Dicas de SEO para iniciantes, sem enrolação

Por ,
em

Dicas de SEO para iniciantesOlá, meu nome é Túllio e sou analista de SEO da Conversion.

Este é meu primeiro post para o site, o texto é sobre algumas dicas de SEO que considero mais importantes para todos que estão começando na carreira de SEO ou que buscam conhecimentos de otimização para os próprios sites.

Vocês vão entender que um posicionamento bacana no Google não é o monstro de 7 cabeças que algumas pessoas dizem e que depende acima de tudo de dedicação e muito empenho, dá só uma olhada.

 O layout do SEO

A primeira dica não envolve literalmente o SEO, é mais voltada ao design.

A qualidade de um site começa a ser avaliada na aparência, páginas com uma diagramação estranha, cores fortes e que não combinam podem desestimular a navegação dos visitantes e causar um aumento na taxa de rejeição, o que consequentemente diminui as  conversões e faz perder posições.

Taxa de rejeição está relacionada a queda de posições. Lembre-se  que você tem 2 segundos para conquistar a atenção do visitante, então não perca tempo com um design muito complicado, provavelmente o visitante nem verá isso. A dica é usar o que sempre funciona, cores agradáveis, que combinem entre si, informações bem posicionadas e uma diagramação padrão para o conteúdo.

Um bom mapa do site (organização)

Tudo bem, você mudou as cores estranhas e aqueles botões sem lógica, agora chegou a hora de organizar a estrutura do site. A função disso é servir como um mapa que ajuda os visitantes e os robôs do Google a buscar o conteúdo e encontrar páginas facilmente, aumentando a relevância da página. Pode parecer complicado, mas é algo recompensador para o bom posicionamento.

Para chegar à melhor maneira de organizar a estrutura é simples, basta se imaginar do outro lado. Qual seria a forma mais fácil de sair da home e chegar à página de conversão? Por quais caminhos você quer passar até chegar ao objetivo? Mostre aos visitante o melhor caminho, afunile as informações de modo a indicar sempre a rota certa de conversão.

Uma boa estruturação, além de fácil navegação, envolve o uso de termos otimizados com palavras-chave. O uso de palavras sem otimização podem até fazer seu site ficar em primeiro para algumas buscas, mas você vai perceber que os acessos não crescem. A razão é que as palavras escolhidas não possuem quantidade significativa de buscas. Seu site está na primeira posição, de um lugar aonde ninguém vai.

A dica é usar palavras-chave úteis ao assunto tratado em sua página, seu site tem que ser bem posicionado para termos úteis a você e a seus produtos.

Com escolher as palavras-chave

Agora tudo pronto para o segundo melhor momento do SEO, a escolha dos termos para otimização. Nesta missão, o primeiro passo é pura teoria. Resuma de forma básica e objetiva aquilo sobre o que seu site trata. Só assim as palavras escolhidas darão a relevância e o contexto necessário para uma boa avaliação dos algoritmos.

Por exemplo, você tem um site onde o principal produto são sofás. Quais termos você usaria para encontrar seu produto? Você pode achar que sofá já é um ótimo termo, mas vamos pensar melhor. O termo sofá é muito geral e esse tipo de palavra possui alta concorrência, essas Dicas de SEO básico não seriam suficientes. A saída é algo que aprendi logo no começo quando entrei aqui, a long tail.

A técnica é basicamente uma forma de usar palavras com um número de busca pequeno, mas que usadas em grupo formam uma otimização superior a uma palavra muito buscada. Levando o conceito para nosso caso, podemos então usar no lugar de “sofá”, algumas palavras como sofá em promoção e sofá de couro ou ainda “sofá em tecido verde para pagamento no boleto”.

