Estratégia de SEO do Mercado Livre: saiba como a varejista se tornou o maior e-commerce do Brasil

Lucas Amaral
Lucas Amaral

Ações visam jornada fluida para proporcionar boa experiência de compra

O Mercado Livre é o maior comércio eletrônico do Brasil, de acordo com o Relatório Setores do E-commerce (2023), com um market share de 13,9%. Isso quer dizer que está à frente de grandes varejistas como Amazon do Brasil, Shopee e Magazine Luiza. 

Por trás de todo grande case de lojas virtuais, há uma estratégia de SEO de sucesso. Não por acaso, o ML lidera também o ranking de acessos na busca orgânica

Com um authority score de 96 , um volume de tráfego orgânico de quase 110 milhões de acessos mensais, cerca de 121,4 milhões de backlinks e mais de 8,5 milhões de palavras-chave ranqueadas (Semrush, 2023), é de se esperar que suas ações de otimização despertem a atenção dos profissionais da área. 

Neste artigo você verá quais são as estratégias que fazem o Mercado Livre liderar uma área tão concorrida.

Estratégia de negócio do Mercado Livre

O Mercado Livre foi criado por um grupo de quatro empreendedores em 1999. A ideia era simples: “democratizar o comércio eletrônico e os serviços financeiros na América Latina” (Mercado Livre, 2020). 

Para tal, se inspiraram no eBay, ainda hoje um dos grandes pilares da área. Assim, foi criado um marketplace para realização de leilões no ambiente digital. 

No entanto, esse modelo de negócio exige a participação de outros players. A princípio, os utilizadores da plataforma vendiam produtos usados, de baixa qualidade e, muitas vezes, pirateados. 

Essa é uma estrutura muito diferente da que conhecemos hoje, na qual existe todo um ecossistema de soluções, incluindo o Mercado Pago e o Mercado Envios. Mas, para chegar a esse ponto, ocorreram algumas mudanças. 

Com o tempo, o Mercado Livre passou a dar prioridade a produtos com alto custo-benefício, originais e confiáveis. Como o ticket médio da plataforma é baixo, é preciso que haja alto volume de vendas para aumentar o faturamento. É nesse ponto que o SEO entra como ferramenta fundamental para o sucesso. 

Estratégia de SEO do Mercado Livre

O Mercado Livre tem como um de seus grandes pilares o aplicativo móvel. O desafio é fazer com que as pessoas o instalem e passem a realizar buscas internas, sem ter que recorrer aos motores de pesquisa. 

Porém, isso só é possível com uma marca forte. É por isso que a aliança entre atividades de marketing orgânico e mídia paga tem o papel não apenas de gerar tráfego, mas fazer com que o Mercado Livre tenha uma presença corriqueira durante a navegação do usuário. 

Experiência do usuário

As páginas de listas de produtos representam o core da estratégia do Mercado Livre. 

Imagem: lista de produtos no Mercado Livre

Elas apresentam ao usuário um catálogo com opções de um mesmo tipo de produto, com variáveis relativas ao fornecedor, preço, frete, marca, condição ou localização, por exemplo. 

O Google e outros buscadores enxergam esse tipo de página com bons olhos, já que são úteis para o usuário e apresentam boas taxas de retenção. Afinal, o consumidor acessa e retorna a ela para avaliar as opções de compra. E, para pesquisas realizadas diretamente no buscador, dão prosseguimento natural à experiência de busca.

Autoridade

Uma das estratégias utilizadas pelo Mercado Livre é o link building. São mais de 55 mil domínios de referência com 100% de confiabilidade, de acordo com o relatório de gráfico de rede do Semrush. 

Esse backlinks advém de sites de todo o mundo, já que o site está presente em 18 países. Existe todo um trabalho de relações públicas para conquistar referências em veículos de imprensa, mas também há ações como eventos e patrocínios que geram a linkagem natural em órgãos de nicho.

Conteúdo

As páginas de produto do Mercado Livre são marcadas por uma apresentação simples, mas que responde a todas as potenciais dúvidas do usuário. Para isso, são utilizados recursos como: 

  • Descrições curtas em formato de tópicos
  • Ícones com as principais características
  • Descrições longas e detalhadas
  • Comparativos de produtos
  • Perguntas e respostas
  • Avaliações de usuários

Esses itens trazem uma grata experiência de página aos consumidores, que têm diferentes opções de critérios para a tomada de decisão. 

O Meliblog, por sua vez, é o blog oficial do Mercado Livre. Ele utiliza-se de palavras-chave de produtos para responder às principais dúvidas dos usuários e criar listas de recomendação. Dentro dos textos são inseridos links internos que levam diretamente para as listas de produtos da plataforma, oferecendo uma jornada de compra retilínea ao consumidor.

Essa boa estrutura de links internos está presente em todos os canais ligados ao Mercado Livre, o que favorece tanto o usuário quanto os requisitos utilizados pelos buscadores de SEO técnico.

Comunidade

Como marketplace, o Mercado Livre depende dos vendedores para atingir bons resultados em SEO. O que, também, gera benefícios para o comerciante. 

Por essa razão, também investe na Central de Vendedores, um canal que visa orientar os fornecedores sobre as melhores práticas para vender na plataforma. 

Se você deseja contar com uma agência de SEO para o seu negócio, entre em contato com a Conversion e fale com um de nossos especialistas. 

Escrito por Lucas Amaral

Escrito por Lucas Amaral

Escrito por Lucas Amaral

Escrito por Lucas Amaral

Compartilhe este conteúdo
Compartilhe
Receba o melhor conteúdo de SEO & Marketing em seu e-mail.
Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado
Agende uma reunião e conte seus objetivos
Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.
>