Descubra quais são os profissionais de SEO e suas funções para montar um time

Prosperidade Conteúdos
Prosperidade Conteúdos

Profissionais necessários variam de acordo com as características do negócio

Montar uma equipe de SEO não é uma tarefa fácil. Afinal, trata-se de uma disciplina complexa. Além disso, é preciso definir prioridades. Dependendo do estágio de maturidade do negócio, orçamento e necessidades do projeto, alguns profissionais são essenciais, outros dispensáveis. 

Liderança, marketing, conteúdo, design e desenvolvimento são apenas algumas áreas que rodeiam esse universo. Por essa razão, saber quais são as atribuições dos profissionais de SEO é fundamental na montagem de times.

Neste artigo, você verá algumas dicas para montar um time e conhecerá alguns dos cargos de profissionais de SEO disponíveis no mercado. 

Como montar uma equipe de SEO?

Existem diferentes modelos de equipes de SEO. Nas equipes in-house, há times internos completos voltados à otimização. Outro formato, comum em empresas de nível enterprise,  consiste na contratação de times externos dedicados. 

Por fim, temos as equipes híbridas, que consistem na aliança entre equipes internas e externas, muitas vezes agências. As necessidades de contratação variam de acordo com o molde.  

Para Lucas Ise, coordenador de SEO da Conversion, o mínimo que uma equipe precisa ter é um analista de SEO pleno/sênior com visão de negócio e analítico. Segundo ele, “essa pessoa deve ser capaz de se conectar com outras áreas da empresa para mitigar possíveis travas na implementação das melhorias propostas e no entendimento das necessidades do negócio”. 

De fato, essa é uma posição que exige um olhar holístico sobre a empresa. Justamente pelo fato de que uma boa estratégia de SEO exige diferentes habilidades, muitas vezes as tarefas ficam estagnadas. A versatilidade de um profissional de nível avançado pode fazer toda a diferença. 

Quando questionado sobre a configuração ideal para uma equipe de SEO completa, Ise apontou estes caminhos:

“Um deles é a multidisciplinaridade para uma atuação autônoma no projeto, contendo uma pessoa focada em cada área: conteúdo, SEO técnico, desenvolvimento e estratégia. Caso a empresa possua áreas para cada uma das disciplinas, a equipe de SEO deve se conectar com cada uma das áreas com autonomia e reconhecimento por parte dos demais, para que possam discutir e levantar oportunidades de melhorias nos processos e entregas de cada frente”. 

Com relação à identificação da necessidade de terceirização do serviço, Lucas diz que existem diferentes possibilidades. De acordo com ele, “o primeiro sinal é uma estagnação nas ações e crescimento de performance. Entende-se que a equipe interna ou responsáveis precisam de uma nova visão e conhecimentos aprofundados no SEO”. 

“Uma segunda abordagem seria no processo inicial de disseminação da cultura de SEO para que os C-levels visualizem a necessidade de uma estrutura de SEO e, com isso, tomem a decisão de investir em uma equipe interna”, continua. 

Por fim, o coordenador conclui: “O terceiro é um cenário em que o stakeholder visualiza o crescimento da performance no orgânico, porém entende que o time responsável precisa de apoio para acelerar o processo e ganhar conhecimento sobre atualizações e melhores práticas do mercado. Muitas vezes o próprio gerente/diretor precisa de apoio para gerenciar o projeto de SEO e direcionar o analista interno”. 

O último cenário é, para Lucas Ise, o maior desafio de qualquer projeto. Sobre a aliança entre equipes internas de SEO e equipes terceirizadas, ele diz: 

“A união e alinhamento de ambas as partes deve existir de forma complementar. A equipe interna é responsável por passar a visão de negócio e validar as sugestões do time externo de acordo com as necessidades e possibilidades da empresa. A equipe externa deve ser muito aberta e curiosa para entender os desafios do negócio para alinhar as sugestões de melhorias, sem deixar de lado a visão externa que, muitas vezes, tem menos ‘vícios’”. 

“Aqui existe um choque de culturas organizacionais e uma diferença nos processos e metodologias. É comum que o cliente peça para que a equipe externa se adeque às metodologias da empresa, porém ambos os lados devem entender que pontos podem ceder para que haja equilíbrio e alinhamento das operações”, completa. 

Quais são os profissionais de SEO?

Três pessoas representando os tipos de profissionais de SEO

Antes de conhecer quais são os principais profissionais de SEO e suas funções, é preciso entender que existem profissionais multivalentes e especialistas. Isso quer dizer que é preciso alinhar exatamente com o candidato quais são as necessidades e expectativas antes da contratação. 

Em muitos casos, um mesmo profissional é capaz de atuar em múltiplas frentes. Em outros, atribuições similares se esbarram. 

A seguir, conheça os diferentes tipos de profissionais de SEO, tendo em mente que a necessidade de cada um deles é variável.