Como escolher palavras-chave

Como podemos ver, a palavra sofá possui 1.000.000 de buscas mensais no Google. Mas suas variações, se usadas juntas, podem um número de pesquisa muito melhor para a otimização. Este trabalho é muito útil no inicio do SEO. O uso de nichos de palavras permite a elaboração do próximo passo da otimização, a geração de conteúdo. Não se desespere com o desafio de achar palavras de nicho, existem ferramentas do Google que funcionam como excelentes ferramentas para o desenvolvimento de palavras-chave.

As Google Keywords Tools, como o Adwords e o Analytics, são ferramentas especializadas na pesquisa de termos que podem ajudar sua campanha. Através delas, saber a quantidade de buscas mensais ou globais de cada palavra, além de ideias de palavras-chave é fácil fácil.

Palavras-chave você já tem, falta conteúdo

Boas palavras nada são sem um bom conteúdo para dar contexto e conexão ao site. Sua página é encontrada através das palavras-chave, daí a importância das Keywords, mas elas sozinhas não são suficientes. É preciso conteúdo, algo que dê nexo às palavras escolhidas e oferecer informação com qualidade (em texto, áudio ou vídeo).

O desafio aqui é justamente a qualidade. Um bom texto de SEO não deve usar apenas a palavra-chave que se pretende ficar bem posicionado, sinônimos são perfeitos para criar contexto. Por exemplo, seu site vende “sapatos sociais”, que já é uma boa frase-chave, mas se você adicionar algumas palavras contextuais, como elegância, trabalho, sport fino, corporativo, gravas, camisas sociais, etc. vai mostrar para o Google que sabe do que está falando.

Um bom conteúdo é sempre ilustrado. O uso de imagens e vídeos é uma  ótima forma de contextualizar informações. O Alt e Title das imagens podem ser editados para fortalecer ainda mais o SEO da página. Assim o Google entenderá que sua página possui conteúdo útil a todas as pessoas que visitarem.

Title, Meta Description e tags

Existe um ramo do SEO que sai do básico e entra em um território mais técnico, um lugar onde dicas de SEO para iniciantes não é suficiente. Me refiro a área das tags H, dos titles e da meta Description. Para explicar melhor será necessário um post para tratar somente desses assuntos, mas posso explicar rapidamente o que são e para que servem essas otimizações.

O elemento html H possui alguns sub-elementos, os mais importante são H1, H2 e H3. Uma tag H serve para dar relevância a termos dentro do conteúdo, quanto mais próximo do H1 mais relevante. Para entender imagine sua página como uma redação, o título é oque passa a informação sobre o assunto tratado, esse é o H1. Subtítulos serão os H2, são usados para guiar a leitura. Já o h3 representa termos de informações como, por exemplo, o nome do autor ou então pode estar submetido ao H2, como se fosse um sub-item.

O title da página é a primeira coisa que os robôs do Google lêem no seu site. Por isso devem contem informações para atrair e conquistar a rotulação de página confiável. Use os mesmo princípios do H1, palavras otimizadas e seja criativo para atrair a atenção dos navegantes.  Use palavras-chave pelas quais deseja ser encontrado!

Já a Meta Description é junto com o title o “teaser” do SEO. Atrair o consumidor é o principio do negocio, então, entenda como uma porta de entrada para seu site. É através dela que você conquista o tão valioso clique, pois essas são tags que podem aparecer nas páginas de resultados. Use termos simples, passe informações de maneira natural ao ponto de ganhar a confiança e estimular a visita, além de gerar um ambiente agradável para o visitante.

Estas simples dicas farão seu site começar a aparecer para milhões de possíveis clientes. Não precisa seguir ao pé da letra, basta ter noção da importância de cada uma delas. Inove e sempre busque novas formas de otimizar sua página.

Aliás, você conhece alguma importante dica de SEO para iniciantes que não citei aqui?

A Conversion na mídia
Rede Globo de Televisão SBT Rede Record TV Bandeirantes Portal do UOL Yahoo Notícias Diário do Comércio e Indústria
Voltar ao Topo
fechar

Solicite Orçamento