Google Ads: o que é, benefícios e estatísticas

Conversion

Por ,
em

O maior player do mercado de publicidade digital do mundo atende por Google Ads. A ferramenta de anúncios é uma das mais usadas em marketing digital, principalmente por empresas que buscam ampliar sua visibilidade e resultados.

O nome da plataforma de anúncios online era Google Adwords até 27 de junho de 2018, quando o Vice Presidente de Ads & Commerce da Google tornou público o novo nome. A mudança trouxe também novas funcionalidades para atender diferentes perfis de usuários.

É bem verdade que a fama da empresa foi quase toda conquistada pelo sistema de buscas ao longo dos 20 anos de história da companhia criada por Larry Page e Sergey Brin, porém sua principal fonte de receita é a publicidade online da plataforma Google Ads.

Um dos motivos para o sucesso da plataforma no Brasil é que em 2017 a empresa realizou um estudo no país que mostra que a cada R$ 1,00 investido na plataforma Google Ads, os anunciantes obtiveram um retorno que varia entre R$ 3,40 e R$ 8,00.

O que é o Google Ads?

Google Ads

Google Ads é o serviço de publicidade da Google e responsável por 96% do faturamento da empresa. Seu sistema de publicidade é construído por algoritmos que calculam o Custo por Clique (CPC) ou o Custo Por Mil impressões (CPM), ambos visualizados em páginas de pesquisas relacionados às palavras-chave pesquisada em formato de links.

Esta plataforma consegue entregar a publicidade de maneira mais assertiva e segmentada seja qual for o orçamento do anunciante. Os anúncios do Google Ads também são conhecidos como “links patrocinados”, e estão estrategicamente posicionados no topo das páginas e no rodapé delas, oferecendo maior destaque aos anunciantes.

Entendemos, ainda, que estratégias de marketing digital funciona melhor quando Google Ads estão integradas com SEO, Facebook Ads, Instagram Ads, etc.

Apesar de o Google Ads ter sido criado de forma simplificada para que os usuários consigam utilizar a ferramenta sem nenhum treinamento específico, é comum algumas pessoas terem dúvidas sobre o uso.

Conheça as principais formas de anunciar no Google Ads

Se você está preparado para começar a criar seus anúncios é preciso saber quais são as principais  opções de formatos que podem atender o seu negócio da melhor forma. O Google Ads oferece os seguintes modelos: Rede de Pesquisas; Parceiros de Pesquisa; Display; YouTube; Gmail; Aplicativos Mobile; e Google Shopping ou Product List Advertising.

Rede de Pesquisa

Essa é a forma mais popular de anunciar no Google Ads. Este formato é baseado em buscas feitas através de palavras-chave onde o anunciante paga pelo espaço somente quando um usuário clica em seu anúncio, que pode ser feito para produtos, serviços, desde que haja um link de destino, é claro.

Parceiros de Pesquisa

Este formato atende sites que fecham parceria com o Google para exibir seus anúncios em outras páginas de pesquisas. Desta forma, sites parceiros como Walmart, Amazon, eBay, assim como os do próprio Google (Google Maps, Google Images, etc) exibem esses anúncios e isto pode gerar considerável vantagem para o anunciante sobre os seus concorrentes.

Display

Esses são os anúncios gráficos do Google Ads, com apelo visual, e que são exibidos em sites e blogs de todos os tipos. A Rede Display consegue atingir cerca de 90% dos usuários em todo o mundo. Os anúncios Display aparecem em plataformas online enquanto o usuário navega pela internet, ou seja, estão expostos em ambientes digitais configurados para apresentar este material fora da plataforma google, com base nos resultados da última busca daquele usuário.

Veja as opções para a segmentação:

  • Banner: Imagens, animações, layouts personalizados, etc.
  • Texto: anúncios em forma de “caixa de texto” composto por título, descrição, nome da empresa e URL;
  • Gmail: peças que podem ser visualizadas apenas na caixa de entrada dos usuários que possuem conta de email Google.
  • Aplicativo: anúncios exibidos em aplicativos para dispositivos móveis.

YouTube

Quem nunca teve que esperar o anúncio terminar para começar a ver um vídeo interessante no Youtube? Para os usuários da plataforma de vídeos mais usada do mundo essa já é uma prática comum, seja antes ou durante a exibição do conteúdo. São mais de um bilhão de usuários e o anunciante consegue segmentar o anúncio com base em idade, sexo, local, interesses dos usuários, entre outras opções.

