Qual a importância de Link Building?

Diego Ivo
Diego Ivo

Segundo estudo recente da Conversion, apenas 42% dos gestores de marketing investem em ações de link building. Considero este número bastante baixo, uma vez que o link building muitas vezes é determinante para uma página ficar bem posicionada nos mecanismos de busca. Por isso, resolvi escrever este artigo para explicar a importância do link building em uma estratégia de SEO.

Minha leitura é que o mercado, de modo geral, ainda desconhece o poder que o link building tem e qual é de fato o seu papel dentro do SEO, especialmente na prática. Olhando o copo meio cheio, este cenário está mudando. De acordo com dados do mesmo estudo, entre os que investem em link building 82% vêm os resultados das ações.

Um grande problema é que ainda menos da metade (47,9%) investe em Assessoria de Imprensa / Digital PR como estratégia de link building. Este número é alarmante porque, em tese, este deveria ser um dos únicos formatos hoje de se investir em SEO Off-Page. Ou pelo menos o principal.

Conforme a pesquisa, 82.6% das pessoas investem em conteúdo de qualidade para receber links, o que é bom, mas é um trabalho passivo. Uma parte significativa do mercado (33%) também continua investindo em guest blog, o que não é recomendado.

Internamente na Conversion, realizamos análises para entender qual a causa e efeito de uma série de ações que realizamos. Sabemos que o SEO é muito sistêmico e que está conectado a uma série de variáveis, entretanto é o link building a ação que, isolada, mais gera resultados.

Por outro lado, nosso time também entende que uma página que não esteja suficientemente otimizada não irá rankear tão bem, mesmo recebendo muitos links. Isso acontece porque o Google procura rankear as páginas que melhor respondem à intenção de busca do usuário e proporcionam a melhor experiência do usuário.

Uma página pode rankear sem links, mas não para termos muito concorridos

Em SEO, não existe um único caminho possível. Algumas pessoas comentam que há “anomalias” no algoritmo do Google, em especial quando páginas posicionam bem, recebem ótimo tráfego, sem receber qualquer tipo de link. A verdade é que de fato uma página pode rankear sem receber nenhum link, mas dificilmente irá competir com palavras-chave muito concorridas.

Há cerca de 2 anos, um outro estudo que fizemos apontou que há uma enorme correlação entre uma URL ter boa autoridade de página e autoridade de domínio (métricas geradas a partir de links internos e externos). Em nosso estudo, que analisou páginas de e-commerce, a média de autoridade de domínio na primeira página era de 70. Mas a correlação fica ainda mais forte quando vemos a autoridade de página:

Análise competitiva mostra a importância de link building

SEO é muito mais sobre a relação de uma página com os seus concorrentes do que com ela própria. Dizendo de outra maneira, uma página irá ficar melhor posicionada que outra porque uma é considerada melhor que a outra. Simples assim.

Para entender quais fatores mais estão impactando os resultados, sempre recomendo a realização de uma análise competitiva, comparando os 10 principais resultados para uma palavra-chave (mais o de seu site, caso ele não esteja na listagem) e analisar 12 critérios importantes (todos eles estão aqui.)

Como resultado, você pode ter uma tabela mais ou menos como esta:

Em uma análise como esta, os itens verdes-escuro são as notas mais altas e os mais brancos são as notas baixas. Devemos procurar nesta análise criar hipóteses para correlacionar determinadas métricas a melhor posicionamento.

No exemplo acima (e é interessante trazê-lo), link building não parece ser o principal fator, pelo menos quando olhamos para PA (que é a Page Authority, ou autoridade de página). Mas métricas relacionadas a experiência do usuário (duração da sessão, tamanho mediano do conteúdo), reputação de marca (Share of Search) e DA (Domain Authority, ou autoridade de página), esta última que é também resultado de link building, está mais correlacionado.

Você precisará de link building para concorrer com grandes sites

Entre todas as métricas acima, existem algumas que são em tese mais acionáveis e que estão mais correlacionadas com posicionamento nas buscas. São elas: Domain Authority, Page Authority, On-Page Moz Score e Tamanho de Conteúdo.

O que muitas vezes acontece é que sites conseguem chegar a um bom nível SEO On-Page, usando a Moz como indicador, bem como de tamanho de conteúdo. O problema é que a concorrência tem autoridade de domínio muito forte. Nestes cenários, é praticamente impossível um site posicionar sem ações estratégicas de link building e SEO Off-Page.

Não é somente sobre receber links, é sobre ser autoridade

Por fim, ainda existe um último “preconceito” sobre link building que trata esse processo como algo mecânico. Não é. O Google somente usa os links externos de uma página como uma forma de medir a reputação da página, porque entende que a reputação é importante. Porém, se for uma reputação forjada e não sustentável, não surtirá efeito ou poderá gerar problemas de punição no médio/longo prazo.

Mas este é assunto para um outro conteúdo. Caso se interesse, eu gravei uma masterclass gratuita sobre SEO Off-Page, que está disponível para acesso imediato através deste link.

Escrito por Diego Ivo

Escrito por Diego Ivo

Diego é CEO da Conversion, agência Líder em SEO e especializada em Search. Possui mais de uma década de experiência no mercado digital e é um dos principais experts no Brasil em SEO.

Escrito por Diego Ivo

Escrito por Diego Ivo

Diego é CEO da Conversion, agência Líder em SEO e especializada em Search. Possui mais de uma década de experiência no mercado digital e é um dos principais experts no Brasil em SEO.

Compartilhe este conteúdo
Compartilhe
Receba o melhor conteúdo de SEO & Marketing em seu e-mail.
Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado
Agende uma reunião e conte seus objetivos
Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.
>