White Hat SEO: Como rankear seu site da maneira correta

Mariana Pessoa
Mariana Pessoa

White Hat se refere ao conjunto de técnicas de SEO consideradas adequadas e dentro das normais dos mecanismos de busca. Assim, é o oposto de Black Hat.

Quem trabalha com SEO com certeza já ouviu o termo “black hat”, seja dentro da própria comunidade ou em algum curso por aí. E para estar dentro das normas e seguir as regras do jogo, existe o “white hat”, termo um pouco menos conhecido.

No entanto, isso não significa que não seja importante! Afinal, as práticas de white hat são as que trazem resultados para a busca orgânica de forma saudável e sustentável. Se quiser saber mais sobre o tema, continue a leitura! 

O que é White Hat?

White hat SEO é um termo utilizado para se referir às estratégias de SEO que seguem as diretrizes dos mecanismos de busca como o Google. Assim, as otimizações são voltadas ao usuário e fortalecem, de maneira positiva, a imagem e autoridade do site.

O jogo ser limpo não significa que seja impossível ganhar, muito pelo contrário! Ao priorizar estratégias white hat, você estará colocando em primeiro lugar quem importa, e evita técnicas que envolvam spam – passíveis de penalizações – e conteúdos de má qualidade.

Qual a diferença de White Hat e Black Hat?

Apesar das duas práticas terem o objetivo de aumentar o tráfego orgânico de um site, há uma grande diferença entre elas: com uma, o site terá um crescimento saudável e você ficará em paz em momentos de mudança de algortimo. Por outro lado, com a outra estratégia o site cresce, mas tem período de validade.

Como dizem os sábios, “o que vem fácil, vai fácil”.

Sendo assim, black hat é uma tática que quer agradar o Googblet utilizando artificios que manipulam o algortimo. Ou seja, não costumam focar na construção de páginas e conteúdos que realmente serão úteis ao usuário final.

Já o white hat, como falamos acima, é uma tática que se baseia nos Fundamentos da Pesquisa Google e, portanto, não gera penalizações do Google e nem frustração ao usuário.

Como fazer White Hat SEO?

O primeiro passo para fazer white hat SEO é saber quais são as diretrizes do Google em relação à Pesquisa. Ou seja, é preciso entender o que não é recomendado e o que vai contra as diretrizes da plataforma.

A partir disso, você vai ser capaz de elaborar estratégias que realmente fazem sentido ao seu site e dos seus clientes. Afinal, com as táticas certas você não estará apenas agradando os usuários: estará fortalecendo o branding da marca e construindo autoridade no mercado, e sem riscos envolvidos.

9 técnicas muito usadas de SEO White Hat

Agora que você já sabe o que é white hat e como fazer, vou compartilhar as principais técnicas utilizadas para aumentar o seu tráfego orgânico sem comprometer seu site. Confira a seguir!

1. Otimização e análise de palavras-chave

As palavras-chave são o cerne do SEO! Através delas, usuários (e até mesmo você!) podem encontrar a resposta para as suas dúvidas em questão de segundos apenas com alguns termos chave. Por isso, é uma das técnicas mais faladas — e utilizadas — desde o surgimento do SEO.

E sabe o melhor? Otimizar as palavras-chave de um site e análisa-las não vai contra o Google, nem contra outros mecanismos de busca. Pode apostar nessa estratégia, que é totalmente white hat, para potencializar os seus resultados.

2. Title tag

A title tag é a tag que se refere ao título SEO da página, ou seja, que é visto apenas na página de resultados (SERP) do Google. Ignorada por muitos, a title tag é muito importante para uma estratégia de SEO e capaz de mexer ponteiros na hora de analisar os resultados.

Por este motivo, ela está aqui entre as principais técnicas white hat. Se quiser saber como obter bons resultados com sua otimização, veja este conteúdo da Conversion sobre como title tags.

3. Meta description

A meta description, ou meta descrição, é uma tag que também só é presente na SERP do Google, ficando logo abaixo da title tag. Ela pode ser otimizada com o objetivo de fisgar o usuário e garantir o clique, aumentando o CTR da página.

Assim como a title tag, a sua otimização não leva mais que 10 minutos e os resultados podem ser impressionantes. Vale a pena testar!

4. Link building

Link building é o conjunto de estratégias que tem como objetivo a conquista de backlinks para um determinado site ou página para aumentar a relevância e autoridade entre os concorrentes de SERP.

