Guia Definitivo da URL Amigável

Diego Ivo
Diego Ivo

A URL é uma das partes mais importantes de uma página da web. É a identidade única de uma página, que permite que os usuários acessem facilmente o conteúdo do seu site. Mas, além disso, a URL também é um fator crucial para a otimização do mecanismo de pesquisa (SEO). URLs bem estruturadas e amigáveis podem melhorar significativamente a visibilidade do seu site nos resultados de pesquisa.

Neste guia, você aprenderá tudo o que precisa saber sobre URLs amigáveis e como otimizá-las para SEO.

O que é uma URL amigável?

Uma URL amigável é uma URL que é fácil de ler e entender para os usuários e mecanismos de pesquisa. Uma URL amigável deve ser curta, descritiva e relevante para o conteúdo da página. Uma URL amigável também deve usar palavras-chave relevantes para o conteúdo da página.

Por exemplo, considere a diferença entre estas duas URLs:

URL não amigável: https://www.conversion.com.br/index.php?page-id=1234

URL amigável: https://www.conversion.com.br/blog/url-amigavel/

A segunda URL é muito mais fácil de entender e memorizar. Além disso, ela também contém a palavra-chave “url amigavel”, que é relevante para o conteúdo da página.

Por que URLs amigáveis são importantes para SEO?

URLs amigáveis são importantes para SEO por vários motivos:

1. Melhor experiência do usuário

URLs amigáveis melhoram a experiência do usuário, tornando mais fácil para os usuários entenderem e se lembrarem da URL. URLs amigáveis também ajudam os usuários a navegar pelo site e encontrar o conteúdo relevante.

2. Melhor indexação do mecanismo de pesquisa

URLs amigáveis também ajudam os mecanismos de pesquisa a indexar melhor o conteúdo do seu site. URLs descritivas e relevantes podem ajudar os mecanismos de pesquisa a entender melhor o conteúdo da página e como ele se relaciona com outras páginas do seu site.

3. Melhor visibilidade nos resultados de pesquisa

URLs amigáveis podem melhorar a visibilidade do seu site nos resultados de pesquisa. URLs descritivas e relevantes podem ajudar os mecanismos de pesquisa a exibir o conteúdo do seu site nos resultados de pesquisa relevantes para as palavras-chave que você está segmentando.

Anataomia de uma URL

Anatomia da URL

Antes de otimizar sua URL para SEO, é importante entender os componentes de uma URL. Aqui estão os componentes básicos de uma URL:

  • Protocolo: O protocolo é como o navegador obtém as informações sobre a página, seja http:// ou https:// (o “s” significa seguro).
  • Subdomínio: O subdomínio é a parte do domínio que vem antes do domínio principal. Você pode criar vários subdomínios, mas eles são essencialmente sites diferentes, portanto, você não deve ter muitos subdomínios, a menos que realmente precise deles. Os subdomínios são criados para organizar o conteúdo do seu site. Você pode usar qualquer sequência de caracteres para um subdomínio, não apenas www.
  • Domínio: O nome de domínio é o endereço exclusivo onde um site está localizado.
  • TLD: O TLD (domínio de nível superior) é, por exemplo, .com, .org, .net e há muitos mais!
  • Caminho: O caminho refere-se à localização exata de uma página, postagem ou arquivo.

Estruturas de URL podem ser diferentes

Não todos os sites usam a mesma estrutura de URL. E isso é normal.

A estrutura de URL de um site depende das necessidades únicas do site.

Por exemplo, a URL de um site internacional provavelmente será estruturada para vários idiomas ou locais. As estruturas de URL para um site de blog podem ser diferentes de um site de comércio eletrônico ou de associação. E a estrutura de URL de um site governamental provavelmente diferirá de uma rede social.

Dependendo do objetivo do site, as estruturas de URL variam, mas independentemente da estrutura escolhida, as práticas recomendadas básicas ainda se aplicam para manter uma estrutura de URL adequada.

Melhores práticas para URLs amigáveis para SEO

Aqui estão as melhores práticas para otimizar suas URLs para SEO:

Siga uma boa estrutura de URL

A hierarquia de URL é essencial para descobrir antes de começar a construir seu site.

Não há uma regra definida para a melhor estrutura de URL absoluta. E as URLs podem ser diferentes dependendo do propósito do site.

Mas uma estrutura de URL que é simples, lógica, fácil de lembrar e transmite significado com as palavras usadas é considerada a melhor.

Faça sua estrutura de URL intuitiva para que os usuários e os mecanismos de pesquisa possam entender rapidamente as conexões entre diferentes páginas do seu site. Depois que sua estrutura de URL estiver em vigor, é bastante simples escolher as palavras-chave certas da URL para cada página

Use HTTPS

Usar HTTPS é essencial para a segurança do seu site e para a confiança dos usuários. Além disso, o Google considera o uso de HTTPS como um fator de classificação.

