O que é hreflang e como ele pode ser utilizado no seu site

Mariana Pessoa
Mariana Pessoa

Hreflang é um atributo que diz ao Google que a página de um site possui versões em outros idiomas ou para países diferentes. É essencial para fazer SEO internacional.

Se você é uma pessoa observadora, já deve ter reparado que sites que representam marcas em diferentes regiões possuem versões localizadas. Assim, não é necessário criar vários sites para única empresa, caso ela atue em outros países além do original.

E a tag hreflang existe justamente para facilitar este processo! Por isso, o conteúdo de hoje tem o objetivo de explicar quando ela deve ser utilizada, sua aplicação e importância na estratégia de SEO.

O que é hreflang?

A tag hreflang é um atributo que indica ao Google a linguagem de uma página específica. Através da hreflang, os mecanismos de busca podem mostrar os resultados aos usuários de acordo com a linguagem que eles estão buscando.

Ou seja, a tag ajuda o Google a direcionar os usuários para a versão correta de uma página, condizendo com o idioma ou região de busca. É indicado usar nas seguintes situações:

  • Quando o site segue com um idioma principal, mas você decide traduzir o template das páginas, como a área de navegação e rodapé. 
  • O conteúdo apresenta variações regionais em um mesmo idioma. Um exemplo é o Português, que é diferente no Brasil, Portugal e outros países.
  • Ou quando o conteúdo do site é traduzido para vários idiomas diferentes, criando novas versões de cada página.

Como a tag hreflang funciona?

A tag hreflang funciona indicando ao Google qual a idioma e/ou região de uma página. 

Vamos a um exemplo: se você buscar pelo site de uma empresa que está localizada em dezenas de países e em diferentes idiomas, o algortimo da Pesquisa Google, com ajuda da tag hreflang, vai avisar ao Gooblebot que a página buscada pelo usuário possui versão em português do Brasil.

Dessa forma, ao invés do usuário ter o trabalho de mudar a linguagem do site ou página ao acessar, o próprio Google já vai redirecioná-lo ao destino correto. Muito melhor, não é? Então, podemos até dizer que o hreflang funciona como um redirect aos usuários de acordo com sua linguagem ou região.

Onde a tag hreflang pode ser inserida? 

A hreflang pode ser implementada no HTML das páginas, nos cabeçalhos HTTP ou no sitemap.

Quais são as diretrizes para utilizar a tag hreflang?

Como sempre, o Google desenvolveu diretrizes e boas práticas para o uso da tag, independente do método escolhido. Confira:

  • As versões das páginas/site precisam listar a si mesma além de todas as outras;
  • É preciso que todos os URLs alternativos sejam qualificados, incluindo o médoto de transporte (http/https);
  • Os URLs alternativos não precisam estar no mesmo domínio;
  • Caso o site tiver vários URLs alternativos para o mesmo idioma segmentados por localidades, o Google recomenda fornecer um URL genérico para os usuários não especificados geograficamente naquele idioma. Então, ao invés de ser “pt-br”, seria apenas “pt”;
  • Se duas páginas não apontarem uma para outra, as etiquetas hreflang serão ignoradas. Isso porque o Google quer evitar que pessoas mal intencionadas criem tags como uma versão alternativa de páginas de outros proprietários de sites;
  • É possível omitir alguns idiomas em certas páginas, caso necessário;
  • Por fim, o Google sugere sempre adicionar uma página substituta para idiomas sem correspondência, tipo um idioma/região “padrão”. 

Como aplicar a tag hreflang utilizando o sitemap? 

Para implementar a tag hreflang a partir do sitemap, basta adicionar o elemento <loc> especificando um único URL, com entradas secundárias <xhtml:link>, listando todas as variantes de idioma ou localidade da página. Não esqueça de incluir a original!

Se optar pela implementação via sitemap, ferramentas gratuitas como o Hreflang Sitemap Tool podem ajudar. 

No caso da ferramenta citada, ela converte as URLs do seu sitemap em uma planilha CSV. Assim, você consegue criar as tags rapidamente e de forma automatizada, dependendo dos seus conhecimentos em Exce, e depois usar a ferramenta novamente para converter a planilha no seu novo sitemap.

