O que é HTTPS e por que ele é importante para a segurança de seu site

Fabiane Sutiak
Fabiane Sutiak

HTTPS é uma sigla para Hyper Text Transfer Protocol Secure, que é um protocolo que irá proteger a integridade e confidencialidade dos dados que são trocados através da internet

O protocolo HTTPS (Hypertext Transfer Protocol Secure) é uma versão atualizada e segura do HTTP (Hypertext Transfer Protocol) usado para proteger a comunicação entre diferentes sistemas, tornando a troca de informações e dados na internet muito mais segura. Enquanto o HTTP permite a comunicação e transferência de dados entre servidores e clientes, o HTTPS adiciona uma camada extra de segurança criptografando esses dados e garantindo sua integridade e confidencialidade.

A importância do uso do HTTPS tem aumentado com a crescente presença de consumidores e empresas online, e é considerado essencial para manter a segurança dos dados em trânsito. Quando um usuário acessa um site com HTTPS, um cadeado é exibido ao lado do campo de endereço, indicando que o site é seguro e confiável. Essa proteção se dá por meio da criptografia de dados, garantindo que a troca de informações entre os servidores e os usuários seja autenticada e protegida contra espionagem, interferência e alteração de informações por terceiros mal-intencionados.

O protocolo HTTPS tem se tornado cada vez mais importante não apenas para proteger informações financeiras e pessoais, mas também para garantir a segurança e a confiabilidade de todas as interações online entre usuários e sites. Empresas e desenvolvedores de sites precisam estar cientes dessa tendência e garantir a implementação adequada do HTTPS em suas plataformas online para garantir a melhor experiência e segurança para seus usuários.

HTTPS e HTTP: Uma Comparação

HTTP (Hypertext Transfer Protocol) é um protocolo utilizado para transmitir informações pela internet, permitindo que navegadores se comuniquem com servidores web e exibam páginas da web. Por outro lado, HTTPS (Hypertext Transfer Protocol Secure) é uma versão mais segura do HTTP, que inclui uma camada adicional de segurança criptografada chamada SSL (Secure Sockets Layer).

  • Segurança: A maior diferença entre os dois protocolos está na segurança. Enquanto o HTTP transmite informações em texto simples, o HTTPS criptografa os dados antes de enviá-los, tornando-os mais seguros e protegidos contra ataques e espionagem.
  • Velocidade: No passado, o HTTPS era considerado mais lento que o HTTP devido ao tempo adicional necessário para criptografar e descriptografar dados. No entanto, com o avanço das tecnologias de redes e criptografia, essa diferença não é mais significativa na maioria dos casos.
  • SEO: O Google considera a segurança do site um fator importante de ranqueamento. Sites que usam HTTPS têm uma vantagem em termos de SEO em comparação com sites que usam HTTP.

Aqui estão algumas vantagens e desvantagens dos dois protocolos:

HTTPHTTPS
+ Velocidade (antigamente)+ Segurança
+ Menor complexidade+ Melhor classificação no SEO
– Menor segurança– Maior complexidade
– Confiabilidade reduzida– Potencial impacto na velocidade

Embora a adoção do HTTPS tenha aumentado significativamente nos últimos anos devido à sua segurança aprimorada, ainda existe um grande número de sites que utilizam HTTP. No entanto, é altamente recomendável que os proprietários de sites migrem para o uso do HTTPS para garantir a segurança e a privacidade dos dados de seus visitantes e melhorar o desempenho do SEO.

Como o HTTPS Funciona

O HTTPS (Hypertext Transfer Protocol Secure) é uma versão mais segura do HTTP, que utiliza criptografia para proteger os dados transmitidos entre o navegador e o servidor. Ele funciona através de um processo que envolve o uso de certificados SSL/TLS e criptografia, mantendo a privacidade e integridade das informações compartilhadas.

Quando um usuário acessa um site com HTTPS, o navegador solicita os dados do certificado SSL do site. Este certificado inclui a chave pública do site, que é usada para iniciar a conexão segura.

