamos ao assunto polêmico: podemos usar IA para escrever conteúdos inteiros? A resposta é que sim, podemos, desde que o conteúdo seja útil e tenha qualidade. E quem diz isso não sou eu, é o Google.

Apesar da atualização de conteúdo útil, concluída recentemente, não há nada na documentação do Google que proíba a publicação de textos inteiros desenvolvidos por IA desde que tenham qualidade. Segundo as orientações publicadas recentemente:

“O uso apropriado de IA ou automação não vai contra nossas diretrizes.”

Ou seja, se o conteúdo publicado não tiver como intenção a manipulação da busca, está tudo bem utilizar a ferramenta.

Apesar disso, o indicado é utilizar a ferramenta como um auxiliar e, no caso da produção de conteúdo, usá-la apenas para criar uma base e, depois, fazer uma edição e revisão. Isso porque, embora a IA escreva bons textos no geral, as informações podem estar erradas e, em alguns casos, ela pode até criar informações falsas.

Vale lembrar do E-E-A-T, um dos muitos fatores de avaliação do Google, que servem como norte para a produção de conteúdo para a internet e, principalmente, para nichos mais sensíveis. Leve isso em consideração no momento de publicar um conteúdo feito por robô no seu site!

Algumas empresas já estão testando o uso da plataforma para a produção de conteúdos e tendo bons resultados fazendo a edição por humanos, como é o caso do Bankrate. Além disso, o Diego Ivo, CEO da Conversion, também compartilhou nas suas redes um experimento com o ChatGPT.

Veremos se com as atualizações do Google este cenário pode mudar. 

O ChatGPT vai substituir criadores de conteúdo?

Com certeza não. No entanto, ele poderá substituir profissionais que se recusarem a ver e utilizar a plataforma como ferramenta para aumentar a produtividade. 

Há também um ponto importante nesta discussão: criadores de conteúdos e redatores que não se qualificarem com o tempo podem, sim, ser substituídos, principalmente se a IA construir conteúdos melhores e por um custo menor. 

Por isso, se você estiver com medo do futuro do seu trabalho devido à tecnologia, sugiro que busque se qualificar como profissional através de cursos e a própria prática, sempre exercendo a sua criatividade. Isso porque a inteligência artificial pode construir bons textos e com argumentação invejável, mas ainda sim não é uma pessoa e, muitas vezes, não conseguirá escrever como uma.

E, outro ponto levantado pela colega Aline Rossi, robôs como o ChatGPT dependem da produção de conteúdo para continuarem existindo e formando os seus bancos de dados. Isso não deve mudar.

Escrito por Mariana Pessoa

Escrito por Mariana Pessoa

Mariana é estrategista de SEO e apaixonada por Marketing Digital. É também produtora de conteúdo no LinkedIn e escritora de ficção nas horas vagas.

Escrito por Mariana Pessoa

Escrito por Mariana Pessoa

Mariana é estrategista de SEO e apaixonada por Marketing Digital. É também produtora de conteúdo no LinkedIn e escritora de ficção nas horas vagas.

Compartilhe este conteúdo
Compartilhe
Receba o melhor conteúdo de SEO & Marketing em seu e-mail.
Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado
Agende uma reunião e conte seus objetivos
Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.
>