Regras para utilizar a hreflang no sitemap

Além das diretrizes já apresentadas, ao utilizar a etiqueta hreflang no sitemap há outras regras a serem seguidas:

  • Você deve especificar o namespace xhtml da seguinte forma: “xmlns:xhtml=”http://www.w3.org/1999/xhtml” (sem as aspas);
  • Crie um elemento <url> separado para cada URL;
  • Cada elemento <url> precisa incluir um filho <loc> que indique o URL da página;
  • Cada elemento <url> precisa ter um elemento secundário <xhtml:link rel=”alternate” hreflang=”supported_language-code”> listando todas as versões alternativas da página, inclusive a original. A ordem desses elementos <xhtml:link> não importa, mas é indicado manter todos na mesma ordem facilita a verificação de erros. É importante sinalizar que elementos secundários não são contabilizados no limite de URL para sitemaps;
  • Sempre faça upload do sitemap para um diretório no seu site a que o sitemap se aplica;
  • Siga as demais orientações e diretrizes para sitemaps no Google.

Como aplicar a tag hreflang no HTML das páginas? 

Os passos para adicionar a tag hreflang no HTML são simples! Basta adicionar <link rel=”alternate” hreflang=”lang_code”… > ao cabeçalho da página. O indicado pelo Google é que a tag esteja próxima à parte superior do elemento <head> e dentro dele.

Assim como no sitemap, é preciso informar com a tag todas as variações de idioma de região da página, incluindo ela mesma. Esta é a sintaxe de cada tag:

<link rel=”alternate” hreflang=”lang_code” href=”url_of_page” />

  • land_code é o local onde você deve inserir o código do idioma e/ou região da página ou a versão padrão x-default.
  • url_of_page é onde deve estar o URL da página referente ao idioma ou região especificados no land_code.

Para ficar mais claro, confira o exemplo do código:

<link rel=”alternate” hreflang=”pt-br” href=”https://paginadeexemplo.com/pt-br/” />

Sobre a tag hreflang no HTML, é preciso sinalizar que, dependendo da quantidade de páginas seu site tiver, pode ser trabalhoso implementar e ainda ser mais uma coisa para o navegador levar em consideração na hora de carregar a página. Por isso, analise bem o que é o melhor para o seu negócio e estratégia!

Como encontrar o código dos idiomas e regiões?

O código do idioma é no formato ISO 639-1 e da região é ISO 3166-1 Alfa 2. Como é muito comum errar na hora de construir a tag, a Aleyda Solis desenvolveu um Gerador de Tag Hreflang, que é recomendada pelo próprio Google, e está disponível gratuitamente para uso.

E se você quiser testar a página para garantir que a tag está correta, existe a ferramenta gratuita do Technical SEO, um site incrível com muitas ferramentas bacanas, o hreflang Tags Testing Tool. Ah, também é indicado pelo Google!

Para monitorar os resultados das segmentações pela tag hreflang, utilize o Google Search Console. Qualquer erro ou anormalidade pode ser encontrado pela plataforma.

Qual a importância da tag hreflang para SEO internacional? 

A tag hreflang é essencial para quem quer fazer SEO internacional. Recentemente, a Conversion lançou seu site em inglês para internacionalizar a marca, e adivinhem só? A tag hreflang está presente no código para garantir o acesso à outras línguas além do inglês:

Então, caso você tenha um site principal em Português e queira internacionalizar a marca, ou seja, torná-la conhecida em outras regiões ou idiomas, será preciso dominar a tag e usá-la com corretamente.

Assim, não será você não terá problemas com páginas duplicadas, porque o hreflang funciona como uma tag canonical por si só, e ainda garantirá uma boa experiência ao usuário e, de quebra, estará influenciando nos fatores de SEO On-page e Técnicos do seu site.

Conclusão

A internacionalização é desejo de muitas marcas, mas poucas conhecem os aspectos técnicos necessários para evitar problemas comuns de SEO neste momento. Por isso, é essencial estudar a tag hreflang e analisar a melhor forma de implementá-la em suas páginas.

Tendo um objetivo concreto e as tecnologias necessárias, você verá que saber utilizar a tag hreflang vai facilitar a sua vida e da empresa. E caso você queira seguir estudando sobre SEO, recomendo a leitura do conteúdo sobre dados estruturados, que também são um diferencial em uma estratégia de SEO bem feita. 

Referências do conteúdo

Escrito por Mariana Pessoa

Escrito por Mariana Pessoa

Mariana é estrategista de SEO e apaixonada por Marketing Digital. É também produtora de conteúdo no LinkedIn e escritora de ficção nas horas vagas.

Escrito por Mariana Pessoa

Escrito por Mariana Pessoa

Mariana é estrategista de SEO e apaixonada por Marketing Digital. É também produtora de conteúdo no LinkedIn e escritora de ficção nas horas vagas.

Compartilhe este conteúdo
Compartilhe
Receba o melhor conteúdo de SEO & Marketing em seu e-mail.
Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado
Agende uma reunião e conte seus objetivos
Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.
>