Breadcrumb: o que são e para que servem?

Taysa Bocard
Taysa Bocard

Antes de aventurar numa jornada é muito importante que tenhamos uma forma de nos localizar ou de voltar para marca zero. Assim, é possível explorar novos caminhos ou voltar caso se perca. Essa é a lógica dos breadcrumbs. Nome inspirado no conto “João e Maria”, os breadcrumbs são as migalhas de pão que orientam a trajetória do usuário no site.

Nem sempre um usuário está familiarizado com o seu site, o que significa que ele pode querer explorar suas páginas. Como o sitemap é um arquivo que fica “escondido”, e é mais familiar aos profissionais de SEO, os visitantes precisam de um outro meio de conhecer e rastrear suas URLs.

Nesse sentido, os breadcrumbs serão o GPS. Consegue imaginar a riqueza disso para um e-commerce? Pois é, ajudar que sua visita explore produtos e encontre o mais adequado é excelente para otimizar as conversões e deixá-la satisfeita.

Continue a leitura para entender melhor o que é breadcrumb, seus tipos e demais benefícios em implementá-los em seu site WordPress. E spoiler: também vou te contar se todo site é obrigado a ter.

O que são breadcrumbs?

Geralmente localizados na parte superior da página, os breadcrumbs são trilhas que indicam para o usuário onde ele se encontra num site. A aparência comumente é a seguinte: Início > Blog > blog post. Cada uma das etapas desse caminho são clicáveis, permitindo que os usuários consigam se localizar e explorar mais do site.

Os benefícios de tê-los implementados são muitos, do SEO à experiência na página, assunto que veremos em breve.

Dados estruturados

Imagino que você esteja se perguntando como fazer breadcrumbs.

Os breadcrumbs são dados estruturados, especificamente de navegação estrutural, isto é, arquivos que podem ser do tipo JSON-LD que são inseridos diretamente no HTML das páginas do seu site.

Embora pareça complexo ou de difícil instalação, adianto que os dados estruturados podem ser inseridos ou de forma manual ou com a ajuda de plugins.

Para o primeiro método você pode recorrer ao desenvolvedor do seu site ou por conta própria caso tenha acesso ao código. Quanto ao segundo método, se seu site for WordPress, experimente fazer breadcrumbs com plugins como o Yoast SEO.

Quais são os tipos de breadcrumbs?

Na prática e aparência, os breadcrumbs são similares, mas na teoria é um pouco diferente. Vamos conhecer os três tipos:

De atributo

Como o próprio nome já diz, estes servem para atribuir características da página. No caso do exemplo abaixo, o breadcrumb está qualificando um produto do e-commerce. Mesmo que o produto não esteja aparecendo, nós sabemos que se trata de uma malha feminina, especificamente um cardigan.

De forma lúdica, podemos dizer que este breadcrumb é quase um jogo de “Imagem e Ação”.

De localização

Já estes servem para mostrar onde do site você está. Similar aos caminhos de diretórios que vemos no Windows Explorer, o breadcrumb de localização vai exibir em qual nível (ou pasta) você se localiza.

Quando aplicamos num site, ele pode ficar assim:

De caminho

Diferente do exemplo acima, o breadcrumb de caminho vai mostrar exatamente o trajeto que o usuário fez para chegar até a página atual, se tratando de um método dinâmico . Este é um método pouco usual, pois pode ser ruim para a experiência do usuário. 

Imagina que você visitou 10 diferentes páginas num site. O tamanho do breadcrumb não ia ficar legal, né? O que também poderia trazer problemas de responsividade para a página.

Por que os breadcrumbs são importantes?

A experiência na página e benefícios para o SEO já foram argumentos a favor do uso de breadcrumbs, mas ainda não exploramos. Vamos lá então:

Fortalecem o SEO: linkagem interna e estrutura do site

Tendo em vista que o objetivo do SEO é posicionamento orgânico nas páginas de resultados, é fundamental que os motores de buscas tenham conhecimento dos sites e suas respectivas páginas.

Para isso, os rastreadores dos motores visitam URL por URL do seu site e, para chegar até elas, é necessário links. Tendo em vista que os breadcrumbs são clicáveis, isso significa que eles são links. Logo, eles são um caminho para que os crawlers encontrem páginas no site, o que também contribui para o crawl budget.

Dessa forma, uma vez rastreada, basta que os motores de buscas indexem a página para retorná-la como resultado de uma busca.

Logo, os breadcrumbs ajudam na linkagem interna e contribuem também para a arquitetura da informação dos sites. 

Caso queira se aprofundar mais neste tema técnico, conheça nosso workshop de SEO Técnico.

Melhoram a Experiência do Usuário

Um erro grave de usabilidade é a aplicação não oferecer um caminho de saída ou de retorno para o usuário. Afinal, a navegação deve ser autônoma e intuitiva.

Assim, os breadcrumbs são solução para esse erro uma vez que oferecem o caminho para a navegação no site. Além disso, os breadcrumbs de atributo ajudam no entendimento do usuário do que se trata a página, munindo-o de informação e contribuindo para uma experiência positiva.

Facilitam a navegação

Aprofundando um pouco mais nesse tema, os breadcrumbs são essenciais para a profundidade de clique. Considerando que há uma hierarquia de páginas, concluímos que há aquelas que são mais importantes do que outras, certo?

Com isso, há a regra dos cliques: é importante que sejam necessários apenas três cliques para que o usuário consiga navegar em todo o site — ou faça uma ação esperada. Daí mais um benefício em implementar esses dados estruturados.

Reduzem a taxa de rejeição

Considerando que a taxa de rejeição é reduzida quando há interações com a página, ter um caminho clicável faz com que esse valor seja menor. Isso quando estamos falando da versão universal do Google Analytics. A nova métrica do GA4 transformou a taxa de rejeição em “taxa de engajamento”, que também serve para medir interações dos usuários.

De toda forma, ambas as métricas são impactadas de forma positiva pelo uso de breadcrumbs.

Todos os sites precisam usar breadcrumbs?

A resposta é não necessariamente. Se seu site já tiver uma arquitetura organizada e a navegação já estiver otimizada para a experiência dos usuários, os breadcrumbs são dispensáveis.

Conclusão

O uso de breadcrumbs é uma ótima estratégia para otimizar o site. Considerando que aprimoram a navegação dos usuários, contribui para o rastreamento do site e a redução da taxa de rejeição, há muitas vantagens em usá-los.

Uma vez que os usuários estão conseguindo executar as ações esperadas no site, as chances de gerar bons resultados e conversões aumentam com o uso das migalhas de pão.

Se gostou, comente e compartilhe!

Escrito por Taysa Bocard

Escrito por Taysa Bocard

Escrito por Taysa Bocard

Escrito por Taysa Bocard

Compartilhe este conteúdo
Compartilhe
Receba o melhor conteúdo de SEO & Marketing em seu e-mail.
Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado
Agende uma reunião e conte seus objetivos
Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.
>