Operadores de pesquisa do Google: comandos que vão do básico ao avançado

Diego Ivo
Diego Ivo

Saber pesquisar no Google é fundamental para qualquer pessoa, mas especialmente para profissionais de SEO. Muitas vezes, o resultado normal do Google não traz aquilo que esperamos, mas isso não é culpa do buscador. Na verdade, é porque muitas vezes não pesquisamos usando todos os recursos disponíveis.

É aí que entram os operadores de pesquisa do Google, que vão desde os comandos mais básicos até os mais avançados. Com esses comandos, é possível filtrar e refinar os resultados de busca para encontrar exatamente o que se procura. Neste artigo, vamos apresentar os principais operadores de pesquisa do Google e mostrar como utilizá-los para obter resultados mais precisos e relevantes.

Está pronto? Então, vamos lá!

Operadores de pesquisa básicos

Os operadores de pesquisa básicos são usados para modificar pesquisas de texto padrão. Eis alguns dos operadores mais úteis:

Aspas (” “)

Use aspas para pesquisar uma frase exata. Por exemplo, uma pesquisa por “marketing digital” retornará apenas resultados que contenham essa frase exata.

OR

Use “OR” para pesquisar várias palavras ou frases. Por exemplo, uma pesquisa por “marketing digital OR marketing de conteúdo” retornará resultados que contenham qualquer uma dessas frases.

Hífen (-)

Use o hífen para excluir palavras da pesquisa. Por exemplo, uma pesquisa por “marketing digital -Facebook” retornará resultados que contenham a frase “marketing digital”, mas excluem o termo “Facebook”.

Asterisco (*)

Use o asterisco como um caractere curinga para pesquisar palavras com diferentes variações. Por exemplo, uma pesquisa por “blog* marketing” retornará resultados que contenham palavras como “blogging” e “blogger”, além de “marketing”.

Dois pontos (..)

Use dois pontos para pesquisar um intervalo numérico. Por exemplo, uma pesquisa por “celular $100..$200” retornará resultados que contenham preços entre R$100 e R$200.

Símbolos de moeda (R$, $, €)

Use os símbolos de moeda para pesquisar preços em uma moeda específica. Por exemplo, uma pesquisa por “smartphone R$500” retornará resultados que contenham smartphones com preço de $500.

Operadores de pesquisa avançados

Os operadores de pesquisa avançados são comandos especiais que modificam pesquisas e podem exigir parâmetros adicionais para funcionarem corretamente. Eles são usados para refinar pesquisas e aprofundar os resultados.

intitle:

Use “intitle:” para pesquisar palavras ou frases em títulos de páginas. Por exemplo, uma pesquisa por “intitle:SEO” retornará resultados que contenham a palavra “SEO” em títulos de página.

allintitle:

Use “allintitle:” para pesquisar várias palavras ou frases em títulos de páginas. Por exemplo, uma pesquisa por “allintitle:SEO marketing digital” retornará resultados que contenham ambas as palavras “SEO” e “marketing digital” em títulos de página.

inurl:

Use “inurl:” para pesquisar palavras ou frases em URLs de páginas. Por exemplo, uma pesquisa por “inurl:SEO” retornará resultados que contenham a palavra “SEO” em URLs de página.

allinurl:

Use “allinurl:” para pesquisar várias palavras ou frases em URLs de páginas. Por exemplo, uma pesquisa por “allinurl:SEO marketing digital” retornará resultados que contenham ambas as palavras “SEO” e “marketing digital” em URLs de página.

intext:

Use “intext:” para pesquisar palavras ou frases no corpo do texto de uma página. Por exemplo, uma pesquisa por “intext:SEO” retornará resultados que contenham a palavra “SEO” em algum lugar no texto de uma página.

allintext:

Use “allintext:” para pesquisar várias palavras ou frases no corpo do texto de uma página. Por exemplo, uma pesquisa por “allintext:SEO marketing digital” retornará resultados que contenham ambas as palavras “SEO” e “marketing digital” em algum lugar no texto de uma página.

filetype:

Use “filetype:” para pesquisar arquivos de um tipo específico. Por exemplo, uma pesquisa por “filetype:PDF relatório” retornará resultados que contenham a palavra “relatório” em arquivos PDF.

related:

Use “related:” para encontrar páginas relacionadas a um determinado URL. Por exemplo, uma pesquisa por “related:moz.com” retornará resultados que contenham páginas relacionadas ao site moz.com.

Operadores de pesquisa pouco confiáveis

Os operadores de pesquisa pouco confiáveis podem produzir resultados inconsistentes ou foram descontinuados, mas que vale a pena conhecer. Eles incluem:

Tilde (~)

O operador “~” retorna resultados para a palavra-chave e seus sinônimos.