Ao usar HTTPS, as informações transmitidas entre o servidor e o navegador são criptografadas, o que impede que terceiros acessem ou roubem informações confidenciais. Isso é especialmente importante para sites que processam informações financeiras ou pessoais.

Se seu site não está usando HTTPS, você está perdendo negócios em potencial de usuários tecnologicamente avançados.

Mantenha curto e simples

A maioria das URLs usa automaticamente o título da página ou postagem como a URL padrão, mas às vezes o título pode ser uma sequência de caracteres desnecessariamente longa para a URL. Quanto mais curta a URL, melhor – URLs curtas tendem a ter melhor classificação também.

Use palavras-chave significativas

Use 1-3 palavras-chave em sua URL que sejam relevantes e digam ao Google para que a página deve aparecer nos resultados de pesquisa. Não encha sua URL com mais do que isso, porque pode parecer spam. Use uma palavra-chave que esteja no título da página ou postagem.

Além da URL, você também deseja adicionar essas palavras-chave na descrição meta da página porque o Google destaca essas palavras nos resultados de pesquisa e isso torna sua página mais destacada.

Use hífens para separar palavras

As URLs não usam espaços para separar palavras. Não use underlines também.

As melhores práticas de SEO usam hífens entre as palavras porque isso informa ao Google e aos usuários onde as quebras entre as palavras estão e são muito mais fáceis de ler do que todas as palavras juntas.

Use letras minúsculas

As URLs diferenciam maiúsculas e minúsculas para tudo após o nome de domínio. Isso significa que Conversion.com.br ainda o levará a conversion.com.br, mas conversion.com.br/Contato levará a uma página de erro 404 em vez de nossa página de contato.

Sempre use letras minúsculas para suas URLs e, se você usar maiúsculas, atualize seus links e redirecione para os novos.

Redirecione URLs antigas

É provável que você faça alterações em seu site ao longo do tempo e escolha uma estrutura de URL e, em seguida, decida mudá-la posteriormente para melhorar a usabilidade. Nesse caso, é uma prática recomendada e recomendada adicionar redirecionamentos permanentes.

Os redirecionamentos garantem que não haja links quebrados para pessoas e bots.

Sempre que você editar ou alterar uma URL, adicione um redirecionamento 301 para que, se alguém clicar na URL antiga, ele seja automaticamente levado para a nova URL e não veja uma página de erro 404 quebrada.

No entanto, evite muitos redirecionamentos, pois eles podem retardar seu site. Um ou dois redirecionamentos estão bem, mas é uma prática recomendada tornar a página acessível sem nenhum loop de redirecionamento. É por isso que é tão importante escolher uma boa estrutura de URL no início da vida do seu site – para evitar redirecionamentos!

Remova datas das postagens do blog

Remover as datas das postagens do blog mantém o conteúdo relevante para os pesquisadores, porque as pessoas sempre querem o conteúdo mais atualizado. URLs sem datas podem melhorar as taxas de cliques dos resultados de pesquisa e ajudar o conteúdo a classificar por anos.

A menos que a postagem se relacione a um evento ou dia específico, não há necessidade de formatar suas postagens com a data, e fazê-lo pode até levar a uma taxa de cliques em declínio porque as pessoas são menos propensas a querer ler uma postagem desatualizada de 2013 do que fonte atual.

Isso também permite conteúdo sempre atualizado para que você possa voltar e atualizar postagens de alto desempenho com novo conteúdo, em seguida, republicar a postagem com uma nova data, sem precisar redirecionar a URL antiga. O conteúdo antigo atualizado é uma forte estratégia de SEO.

Mas, no geral, é melhor remover a data da postagem para uma boa experiência do usuário! Não incluir a data da postagem torna a URL mais fácil de navegar para os usuários.

Conclusão

URLs amigáveis são uma parte importante da otimização do mecanismo de pesquisa e do sucesso do seu site. URLs bem estruturadas e amigáveis podem melhorar significativamente a visibilidade do seu site nos resultados de pesquisa, melhorar a experiência do usuário e aumentar as taxas de cliques.

Ao seguir as práticas recomendadas acima, você pode garantir que suas URLs sejam amigáveis para SEO e que seu site esteja bem posicionado para o sucesso. Se você tiver alguma dúvida sobre como otimizar suas URLs ou precisar de ajuda para melhorar o SEO do seu site, entre em contato conosco e vamos conversar!

Escrito por Diego Ivo

Escrito por Diego Ivo

Diego é CEO da Conversion, agência Líder em SEO e especializada em Search. Possui mais de uma década de experiência no mercado digital e é um dos principais experts no Brasil em SEO.

Escrito por Diego Ivo

Escrito por Diego Ivo

Diego é CEO da Conversion, agência Líder em SEO e especializada em Search. Possui mais de uma década de experiência no mercado digital e é um dos principais experts no Brasil em SEO.

Compartilhe este conteúdo
Compartilhe
Receba o melhor conteúdo de SEO & Marketing em seu e-mail.
Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado
Agende uma reunião e conte seus objetivos
Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.
>