Existem dois tipos de criptografia envolvidos no processo do HTTPS: a criptografia simétrica e a assimétrica. A criptografia assimétrica é utilizada para autenticar a comunicação entre o navegador e o servidor, enquanto a criptografia simétrica é usada para manter a confidencialidade e integridade dos dados transmitidos (Stack Overflow em Português).

Ao estabelecer a conexão, o navegador e o servidor realizam um processo chamado handshake onde eles:

  1. Trocam informações sobre as versões e capacidades do protocolo SSL/TLS suportadas;
  2. Verificam a autenticidade do certificado SSL do site, garantindo que ele foi emitido por uma Autoridade Certificadora (CA) confiável;
  3. Negociam as chaves de criptografia que serão utilizadas na conexão.

Após completar o handshake, o navegador e o servidor passam a trocar informações criptografadas, garantindo que os dados transmitidos estejam protegidos contra interceptação e alteração por terceiros mal-intencionados.

Em resumo, o HTTPS proporciona uma camada adicional de segurança, protegendo as informações dos usuários e garantindo que o conteúdo visualizado no navegador seja autêntico e de confiança. A adoção do HTTPS é essencial para sites que lidam com informações sensíveis, como dados bancários e senhas de acesso, mas tem se tornado cada vez mais importante para qualquer tipo de site na internet.

Navegadores e HTTPS

Os navegadores modernos desempenham um papel crucial no uso do HTTPS. Eles são responsáveis por estabelecer uma conexão segura entre o servidor e o cliente, garantindo a troca de informações de forma protegida. Neste contexto, é importante compreender como os navegadores interagem com o protocolo HTTPS e quais benefícios proporcionam aos usuários.

Ao acessar um site, o navegador verifica se o servidor utiliza o protocolo HTTPS, identificando a presença de um certificado SSL/TLS. Caso o certificado seja válido e de uma autoridade certificadora confiável, uma conexão segura é estabelecida. Os principais navegadores, como Google Chrome, Mozilla Firefox e Microsoft Edge, mostram um ícone de cadeado na barra de endereços para indicar que a conexão é segura.

Além disso, os navegadores oferecem diferentes níveis de suporte e funcionalidades relacionadas ao HTTPS:

  • Visualização clara aos usuários quando um site é seguro.
  • Bloqueio de conteúdo misto (HTTP e HTTPS na mesma página).
  • Possibilidade de acessar apenas sites HTTPS quando o Modo de Navegação Privada está habilitado.

A importância do HTTPS é cada vez maior, e os navegadores estão constantemente atualizando suas políticas de segurança. Um exemplo desta evolução é a desativação do suporte ao protocolo HTTPS com certificados TLS 1.0 e 1.1, pois estes apresentam vulnerabilidades e são considerados obsoletos.

O protocolo HTTPS contribui para a confiança e segurança dos usuários ao navegar pela internet. Ter em mente a relação entre navegadores e HTTPS é fundamental para garantir uma experiência online segura e protegida.

Segurança em HTTPS

A segurança do HTTPS é fortalecida através de um Certificado SSL (Secure Sockets Layer) ou TLS (Transport Layer Security). Embora os termos SSL e TLS possam ser usados de forma intercambiável, é importante destacar que, tecnicamente, o SSL não é mais utilizado nos dias de hoje.

Uma das principais vantagens do protocolo HTTPS é que ele proporciona uma conexão segura contra possíveis ataques e interceptações de dados. Além disso, o uso do HTTPS auxilia na conformidade com leis de proteção de dados e melhora o desempenho do site.

Aqui estão algumas recomendações para aumentar a segurança ao utilizar HTTPS:

  • Atualize regularmente os certificados SSL/TLS, garantindo que apenas os métodos de criptografia mais recentes e seguros sejam utilizados.
  • Implemente a funcionalidade HSTS (HTTP Strict Transport Security), que força a conexão segura via HTTPS e reduz o risco de ataques “man-in-the-middle”.
  • Use HTTP Public Key Pinning (HPKP), que vincula os certificados a uma chave pública específica, garantindo mais segurança na autenticação.
  • Monitore continuamente o tráfego do site e observe quaisquer sinais de atividade suspeita, como tentativas de acesso não autorizado.
  • Certifique-se de que todos os recursos do site, como imagens e scripts, também sejam servidos via HTTPS.