Gmail

Os anúncios desenvolvidos para o Gmail facilitam o alcance do público-alvo assim como a expansão dos negócios Os anúncios ficam expostos na parte superior das pastas da interface do Gmail “Promoções” ou “Social” no Gmail. Desta forma é mais fácil destacar o anúncio dentre os 25, 50 ou 100 e-mails nas caixas de entrada.

Aplicativos Mobile

Estes são os anúncios para empresas que buscam ampliar o alcance de seu aplicativo. Neste formato o anunciante pode promover seu app para usuários iOS ou Android. Antes de começar a planejar os anúncios que vão iniciar a sua campanha de marketing digital, vamos conhecer as engrenagens do Google Ads.

Google Shopping ou Product List Advertising

O Google Shopping é a evolução da ferramenta Google Product Search, que funciona assim como as plataformas de pesquisa e comparação de preços de produtos nos sites de compras on-line.

Em 2002 foi lançado com o nome Froogle e a diferença para os comparadores de preços tradicionais era o uso de seus rastreadores para indexar dados assim como na Rede de Pesquisas. Em maio de 2012 a ferramenta foi nomeada Google Shopping e passou a adotar um modelo pago, ou seja, os anunciantes pagam para que seus produtos estejam na lista da plataforma.

5 Principais benefícios de anunciar no Google Ads

1. Apareça para quem está buscando seu serviço ou produto. Aproximadamente 98% de todo o tráfego de pesquisa online do mundo é feito pelo Google e isso significa que o seu cliente final pode estar procurando pelo serviço que a sua empresa oferece neste exato momento e este é o motivo principal para anunciar no Google Ads. A ferramenta permite configurar os anúncios para que somente pessoas interessadas em determinados produtos ou serviços sejam impactadas.

2. Acompanhamento e otimização de conversões. O Google Ads também possibilita o acompanhamento da taxa de conversão das palavras-chave selecionadas para compor cada campanha. Elas precisam ser relevantes para o seu negócio e, por isso, é necessário identificar as palavras que podem trazer os usuários certos para o seu site e identificar termos que têm maior taxa de conversão do que outros.

3. Gere mais vendas no e-commerce com o Google Shopping. O Google Ads criou um sistema exclusivo para que os e-commerces tenham cada vez mais vendas. Neste formato os anunciantes pagam para que seus produtos estejam na lista de destaque do Google Shopping. É possível que os anúncios sejam exibidos na página de resultados somente quando a palavra-chave buscada esteja relacionada aos produtos.

4. Siga seu usuário com o Remarketing. Esta é uma das vantagens que muitas empresas de e-commerce aproveitam para não perder um potencial consumidor de vista. O sistema de remarketing é criado para impactar aqueles usuários que fizeram quase todo o processo de compra. Com o rastro deixado pelo usuário é possível acompanhá-lo em outras plataformas e exibir o anúncio do item que ele demonstrou interesse.

5. Crie anúncios incríveis em formato de vídeo no YouTube. Um em cada três usuários conectados à internet está assistindo um vídeo no YouTube. Diante desta realidade a plataforma é ótima oportunidade para empresas já que bilhões de pessoas com potencial de compra estão reunidos no site. Outra vantagem é o tempo de permanência dos usuários do YouTube na plataforma, que é maior se comparada aos outros canais de mídia social.

Estatísticas do Google Ads

De acordo com o site Statista, ano passado a receita do Google atingiu US$ 109,65 bilhões e o principal motor desta engrenagem é a publicidade online.

Ainda segundo o site, desde maio de 2015 a companhia ocupa o primeiro lugar entre as empresas digitais devido a capitalização de mercado no valor de 510 bilhões de dólares.

Google Ads Estatísticas

Além disso, o Statista mostra também que só em 2017 a empresa gerou mais de US$ 77 bilhões com a venda de anúncios online.

Neste cenário, o CPC (Custo Por Clique) médio do Google Ads teve a menor taxa para os anúncios na Rede de Display, com 0,72 dólares entre 2017 e 2018.

Vale lembrar que em 2016 o Google Ads obteve o melhor ROI (retorno sobre investimento) no setor de serviços de marketing, de acordo com dados do Statista.

A Conversion na mídia
Rede Globo de Televisão SBT Rede Record TV Bandeirantes Portal do UOL Yahoo Notícias Diário do Comércio e Indústria
Voltar ao Topo
fechar

Solicite Orçamento