Google lança Gemini AI, inteligência artificial que promete ser melhor que GPT-4

Mariana Pessoa
Mariana Pessoa

Gemini é o modelo de inteligência artificial mais capacitado do Google. A nova IA pode generalizar e compreender, operar e combinar diferentes tipos de informação, incluindo texto, código, áudio, imagem e vídeo.

Um ano após o lançamento do ChatGPT, o Google finalmente fez um movimento ao alcance do concorrente. Na quarta-feira, dia 6, anunciou o Gemini AI, uma inteligência artificial mais capaz que o GPT-4, segundo os testes realizados pela empresa. 

Segundo Sundar Pichai, CEO do Google, este é o início de uma nova era de inteligência artificial no Google: a era Gemini

O que é o Gemini?

Gemini é o nome do novo modelo de inteligência artificial do Google. Ele é capaz de generalizar e compreender, operar e combinar diferentes tipos de informação, como texto, código, áudio, imagem e vídeo. 

Outro destaque importante do Gemini é a sua flexibilidade: ele foi criado para performar de forma eficiente tanto em data centers quanto dispositivos móveis. Além disso, a primeira versão tem três tamanhos:

  • Gemini Ultra: maior e mais poderoso modelo para tarefas altamente complexas. Será liberado apenas em 2024.
  • Gemini Pro: melhor modelo para escalar uma alta gama de tarefas e atender usuários. Já está disponível no Bard e em breve para desenvolvedores.
  • Gemini Nano: modelo mais eficiente para tarefas em dispositivos móveis. Por enquanto, disponível apenas no Pixel 8 Pro, celular do Google.

Segundo o Google, o Gemini Ultra superou a capacidade humana em um teste de conhecimento e solução de problemas que combina 57 temas, como matemática, física, história, direito, medicina e ética. Nos testes, o Gemini Ultra superou também o GPT-4, como demonstra a imagem:

(Imagem: Reprodução/Google)

O que o Gemini pode fazer?

O Gemini foi desenvolvido para ser nativamente multimodal. Isso significa que, desde o início, o modelo foi treinado em diferentes modalidades e depois aperfeiçoado para refinar ainda mais a sua eficácia. 

Essa abordagem permite que o Gemini consiga compreender e raciocinar perfeitamente todos os tipos de informações melhor do que os outros modelos multimodais existentes — sim, melhor que o GPT-4, segundo o Google.

Assim, o Gemini pode ser útil em qualquer atividade que exija mais capacidade de raciocínio, como programar códigos complexos ou ajudar na lição de casa. Em demonstrações do Google, foi possível até mesmo interagir com o Gemini a partir de imagens.

Quando a IA estará disponível?

O Gemini Pro já está disponível no Bard, dando ao chatbot um raciocínio, planejamento e compreensão muito mais avançadas. Esta é a maior atualização do Bard desde o seu lançamento, e está disponível em inglês em mais de 170 países.

Além disso, o Gemini também já está disponível para o Pixel, linha de celulares do Google. O Pixel 8 Pro é o primeiro celular projetado para rodar o Gemini Nano. Assim, usuários que possuem o celular poderão criar resumos de áudios e sugerir respostas inteligentes diretamente no WhatsApp.

A partir de 13 de dezembro, desenvolvedores e empresas poderão usar o Gemini Pro por meio das plataformas de inteligência artificial do Google, o Google AI Studio e Google Cloud Vertex AI.

Por enquanto, não há uma data para o lançamento do Gemini Ultra. A versão mais avançada da IA está passando por verificações de segurança no momento antes de ser liberada em 2024.

Já nos próximos meses, o Gemini estará disponível para mais produtos, como a Busca e o Chrome.

Como o Gemini pode impactar no SEO?

O Gemini já está sendo testado na Busca com SGE. Segundo o Google, a IA está fazendo o SGE mais rápido para os usuários, com uma redução de 40% na latência em inglês nos EUA, além de melhorar a qualidade.

Relembrando, SGE é a sigla para Search Generative Experience, a nova busca do Google com IA generativa. Com o SGE, o usuário pode encontrar mais rápido a informação que busca, assim como possibilita uma maior exploração dos resultados, gerar insights e receber respostas diretas desenvolvidas pela IA.

Outro destaque é que no início de 2024, o Bard Advanced contará com o Gemini Ultra.

Referências do texto

Escrito por Mariana Pessoa

Escrito por Mariana Pessoa

Mariana é estrategista de SEO e apaixonada por Marketing Digital. É também produtora de conteúdo no LinkedIn e escritora de ficção nas horas vagas.

Escrito por Mariana Pessoa

Escrito por Mariana Pessoa

Mariana é estrategista de SEO e apaixonada por Marketing Digital. É também produtora de conteúdo no LinkedIn e escritora de ficção nas horas vagas.

Compartilhe este conteúdo
Compartilhe
Receba o melhor conteúdo de SEO & Marketing em seu e-mail.
Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado
Agende uma reunião e conte seus objetivos
Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.
>