Mais (+)

O operador “+” retorna resultados apenas para a palavra-chave e não suas variações.

Daterange:

O operador “daterange:” limita a pesquisa a um intervalo de datas específico.

Link:

O operador “link:” foi descontinuado e não deve ser usado.

inanchor:

O operador “inanchor:” retorna resultados para páginas que são vinculadas usando um texto de âncora específico. No entanto, os resultados são geralmente estreitos e às vezes pouco confiáveis

Operadores de pesquisa para configurações de pesquisa

Os operadores de pesquisa para configurações de pesquisa são usados para personalizar as configurações de pesquisa do Google. Eles incluem:

safe=

O operador “safe=” permite ativar ou desativar a pesquisa segura. Defina como “safe=on” para ativar a pesquisa segura e como “safe=off” para desativá-la.

lr=

O operador “lr=” permite limitar os resultados da pesquisa a um idioma específico. Por exemplo, “lr=lang_es” retornará resultados de páginas em espanhol. Para limitar a pesquisa a vários idiomas, separe-os com um caractere de barra vertical (|).

cr=

O operador “cr=” permite limitar os resultados da pesquisa a uma região geográfica específica. Por exemplo, “cr=countryUS” retornará resultados de páginas dos Estados Unidos. Para limitar a pesquisa a várias regiões, separe-as com um caractere de barra vertical (|).

as_qdr=

O operador “as_qdr=” permite limitar os resultados da pesquisa a um período de tempo específico. Por exemplo, “as_qdr=d” retornará resultados que foram indexados nas últimas 24 horas. Outros valores incluem “h” (última hora), “w” (última semana) e “m” (último mês).

num=

O operador “num=” permite especificar o número de resultados da pesquisa que serão exibidos em cada página. O número padrão é 10, mas pode ser aumentado para até 100.

start=

O operador “start=” permite especificar o número de resultados de pesquisa que serão ignorados. Isso é útil para percorrer rapidamente os resultados da pesquisa e pular as primeiras páginas.

Operadores de pesquisa para funções do Google

Os operadores de pesquisa para funções do Google são usados para acessar funções específicas do Google. Eles incluem:

define:

O operador “define:” retorna definições de palavras. Por exemplo, “define:SEO” retornará uma definição para a palavra “SEO”.

as_lq=

O operador “as_lq=” permite encontrar sites que vinculam a um URL específico. Por exemplo, “as_lq=moz.com” retornará resultados de páginas que vinculam ao site moz.com.

as_rq=

O operador “as_rq=” permite encontrar sites que o Google considera relacionados a um URL específico. Por exemplo, “as_rq=conversion.com.br” retornará resultados que contenham páginas relacionadas ao site conversion.com.br.

adtest=

O operador “adtest=” é usado para testar anúncios do Google Ads. Defina como “adtest=on” para ativar o modo de teste e como “adtest=off” para desativá-lo.

pws

O operador “pws” é usado para ativar ou desativar a pesquisa personalizada. Defina como “pws=on” para ativar a pesquisa personalizada e como “pws=off” para desativá-la.

btnG=

O operador “btnG=” é usado para simular um clique no botão de resultados da pesquisa do Google. Defina como “btnG=Search” para clicar no botão “Pesquisar” ou como “btnI” para clicar no botão “Estou com sorte”.

Conclusão

Os operadores avançados do Google podem ajudar os usuários a encontrar informações mais rapidamente e com mais precisão. Embora alguns operadores sejam menos confiáveis do que outros, eles ainda podem ser úteis em determinadas situações. Experimente esses operadores de pesquisa para personalizar suas pesquisas e acessar funções específicas do Google.

Referências

Para obter mais informações sobre comandos avançados do Google, consulte as seguintes páginas de ajuda do Google:

* Conteúdo produzido com ajuda de inteligência artificial

Escrito por Diego Ivo

Escrito por Diego Ivo

Diego é CEO da Conversion, agência Líder em SEO e especializada em Search. Possui mais de uma década de experiência no mercado digital e é um dos principais experts no Brasil em SEO.

Escrito por Diego Ivo

Escrito por Diego Ivo

Diego é CEO da Conversion, agência Líder em SEO e especializada em Search. Possui mais de uma década de experiência no mercado digital e é um dos principais experts no Brasil em SEO.

Compartilhe este conteúdo
Compartilhe
Receba o melhor conteúdo de SEO & Marketing em seu e-mail.
Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado
Agende uma reunião e conte seus objetivos
Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.
>