Plural e singular: como o Google ranqueia diferentes versões da mesma palavra?

Bruna Rodrigues
Bruna Rodrigues

Entenda como o Google diferencia palavras-chave escritas em plural e singular para entregar os melhores resultados para cada intenção de busca.

Alguma vez você fez uma pesquisa no Google para um termo e, não encontrando o que gostaria, refez a pesquisa utilizando o mesmo termo, mas em uma versão diferente desta mesma palavra?

Eu já. E trabalhando no mercado de Search há mais de seis anos, posso afirmar que a grande maioria dos usuários também já fez.

As diferenças de ranking entre o singular e o plural de uma mesma palavra-chave são uma discussão antiga na comunidade de SEO, e, após grandes atualizações de algoritmo, focadas em uma maior compreensão do contexto semântico — Hummingbird e Google BERT, por exemplo —, a questão ficou ainda mais evidente.

Em um hangout para webmasters que foi ao ar no dia 26 de junho, John Mueller falou um pouco sobre como o Google entende a questão ao responder a dúvida de um espectador.

Sendo essa uma questão especialmente sensível para e-commerces, a pergunta feita durante a transmissão foi a seguinte:

“Tenho uma questão sobre as formas singular e plural de uma mesma palavra-chave.

Para um de meus clientes, a palavra-chave é [abrigos de jardim em Sydney] / [abrigo de jardim em Sydney].

Palavra a palavra [abrigos de jardim em Sydney], o Google ranqueia a página de categoria de abrigos de jardim.

Mas, para o singular desta mesma palavra, o que está ranqueado no Google é um post de blog, e não a página de categoria.

Por que essa diferença se as duas versões são da mesma palavra?”

Diferentes intenções de busca

Ao falar sobre o assunto, Mueller deixou claro que sua resposta não se direcionava especificamente para o cliente de seu espectador, mas sobre como o Google lidava com a questão de maneira generalizada.

“Veríamos essas buscas de maneiras distintas… E quando as enxergamos como ligeiramente diferentes, então podemos pensar que uma página faz mais sentido que a outra para o usuário.

Portanto, de modo geral, com singular e plural, nós os reconhecemos como mais ou menos sinônimos.

Por outro lado, também reconhecemos que podem haver aspectos únicos em um ou em outro termo.

Por exemplo, se você está buscando por um plural, talvez esteja interessado em uma lista ou uma página de comparações, como uma página de categoria com diferentes tipos de itens.

De qualquer modo, isso é algo que nosso sistema tenta levar em conta, e pode gerar resultados ligeiramente diferentes para uma palavra ou para a outra.”

A resposta de John toca em um ponto muito importante a ser observado em uma estratégia de SEO: a intenção de busca do usuário.

Quando buscamos, por exemplo, por [bolsa feminina preta], estamos sendo bastante específicos no tipo de bolsa feminina que queremos: uma bolsa preta.

Essa busca tende a entregar páginas de produto na SERP.

Já a busca para [bolsas femininas] tem um sentido mais amplo e reflete o desejo de ver vários tipos de bolsas, geralmente para compará-las, antes de chegar à decisão final.

Essa busca, por sua vez, tende a mostrar na SERP páginas de categoria, páginas de busca ou sites comparadores de preço.

Também vale dizer que a capacidade do buscador de captar a intenção de busca de um usuário não se restringe apenas à palavra-chave usada por ele no campo de pesquisa, mas também a todo o seu comportamento na web, incluindo aspectos como histórico de navegação, de pesquisa e até mesmo acessos diretos realizados por ele.

Como otimizar minhas páginas para as diferentes interpretações?

Mueller prossegue com a sua resposta ao explicar que não é tão simples assim otimizar uma página para o plural ou para o singular de sua palavra-chave principal, porque a análise vai muito além do termo em si utilizado.

“Isso é algo que você não pode realmente forçar além de fazer alguns ajustes sutis, mantendo a certeza de que naquela página estão as palavras e frases certas, e as linkando internamente da melhor forma.

Mas, às vezes, isso é um pouco complicado.”

A grande questão é que tentar otimizar suas páginas para o plural ou singular de uma palavra-chave pode ter resultados negativos se a escolha das palavras não for cuidadosa.

Uma vez que a decisão de mostrar ou não aquela página para uma determinada pesquisa é do buscador, convém permitir que essa escolha seja feita somente e tão somente pelo Google.

Vale também observar o comportamento dessas entregas, e de como o usuário interage com elas, como um importante indicativo da real intenção do seu público-alvo ao buscar por uma ou outra versão das mesmas palavras.

John ainda cita que a pergunta que deve ser feita antes de qualquer alteração em quaisquer páginas do seu site com o objetivo de otimizá-las para estas buscas é: isso realmente faz sentido?

Caso essa reflexão não seja feita de maneira profunda, corre-se o risco de tentar consertar uma página que não está “quebrada”, ocasionando perdas de posições desnecessárias para páginas que, ainda que ao contrário do esperado, tinham bom histórico de performance para outras intenções.

Foco no conteúdo

A melhor maneira de otimizar um site para a intenção de busca de seu público-alvo é entregando o conteúdo mais relevante possível para as necessidades desse público.

Vender é resolver um problema, e em SEO não é diferente: se o seu nicho de mercado tem abertura para diferentes intenções de busca, volte diferentes seções do seu site para cada uma delas e amplie as possibilidades de solução que o seu conteúdo pode oferecer.

Deste modo, ainda que um mesmo usuário possa ter diferentes intenções de busca ao mesmo tempo — como por exemplo um consumidor que deseja comprar uma mangueira específica mas não sabe exatamente qual é o melhor conector para ela, portanto deseja dois produtos diferentes —, o seu site estará preparado para ele.

Esta relação entre usuário e conteúdo é um dos pontos mais importantes de uma boa estratégia de SEO para e-commerce e deve estar entre os principais aspectos analisados pelos profissionais.

Veja abaixo a resposta de John Mueller e a gravação do hangout na íntegra:

Escrito por Bruna Rodrigues

Escrito por Bruna Rodrigues

Escrito por Bruna Rodrigues

Escrito por Bruna Rodrigues

Compartilhe este conteúdo
Compartilhe
Receba o melhor conteúdo de SEO & Marketing em seu e-mail.
Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado
Agende uma reunião e conte seus objetivos
Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.
>