Volatilidade da SERP registra novo pico em Setembro, mas origem ainda é desconhecida

Bruna Rodrigues
Bruna Rodrigues

Ferramentas de todo o mundo registram picos de flutuação na SERP, mas impacto real não parece expressivo. Será que vem atualização por aí? Ou volatilidade tem outra origem?

Nos últimos dias 15 e 16 de setembro, a ferramenta SERP Volatility, desenvolvida pela Conversion, registrou dois grandes picos de flutuação de posições na página de resultados do Google.

A ferramenta não registrava pontos acima de 200 desde o mês de julho, quando dois expressivos picos de volatilidade expuseram um grande bug ocorrido no Google.

Hoje, por sua vez, a ferramenta registrou 229 pontos.

[xyz-ihs snippet=”volatility”]

(Para ver o gráfico de setembro, clique aqui)

Ferramentas que calculam a volatilidade da SERP no mundo todo também registraram números incomuns.

O SEMRush Sensor indica índice de volatilidade muito alto, com 8.2 pontos.

SERP Sensor

O Mozcast, medidor de turbulências da agência americana Moz, também apontou alta temperatura.

E, por mim, o RankRanger também mostra que não havia dados tão altos de flutuação desde 26 de agosto.

RankRanger

Números expressivos, mas pouco impacto

Barry Schwarts, editor do site Search Engine Roundtable, fez menção às ferramentas estarem mostrando grande instabilidade, mas poucos profissionais de SEO ao redor do mundo têm se manifestado sobre diferenças de posicionamento em seus websites.

No fórum WebMasterWorld, dedicado a assuntos relacionados à tecnologia e search, alguns usuários disseram estar notando alguma variação no dia de hoje, com início ontem, mas segundo Schwartz, o burburinho está bem menor do que o usual entre a comunidade.

Entre os profissionais que notaram diferenças em seus rankings, inclusive, poucos expressaram preocupação com quedas muitos grandes.

Uma das possibilidades levantadas por Barry é que toda essa flutuação esteja sendo causada por alguma mudança de código feita pelo Google cujo impacto mostrou-se apenas nas ferramentas.

O tamanho da variação registrada hoje poderia anunciar uma atualização de algoritmo grande, como um core update, por exemplo, mas é costume do Google fazer um anúncio formal antes de mudanças de grande comoção.

Por enquanto, veículos de comunicação importantes para a indústria de SEO não divulgaram notícias a respeito da estranha movimentação de rankings registrada por diversas ferramentas.

O que é o SERP Volatility?

Desenvolvida com exclusividade pela Conversion, a ferramenta SERP Volatility é a primeira e única ferramenta de mensuração de volatilidade na SERP focada no Google Brasil.

Apesar de ainda estar em sua versão beta, seu funcionamento é de suma importância: a identificação de grandes oscilações de posicionamento em uma página de resultados pode antever uma grande atualização de algoritmo.

Seus dados trazem dois índices: a volatilidade real e a volatilidade simples. O primeiro, mede o impacto das mudanças de posições; o segundo, a mudança frequente de posições.

Escrito por Bruna Rodrigues

Escrito por Bruna Rodrigues

Escrito por Bruna Rodrigues

Escrito por Bruna Rodrigues

Compartilhe este conteúdo
Compartilhe
Receba o melhor conteúdo de SEO & Marketing em seu e-mail.
Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado
Agende uma reunião e conte seus objetivos
Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.
>