HTTPS e SEO

O uso do HTTPS tem um impacto significativo na otimização dos mecanismos de busca (SEO) e pode ajudar a aumentar o posicionamento do seu site nos resultados do Google. Sabe-se que o Google, desde 2014, menciona o HTTPS como um fator de classificação. Nesta seção, abordaremos algumas razões pelas quais a adoção do HTTPS é importante para melhorar a performance do SEO.

Em primeiro lugar, a segurança é uma prioridade para os usuários e mecanismos de busca. O protocolo HTTPS garante a proteção de dados, como informações pessoais e transações financeiras. A adoção desse protocolo gera confiança entre os visitantes, aumentando o engajamento e a permanência no site. Um maior engajamento, por sua vez, pode levar a um maior ranqueamento nos resultados das pesquisas.

Além disso, o uso do HTTPS é benéfico para a velocidade de carregamento das páginas. Páginas com carregamento rápido também são um fator que os algoritmos de SEO levam em consideração para classificar um site. Segundo informações fornecidas pela Hostinger, o HTTPS pode melhorar a performance na transmissão de dados, contribuindo assim para uma experiência de usuário mais fluida e rápida.

Outro aspecto interessante é a contribuição do HTTPS para o refinamento do tráfego de referência. Quando os usuários vêm de um site HTTPS para um site HTTP, os dados de referência podem ser perdidos, dificultando a análise das métricas. Um site com HTTPS preserva essas informações e permite uma análise aprimorada dos dados para implementação de estratégias e ações de marketing digital.

Para resumir, a adoção do protocolo HTTPS proporciona:

  1. Maior segurança e confiança do usuário.
  2. Velocidade de carregamento de página aprimorada.
  3. Refinamento do tráfego de referência.

A aplicação do HTTPS em seu site é uma medida essencial para alavancar o sucesso do SEO e atingir um posicionamento melhor nos mecanismos de busca. Investir na segurança e na experiência do usuário certamente trará resultados positivos para a presença online da sua marca.

Como saber a validade do meu certificado HTTPs?

Certificados de segurança na internet possuem uma data de validade. Para saber quanto tempo seu site está protegido e seguro, basta clicar no cadeado que aparece ao lado do endereço do seu site, conforme imagem abaixo:

Como saber a validade do https
Como saber a validade do https?

Em seguida clique em “A conexão é segura”:

A conexão é segura
Clique em “A conexão é segura”

Clique em “O certificado é válido”:

site seguro https
Clique em “O certificado é válido”

Uma nova janela se abrirá mostrando as informações do certificado HTTPs, tal como sua emissão e validade.

O que fazer após adicionar o certificado HTTPs no meu site?

A partir do momento em que determinamos que nosso site possuirá uma navegação segura, precisamos informar isso para o Google e outros buscadores.

Dicas do que fazer após migrar o site para HTTPs:

  • Crie uma nova propriedade no Google Search Console para a versão do site em HTTPs;
  • Atualize seu sitemap.xml para as urls com HTTPs;
  • Atualize o Google Analytics Universal para a versão HTTPs;
  • Adicione um lembrete de agenda para a data de vencimento do certificado HTTPs;
  • Adicione dentro do site (no rodapé) os certificados de segurança que seu site possui.
Escrito por Fabiane Sutiak

Escrito por Fabiane Sutiak

Escrito por Fabiane Sutiak

Escrito por Fabiane Sutiak

Compartilhe este conteúdo
Compartilhe
Receba o melhor conteúdo de SEO & Marketing em seu e-mail.
Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado
Agende uma reunião e conte seus objetivos
Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.
>