Conheça as novas formas de checar informações no Google

Mariana Pessoa
Mariana Pessoa

O buscador anunciou cinco novas formas de checar a veracidade de informações publicadas na Web direto na página de resultados.

Ninguém mais aguenta ler uma notícia e não saber se é confiável ou não. E, nos últimos anos, isso realmente vem se provando um desafio global: como saber o que é verdade em meio a tantas notícias falsas?

O Google, entendendo que a busca é um meio importante das pessoas pesquisarem por informações e notícias, decidiu investir em soluções que pudessem impactar positivamente a experiência de milhares de pessoas.

Aproveitando que está chegando o dia 2 de abril, o Dia Internacional da Checagem de Fatos, a empresa trouxe como novidade os recursos que foram desenvolvidos e já estão disponíveis nos Estados Unidos e, em alguns casos, para sites em inglês. Confira!

1. Tenha mais informações com o recurso “Sobre este resultado”

Durante o Google Search On, evento que ocorreu em outubro do ano passado, a empresa anunciou que estava trabalhando em melhorias no recurso “Sobre este resultado”, que possibilita ao usuário saber mais informações sobre o site antes de acessar a página.

Vale reforçar que o recurso é muito útil, porque o usuário — eu, você, nossos amigos… — poderá checar, ainda na página de resultados, informações como: idade do domínio, se tem certificado de segurança, entre outras informações.

Agora, a funcionalidade está disponível globalmente para todos os idiomas, inclusive no Brasil. Será que veremos algum impacto nos resultados da busca orgânica? Vamos acompanhar!

No print, pesquisei por Conversion no Google e cliquei nos três pontinhos ao lado do resultado.

2. Conheça novas perspectivas em “Principais notícias”

O Google é o buscador com mais usuários do mundo, e no Brasil, é responsável por 99% das pesquisas. Bastante coisa, certo? Não é novidade alguma o sucesso do buscador, muito menos a importância na vida de milhares de pessoas. Afinal, a expressão “Dá um Google” surgiu justamente por esse uso indispensável da ferramenta na rotina.

Pensando nisso, a empresa decidiu investir no recurso chamado “Principais notícias”, que traz uma variedade de fontes e perspectivas sobre um tema ou palavra-chave que foi pesquisado. Assim, nas buscas voltadas para notícias ou assuntos em alta, pode aparecer também o recurso “Perspectivas”: um carrossel que ficará logo abaixo das “Principais notícias”. 

O objetivo é que o recurso traga a opinião de jornalistas, especialistas ou outros produtores de conteúdo sobre aquele tópico. O recurso será lançado em breve em inglês nos Estados Unidos.

3. Conheça a fonte com o “Sobre este autor”

Para garantir que os usuários decidam se devem confiar ou não em uma página, o Google também está implementando no recurso “Sobre este resultado” uma seção voltada ao seu autor. Por enquanto, o recurso está disponível apenas para resultados em inglês e no carrossel de perspectivas nos Estados Unidos, também apenas em inglês.

4. Receba mais contexto com o acesso facilidade ao “Sobre esta página”

Em busca de facilitar ainda mais a vida de seus usuários, também será possível obter mais informações sobre um site ou tópico de uma determinada página apenas digitando a URL na Busca do Google.

Assim, as informações do “Sobre esta página” aparecerão na tela com a descrição de como o site se posiciona, comentários de outros usuários e notícias recentes relacionadas. A partir disso, o usuário terá mais bagagem para determinar se o site é confiável ou não. Lembrando que o recurso está disponível globalmente apenas em inglês.

5. Detectação de lacunas de informação

Quando um tema está em alta, é normal que muitos sites de notícias publiquem vários conteúdos a respeito para aumentar os acessos na página. No entanto, isso pode levar a informações desencontradas ou até inverdades que no calor do momento podem passar despercebidas a quem está buscando a informação.

Para lidar com este problema, o Google está lançando um recurso para encontrar o que eles chamam de “lacunas de informação”. O termo se refere à falta de informações relevantes sobre o tema ou então a mudança rápida dos resultados disponíveis na busca.

Além disso, o Google também está trabalhando em um aviso para quando seus algoritmos não estiverem seguros em relação aos resultados de uma determinada pesquisa ou entenderem que falta qualidade nos resultados disponíveis:

Lembrando que independente da qualidade dos resultados ou das mudanças rápidas na SERP, o Google sempre mostrará os resultados completos na pesquisa. O aviso serve apenas para existir mais transparência entre plataforma e usuário. 

Por entanto, o recurso está disponível apenas em inglês, mas o Google está expandindo os avisos para lacunas de informações de qualidade para novos idiomas: alemão, francês, italiano, espanhol e japonês.

Google está investindo em educação midiática e checagem de fatos

Pelo cenário preocupante de notícias falsas, em 2018 o Google assumiu um compromisso sério contra a desinformação junto de outras instituições. Em 2022, foi realizada uma pesquisa com alguns países, inclusive o Brasil, sobre o tema.

Na pesquisa realizada pelo Google em parceria com MediaWise, 62% dos entrevistados responderam que acham que veem informações falsas ou enganosas pelo menos uma vez por semana. Em relação ao Brasil, 66% das pessoas respondentes checam a fonte, 59% conferem a data dos posts e 55% usam os mecanismos de busca para encontrar mais notícias sobre o que acreditam ser falso ou enganoso. 

Por isso, além dos novos recursos para ajudar os usuários a verificarem informações, o Google também está apoiando uma organização sem fins lucrativos num projeto com alunos do ensino fundamental e médio para acabar com a desinformação viral e compartilhar dicas de educação midiática. O programa deve chegar ao Brasil em breve.

Referências do conteúdo:

Escrito por Mariana Pessoa

Escrito por Mariana Pessoa

Mariana é estrategista de SEO e apaixonada por Marketing Digital. É também produtora de conteúdo no LinkedIn e escritora de ficção nas horas vagas.

Escrito por Mariana Pessoa

Escrito por Mariana Pessoa

Mariana é estrategista de SEO e apaixonada por Marketing Digital. É também produtora de conteúdo no LinkedIn e escritora de ficção nas horas vagas.

Compartilhe este conteúdo
Compartilhe
Receba o melhor conteúdo de SEO & Marketing em seu e-mail.
Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado
Agende uma reunião e conte seus objetivos
Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.
>