Gerente de SEO

O gerente de SEO é um profissional sênior que lidera equipes de SEO. Ele supervisiona e orienta os demais integrantes em todas as frentes da otimização. Por esse motivo, é necessário experiência, visão estratégica e conhecimento técnico nas principais vertentes da área.

Gerente de Marketing

Embora nem sempre seja integrado a equipes de SEO, o gerente de marketing deve se comunicar com o setor. Ele é responsável por alinhar todas as ações de marketing, incluindo outros canais como redes sociais, email marketing e links patrocinados. 

Estrategista de SEO

O estrategista de SEO é aquele que desenvolve planos de ações a curto e longo prazo para que haja alinhamento entre as atividades de otimização. Entre suas atribuições, está a priorização de tarefas, identificação de oportunidades e visualização do projeto como um todo.

Analista de SEO

A função de um analista de SEO é, possivelmente, aquela que causa maior desentendimento por parte dos recrutadores. Isso porque existem múltiplas áreas dentro do SEO, de modo que um analista pode ter foco em marketing de conteúdo, SEO off-page, SEO on-page, SEO local ou SEO técnico. 

SEO técnico

Profissionais de SEO técnico têm a função de garantir uma boa saúde do site em um nível de domínio. Ou seja, se ocupam de todas as páginas, identificando erros, links quebrados, necessidade de redirecionamento, indexação, canônicas, velocidade de carregamento e conteúdos duplicados. 

User Experience Designer (UX Designer)

O UX designer é o responsável por trazer uma boa experiência de navegação ao usuário. Isso inclui critérios de acessibilidade, usabilidade, funcionalidade e estruturação. 

User Interface Designer (UI Designer)

Já o UI designer toma conta das interações do usuário com o website. Ou seja, elementos como tipografia, uso de cores, layout, botões, formulários e outros itens presentes nas páginas. 

Desenvolvedor Front-End

O desenvolvedor front-end é, normalmente, especializado em linguagens web, como HTML, CSS ou JavaScript. É um importante componente em equipes de SEO, já que se responsabiliza, em boa parte, pelo que é verificado pelos crawlers dos buscadores para o ranqueamento.

Desenvolvedor Back-End

Normalmente, os desenvolvedores back-end atuam em aliança com os profissionais de SEO técnico. Ou seja, tratam de elementos técnicos que não são visíveis ao usuário, trabalhando majoritariamente para o rastreamento e indexação dos buscadores. 

Planejador de pautas

O planejador de pautas é um profissional voltado à criação de conteúdo. Essencialmente, sua função é identificar palavras-chave relevantes, compreender a intenção de busca do usuário e criar briefings para direcionar o trabalho do redator. 

Estrategista de conteúdo

Sendo o marketing de conteúdo uma vertente do SEO, muitas vezes o estrategista de conteúdo integra as equipes de otimização. É o profissional responsável pelo planejamento das atividades de conteúdo, utilizando-se da inteligência de negócios para alinhamento de processos com outras estratégias, como o inbound marketing

Redator

Atuando em um nível operacional, o redator é o profissional de escrita que redige conteúdos para que obtenham um bom posicionamento nos mecanismos de busca. Por essa razão, precisa dominar alguns dos principais critérios de SEO, além de dominar ferramentas como a escrita criativa, copywriting e regras gramaticais. 

Link Builder

Adentrando a esfera do SEO off-page, o link builder, em uma tradução livre, seria o “construtor de links”. Sua responsabilidade é obter backlinks. Ou seja, referências em fontes externas. Em alguns casos, suas atribuições vão além, levando em conta também a linkagem interna do site. 

Assessor de Imprensa

A função do assessor de imprensa no SEO é manter um bom relacionamento com órgãos de comunicação externa para conquistar backlinks de alta qualidade. Ele vigia esse processo do início ao fim, entendendo que tipo de material é valioso para o veículo-alvo, atuando ao lado dos profissionais de relações públicas para obter melhores resultados.

Relações Públicas

No universo de SEO, o profissional de relações públicas é responsável pela criação de conteúdo relevante para a imprensa. Muitas vezes, sua função inclui a realização de pesquisas e entrevistas para produzir conteúdo exclusivo e obter backlinks qualitativos. 

Business Intelligence

SEO é uma área que se baseia em dados. Nesse cenário, o profissional de business intelligence analisa métricas, compõe relatórios e cria bases de dados sólidas para trazer insights valiosos à área.

Se você deseja contar com uma equipe multidisciplinar dedicada ao SEO do seu negócio, conheça o nosso serviço que oferece a solução completa para esse desafio

Escrito por Prosperidade Conteúdos

Escrito por Prosperidade Conteúdos

Escrito por Prosperidade Conteúdos

Escrito por Prosperidade Conteúdos

Compartilhe este conteúdo
Compartilhe
Receba o melhor conteúdo de SEO & Marketing em seu e-mail.
Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado
Agende uma reunião e conte seus objetivos
Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.
>