No entanto, o tema rende muitas discussões, pois muitas das práticas são black hat ou gray hat, podendo fazer com que o site em questão seja penalizado pelo Google. Por isso, antes de investir em link building é preciso estudar quais estratégias se enquadram do white hat SEO.

5. Conteúdo com foco no usuário

Nos últimos meses, têm se falado muito sobre a importância dos conteúdos úteis e com foco no usuários por causa do Helpful Content Update, que impactou primeiramente sites de língua inglesa.

Com a ascensão do Helpful Content System, o novo algortimo, ficou ainda mais claro o que o Google quer. Em um mundo onde é comum a utilização da inteligência artificial para substituir a construção de textos escritos por pessoas, acaba sendo necessário medidas como essa, não é mesmo?

Por isso, não há nada mais white hat do que escrever conteúdos de qualidade e úteis para pessoas (e feito por outras pessoas, vale pontuar).

6. Content Pruning

O content pruning, ou poda de conteúdo, é uma das minhas estratégias favoritas! O seu objetivo é justamente fazer uma “poda” nos conteúdos antigos de um site, seja os excluindo ou atualizando-os. 

Com o advento do Helpful Content Update, a estratégia veio à tona para que os sites priorizassem a exclusão ou atualização dos conteúdos que poderiam ser considerados inúteis ou com pouca qualidade. No entanto, ela é válida para todos os momentos.

7. Palavras-chave relacionadas

Otimizar palavras-chave todo mundo, mas utilizar palavras-chave relacionadas para aumentar o campo semântico do texto é para poucos. 

Com a técnica, além de facilitar que o seu conteúdo seja encontrado pela Web, você também evita a repetição desnecessário da palavra-chave principal.

8. Uso em dispositivos móveis

Outra técnica de white hat SEO é a otimização para dispositivos móveis. Ela não é tão simples quanto as demais citadas até agora, mas é essencial para o crescimento saudável de um site. 

Além disso, o próprio Google já criou um sistema, o Core Web Vitals, para medir a experiência de página dos usuários. Então, não deixe de priorizar na sua estratégias! Ajustes técnicos também são muito importantes.

9. Facilidade de navegação

Como última estratégia de white hat, temos a facilidade de navegação no site e nas páginas. Ainda pouco falado, a arquitetura da informação tem um papel essencial dentro de uma estratégia de SEO, pois seus conceitos podem ser utilizados otimizar a estrutura de um site, tornando a experiência do usuário ainda melhor.

Quem nunca passou raiva navegando em um site pela dificuldade de encontrar o que buscava? Facilitar a navegação do usuário vai além do white hat: é indispensável para negócios digitais.

Quais os benefícios do White Hat?

O maior benefício do white hat SEO é que com ela seu site dificilmente será penalizado ou sofrerá uma ação manual. Outros pontos que vale sinalizar como benefícios são:

  • Prioriza a melhor experiência do usuário;
  • Tem uma vida útil longa e saudável;
  • Segue as diretrizes do Google;
  • Não é antiética com os concorrentes, sejam eles diretos ou indiretos;
  • Promove conteúdos e páginas de qualidade.

Conclusão

Não há dúvidas que a melhor escolhar é sempre fazer o certo, e com o white hat é a mesma lógica. Para que investir em técnicas que podem te prejudicar, ou melhor, prejudicar um cliente, quando há estratégias melhores que podem ser experimentadas? 

Se está com dúvidas sobre o que fazer, confira o Guia de SEO da Conversion. O conteúdo é super denso e pelo blog você ainda encontra outros materiais para estudar sobre SEO de graça.

Escrito por Mariana Pessoa

Escrito por Mariana Pessoa

Mariana é estrategista de SEO e apaixonada por Marketing Digital. É também produtora de conteúdo no LinkedIn e escritora de ficção nas horas vagas.

Escrito por Mariana Pessoa

Escrito por Mariana Pessoa

Mariana é estrategista de SEO e apaixonada por Marketing Digital. É também produtora de conteúdo no LinkedIn e escritora de ficção nas horas vagas.

Compartilhe este conteúdo
Compartilhe
Receba o melhor conteúdo de SEO & Marketing em seu e-mail.
Assine nossa newsletter e fique informado sobre tudo o que acontece no mercado
Agende uma reunião e conte seus objetivos
Nossos consultores irão mostrar como levar sua estratégia digital ao próximo nível.
>